14.6.17

VAMOS CONVERSAR?


Mais uma história chegou ao fim. Espero que vos tenha agradado. Como sempre gostaria de uma opinião sincera sobre o que leram, o que mais, ou menos gostaram.   O que escrevo, não são obras de literatura, mas histórias com que pretendo se  entretenham. De qualquer modo, com a vossa ajuda sempre se pode  melhorar. Como devem reparar, quase sempre, elas abordam um tema da atualidade.  A violência doméstica, doenças,  o alcoolismo, a solidão, o abandono, o conflito entre gerações. Tudo muito soft claro, não pretendo ser uma extensão dos noticiários, nem que vocês fujam do sexta a sete pés. 
 A próxima história,  a começar amanhã, terá apenas um décimo dos capítulos desta. Será um conto com três capítulos apenas, e que espero não vos deixe em choque. Tenho depois mais três novas agendadas.Também ando a pensar se devo repor a Rosa. Como sabem Rosa foi publicado em livro. Esgotou em dois meses, e não tenho hipótese de fazer outra edição. Muitos me têm dito que gostariam de o ler. Claro que os mais antigos o terão lido, quando o publiquei aqui no blogue, há quatro anos. Tenho vários colegas da Universidade Sénior que gostariam que eu o republicasse para poderem lê-lo. Gostaria de saber se entre vós também há quem não o leu. Lembro que ao fazer a publicação do livro, apaguei o conto do blogue.
 Vocês  são os melhores amigos do mundo. Provam-no os mais de 25.000 comentários.  MUITO OBRIGADA A TODOS

25 comentários:

Bell disse...

Oi Elvira

Gosto das histórias pq elas tem haver com a nossa realidade.

bjokas =)

✿ chica disse...

Elvira, eu gosto muito de te ler! Fico à espera sempre! A ROSA li e gostei. Mas vou acompanhar esse novo e depois os que vierem....bjs, tu és muito boa escritora! chica

Edumanes disse...

Só tenho dois para chegar ao fim,
bem os seus contos sabe construir
então, amiga Elvira continue assim
para eu daqui a sete pés não fugir!

Tenha uma boa tarde, um abraço,
Eduardo.

Ana S. disse...

Olá Elvira!
A história foi sempre interessante. Não comentei todas as vezes mas sempre que perdia um capitulo, lia tudo no dia seguinte.
Parabéns pela originalidade e por estar sempre atenta à atualidade.
Abraço

Odete Ferreira disse...

Aguardo o que decidires...
Cá estarei.
Bjinho :)

Anete disse...

Oi, Elvira... Cá estou novamente nesta 4a feira...
Como falei no comentário anterior, gostei demais da forma como foi conduzido o romance, conto. Você escreve muito bem, cativa os leitores. Sempre realista e trazendo conclusões ponderadas, edificantes.
Creio que contos menores serão bem-vndos a todos...
Quanto "A Rosa", não li e tenho interesse em ler...
Bjs

Prata da casa disse...

Gostava de ler o "Rosa", uma vez que sou uma seguidora recente do seu blogue.
Bjn
Márcia

Majo Dutra disse...

Não me lembro de nada que me tenha desgostado nas histórias...
Quanto ao Rosa, também gostaria de o ler... Tente editá-lo novamente.
Eu gostaria de o possuir...
Fico aguardando.
Abraço
~~~~

redonda disse...

Bem, eu cheguei há pouco e não pude ler Rosa, agora que soube que existe, queria lê-lo e queria o livro, será que não pode ser republicado?

Gostei muito deste conto e este foi o primeiro que pude acompanhar verdadeiramente desde o início (comecei logo a ler o primeiro capítulo) pareceu-me que estava mesmo a ler um livro e um livro de um género que gosto, faz-nos pensar mas de uma forma leve, como será a pretendida, e acaba bem, ficamos felizes por os personagens ficarem juntos e felizes.
Não estou a ver nada que fosse mudar, gostei das descrições e dos diálogos. Só quereria que fosse um pouco maior para poder continuar a acompanhar os personagens.

um beijinho e vou ficar à espera dos próximos

Gábi

lua singular disse...

Elvira,
Você é uma contista nata, se publicar um livro, com certeza irei comprá-lo.
Muita sorte para você
Beijos
Lua Singular

Elisa Bernardo disse...

Elvira!!! Tantas saudades de cá vir e de saber de si. Obrigada pela sua preocupaçao. Agora estou bem sim. Estive malzita e por força maior tive mesmo de me afastar mas vem aí uma boa notícia. Em tempo oportuno contarei ehehe.
Espero que esteja tudo bem por aqui e consigo. Desejo lhe um bom feriado. Muitos beijinhos cheia de saudades suas.

Pedro Luso disse...

Li apenas dois ou três capítulos, pois quando conheci o seu blog muitos capítulos já haviam sido publicados. Gostei dos capítulos que li. Mas, em se tratando de prosa para os blogs, minha preferência são os contos, desde que não sejam muito extensos, do 'tamanho' dos contos que publico no "Blog Veredas".
Um abraço.Pedro.

Pedro Coimbra disse...

O romance não é do meu tempo de seguidor.
As restantes estórias que aqui vamos lendo agradam-me bastante e desafiam a minha imaginação para procurar perceber o que se segue.
Quem vai continuar a seguir o blogue e as sua publicações sou eu.
Um abraço

Tintinaine disse...

Então, com este passam a ser 25.001 comentários.
Venha daí essa nova história!

Existe Sempre Um Lugar disse...

Bom dia, suas historias são sempre interessantes de seguir, faz com que se tente adivinhar o final.
AG

Roaquim Rosa disse...

Bom dia
comecei a seguir o seu blog á três ou quatro meses atrás e a partir daí não mais parei de o acompanhar sempre que posso o que quer dizer que qualquer conto ou o que quer que seja que venha da sua parte vou continuar a acompanhar pois é realmente uma grande escritora e penso que também um grande ser humano.
um beijinho com a maior das cordialidades.
JAFR

Ailime disse...

Boa tarde Elvira,
Aprecio muito a sua criatividade. A sua escrita prende-me pelo interesse que desperta.
Está de Parabéns!
A Rosa não li e gostaria de a ler por aqui.
Beijinhos e bom feriado.
Ailime

Cantinho da Gaiata disse...

Olá Elvira, para mim é o meu comprimido para dormir, acho que desde que sigo o teu blog, não perco um, posso não comentar porque o João pestana chega e fico de redonda... eheheh.
Não li o conto A Rosa, mas acho que não me ia decepcionar, adoro o tipo de escrita, é como se estivesse a ler um livro, pena que seja umas poucas linhas, como digo( please mais umas linhas Elvira).
Vou continuar sempre por aqui, Beijinho muito grande e muitas felicidades.
Venha de lá mais um conto.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Tenho acompanhado e gostado muito de tudo aquilo que escreves, e vou continuar acompanhando. Que venham mais contos!

Abraços,

Furtado.

Os olhares da Gracinha! disse...

Elvira...a cada página há um belo momento de leitura por isso cá estarei sempre que puder! Bj

Os olhares da Gracinha! disse...

E adorei a foto...

Filhos do Desespero disse...

Ora então, é verdade!
Mais uma que chegou ao fim e que prendeu pelo caminho.

No entanto, na minha opinião, esta desenrolou-se cedo demais! A maneira como ambos se envolveram foi do ódio ao amor mais rápido que um Bugatti Veyron vai de 0 a 100! Acho que deveria ter havido mais algumas nuances pelo caminho...

...mas isto, claro, é só uma opinião, e ninguém consegue nunca agradar a toda a gente :)

Os meus parabéns :D

Socorro Melo disse...

Elvira, querida, suas histórias são fantásticas, adoro lê-las. Abordam temas bem atuais e interessantes de uma forma envolvente. Nem sempre consigo comentar, mas, leio tudo. A última foi muito interessante, bem desenvolvida e me surpreendi com a história de vida do David. Você escreve muito bem, amiga!E percebe-se o quanto de amor e carinho você dedica ao seu trabalho.

Quero muito ler Rosa, sempre desejei isso.

Grande abraço.

Vera Lúcia disse...


Olá Elvira,

Você é muito talentosa na arte criativa, além de narrar suas histórias com muita propriedade. Gosto muito e leio com prazer. Não tive oportunidade de ler a "Rosa". Com certeza, foi excelente, pelo sucesso alcançado.
Voltarei oportunamente para terminar de ler "Jogo Perigoso" e, sempre que der, passarei para ler suas histórias.
Agradeço-lhe pelo carinho que sempre dispensou a mim e ao meu recanto. Foi muito prazeroso e enriquecedor interagir com você neste mundo da blogosfera.
Tudo de bom para você e muito sucesso em suas criações literárias.
Grata por tudo!

Beijo.

Gaja Maria disse...

Gosto muito de a ler Elvira, pelos temas atuais, pela escrita e por terem finais felizes que de tristezas e problemas estou cansada. Venha a Rosa :)