Seguidores

29.5.15

DE VOLTA

LAGOS

Ponta da Piedade. Destaque para a rocha do sapato


Situada no barlavento algarvio, a poucos Km da ponta de Sagres, Lagos é uma cidade cheia de história. E segundo ela, foi conquistada aos mouros em 1249, e recebeu o primeiro foral em 1266, no reinado de D. Afonso III. Contudo é no reinado de D. Afonso IV que atinge grande importância devido aos descobrimentos Portugueses.
Eram lacobrigenses os navegadores que descobriram a Madeira, e de Lagos partiu Gil Eanes para dobrar o Cabo Bojador. Lagos foi sempre uma cidade ligada ao mar. O Infante D. Henrique escolheu Lagos para armar as caravelas que partiram em busca da Índia. Na Meia-praia, foi rezada a missa campal antes das caravelas zarparem. Na igreja de S. António, e Museu de Lagos pode o visitante tomar conhecimento deste, e de outros factos.
Para quem gosta de praia, Lagos tem para todos os gostos. Praias de branco e longo areal envoltas em dunas como a Meia-Praia que o saudoso Zeca Afonso imortalizou, e praias recortadas na falésia, com rochas que mergulham num mar de águas límpidas, as praias da Batata, dos Homens, dos Estudantes, do Caldeirão, do Pinhão, da D. Ana, do Camilo, Grande, Canavial, do Porto de Mós, e já quase nos limites da cidade, a 6 Km de distância, a praia da Luz. Temos ainda a Ponta da Piedade, considerada o ano passado uma das mais belas do mundo, e cujas grutas marítimas merecem bem uma visita. De preferência num pequeno barco que pode entrar dentro das grutas e mostrar todo o seu esplendor.
Para quem gosta de passeios pedonais, poucas cidades podem oferecer uma tão vasta avenida à beira-mar para poder passear, enquanto  se observa a  marina, e toda a baixa antiga da cidade com as suas belas muralhas ou a fortaleza. Da Praça de Armas à Ponta da Piedade, se fazia outrora a Via Sacra durante a Semana Santa. A prová-lo os marcos na estrada.
Para aqueles que mesmo nas férias não descuram a cultura, Lagos oferece além do referido museu, uma biblioteca, um centro cultural, várias galerias de arte o Auditório Municipal, e o centro de Ciência Viva. A poucos km e ainda nos limites do concelho, o Passeio dos Poetas no Parque do Barão de S. João. 
Em gastronomia, Lagos também não pede meças a ninguém. Cataplana de mariscos, feijoada de búzios, carapaus alimados, e chocos com tinta, são algumas das iguarias, que pode provar, além claro das sardinhas assadas, que pode acompanhar com o vinho da região. Nos doces, eu pessoalmente sou fã do bolo de café, embora os doces de amêndoa e figo, sejam os mais conhecidos, bem como o famoso D. Rodrigo. Também já famosa é a sua feira concurso Arte doce, que se realiza no último fim de semana de Julho.
Dos espectáculos ao vivo nas ruas, às discotecas, as noites em Lagos são muito animadas.
Dá para perceber que sou apaixonada pela cidade. Mas digam lá não ficaram com vontade de conhecer?
Ah! já me esquecia. Para os amantes dos animais, Lagos tem um jardim zoológico. Onde pode apreciar entre outras espécies, o lince europeu, o lémure de cauda anelada, o lémure castanho de fonte branca, o cisne negro etc.
Aqui estive esta semana apenas em descanso e espero voltar em Julho para férias.
Mais algumas fotos para quem não conhece

                                                     O famoso D. Sebastião de Cutileiro

                                                                 Centro das muralhas
                                                               S. Gonçalo de Lagos
                                                  Banca de peixe no Mercado Municipal

                                            O arco da Muralha na Praça de Armas

                                                                     Praia da Batata

20.5.15

SE EU TIVESSE CORAGEM


Re-edição



Se eu tivesse coragem,
havia de cantar
para os homens que vivem algemados
aos dias sem pão, nem futuro.


Se eu tivesse coragem,
havia de cantar
para os operários sem emprego,
engolindo dia a dia
os sonhos afogados no tempo
dum mísero subsídio.


Se eu tivesse coragem,
havia de cantar
para os jovens, sem tempo nem idade
perdidos
nos tortuosos caminhos da droga.


Se eu tivesse coragem,
havia de cantar
as minhas fantasias de criança,
a minha ansiedade de adulto,
a minha angústia de idoso,
a minha dor sem dor tão sentida.


Se eu tivesse coragem,
havia de cantar
a minha fome de justiça
os sonhos que não sonhei
a vida que não vivi
a cruz que sem fé carreguei.


Se eu tivesse coragem,
havia de cantar
contra aqueles que nos dão
falsas ilusões
em forma de 
promessas eleitorais
em vez de pão
habitação
escolas e hospitais.


Ah!... Se eu tivesse coragem...


Maria Elvira Carvalho



Amigos na próxima semana estarei ausente. No dia 22 termino a bateria de exames que ando fazendo.
A consulta de cirurgia, já está marcada para dia 8 de Junho.
Estive bem doente, estou cansada, como diz a canção "sinto-me frágil." Então a próxima semana é para descanso. Sem PC, e  sem TV.  
Ah! Hoje fui com o marido a uma consulta no hospital do Barreiro. E sabem a novidade? O médico veio à sala com o processo na mão, chamou por ele e nós fomos atrás. Pois não é que deu meia dúzia de passos encostou-se à parede e começou a dar a consulta ali mesmo? E depois pediu-nos para aguardar um pouco e quando voltou trazia já o pedido de novos exames a marcação da próxima consulta bem como o encaminhamento para outras duas consultas de especialidade. Fiquei pasmada. Já não há gabinetes para consulta? É que há 5 anos que ele faz estas consultas e nunca tal tinha acontecido.


18.5.15

DOIS EM UM COMO NO SUPER

1º   Parabéns ao Benfica e a todos os benfiquistas pela conquista do campeonato.

2º O Sexta, atingiu hoje o número de 15.000 comentários.  Em 780 publicações o que dá uma média de quase 20 comentários por publicação. Para quem não tem muitos seguidores, e não apresenta textos de autores famosos que possam ser procurados, eu penso que é muito bom. Então eu acho que vós estais de parabéns. Para mim  sois os melhores leitores do mundo. Não vos limitais a ler. Vocês lêem e comentam o que lêem permitindo-me um feed que me ajuda a tentar ser melhor. 
Muito obrigada amigos/as. Para vós desejos de uma óptima semana e 

3.5.15

3 DE MAIO - DIA DAS MÃES.





Para todas as mulheres que são mães, ou que desejam vir a sê-lo um dia, um dia muito feliz .
E principalmente que este dia se repita por todo o ano, já que nunca deixamos de ser mãe desde o momento do parto até ao último suspiro. Mãe é profissão em que a única remuneração é o amor, e da qual ninguém se reforma.
Peço desculpa se me ausentei dos vossos cantinhos mas ando outra vez à volta com problemas de saúde.