Seguidores

21.3.24

PORQUE HOJE É O DIA MUNDIAL DA POESIA

 

O MEU OLHAR É…MÁGICO


O meu olhar é mágico.

Ele é o portal de entrada na vida que me rodeia.

É a borboleta que dança inebriada

Sobre um canteiro florido.

Ele é a alegria esfuziante da criança,

Que brinca

Sob o atento olhar da mãe, que sonha

Para ela um futuro radioso.

Ele é o Amor latente nos jovens

Que trocam beijos num banco de jardim.

O meu olhar é mágico

Ele é a lágrima escondida,

na solidão dos idosos

A quem o desemprego levou

Os filhos na mala da emigração.

É a dor sem tamanho daquela mãe

A quem um acidente brutal roubou

A luz dos seus olhos.

Ele é o mar que no horizonte

Se funde no espaço celeste.

Ele é a nuvem que passa

O vento que verga as árvores

E o sol que a todos afaga.

O meu olhar é mágico

Porque ele é o portal das emoções

Que compõem a Sinfonia da Vida.


Porque hoje é o dia da poesia, e também porque preciso pedir desculpa a todos os amigos por esta ausência forçada, mas ainda não me sinto capaz de voltar. Há dias em que venho até aqui, mas não consigo escrever duas linhas sequer. Outros vou até aos vossos cantinhos, leio o que publicam e saio sem deixar rasto. Sinto-me como se parte de mim tivesse morrido. Estou em tratamento, mas as melhoras são lentas. Mas mantenho a promessa de voltar.

Abraço-vos com toda a gratidão do meu coração

8.3.24

8 DE MARÇO - DIA INTERNACIONAL DA MULHER

                                                        


                                                                 É PARA TI, MULHER

 

É para ti, Mulher

Que sonhavas com uma vida de Amor,

Com Respeito, Igualdade de direitos,

a Liberdade,

E a dignidade de seres Mulher.

E és violada, espancada, vilipendiada.

É tua vida, rosa sem perfume

Espinhosa na profissão e no lar.

 

Para ti, Mulher

Que sonhas com um mundo de Paz

E vês o teu mundo, ruir com uma guerra

Que não quiseste, nem entendes.

Mas te obriga a fugir do teu lar destruído

para pores os filhos a salvo 

Deixando para trás o marido que luta

Sem saberes se voltarão a ver-se

 

É para ti, Mulher,

Que sonhas com um mundo melhor

Onde o alimento não falte na mesa

Mas sobrevives à fome

E seguras no peito esquálido

O corpo do teu filho moribundo

Porque nem o teu amor, nem a tua dor,

Lhe alimentaram o corpo faminto.

 

É para ti, Mulher

Filha, irmã, esposa, mãe, viúva,

Quantas vezes carregaste no ventre

Com alegria o Milagre da Vida

Sofrendo todas as dores, com um sorriso

E hoje sobrevives na solidão,

Porque o marido, a morte o levou

E os filhos se perderam, no mar da emigração.

É para ti Mulher

Que carregas dia a dia, a morte no peito

A  minha homenagem, o meu respeito

  

Elvira Carvalho


18.2.24

BOA TARDE AMIGOS


Boa tarde amigos

Venho dizer-vos que graças aos medicamentos, ou à fé e orações estou muito melhor. Claro que a dor está cá, mas já consigo conversar com as pessoas sem desatar a chorar e já me sinto com forças para conseguir levar adiante o compromisso que tinha marcado desde Novembro passado. O lançamento do meu livro de poesia está marcado para o próximo dia 2 de Março. Pensei que teria de adiar pois não me sentia com forças nem coragem, mas Graças a Deus que estou melhor, e talvez em breve possa regressar, muito embora não sei se com a continuação dos blogues, ou apenas visitando-vos e comentando. Ainda não consegui escrever nada. Também tenho estado pior dos olhos, ontem estive numa consulta de oftalmologia, e o médico ficou muito admirado de no Hospital de Santa Maria me terem dado alta, há quase 3 anos e não me terem marcado nenhuma consulta de acompanhamento por causa do transplante de córnea. E além de me medicar no imediato, aconselhou-me a fazer uma consulta com um especialista em córnea.

E por hoje é tudo. Muito obrigada a todos pelo carinhoso apoio que me têm dado.

15.2.24

NOTÍCIAS


 

Bom dia amigos. Ontem estive numa consulta médica. Levei toda a consulta a chorar. A médica diz que estou depressiva, receitou-me o Alprazolam, o Mirtazapina e a Sertralina. Pediu acompanhamento psicológico, mas avisou que as consultas estão demoradas. E disse que eu tinha de reagir, voltar à escrita, e a tudo aquilo que dantes me dava prazer fazer. Como se fosse fácil, deixar de sentir esta angústia e sentir o peso da casa vazia. Agradeço a todos pelo carinho, pelas mensagens de apoio, telefonemas e emails. Que Deus vos abençoe.

11.1.24

AGRADECIMENTO


 Bom dia amigos.

Vim agradecer todo o carinho e as mensagens de apoio que aqui me deixaram, neste momento tão difícil da minha vida. Muito obrigado. Que Deus vos abençoe.

2.1.24

POESIA ÀS TERÇAS - MIGUEL TORGA - HISTÓRIA ANTIGA




 HISTÓRIA ANTIGA


Era uma vez, lá na Judeia, um rei.
Feio bicho, de resto:
Uma cara de burro sem cabresto
E duas grandes tranças.
A gente olhava, reparava e via
Que naquela figura não havia
Olhos de quem gosta de crianças.

E, na verdade, assim acontecia.
Porque um dia,
O malvado,

Só por ter o poder de quem é rei
Por não ter coração,
Sem mais nem menos,
Mandou matar quantos eram pequenos
Nas cidades e aldeias da nação.

Mas, por acaso ou milagre, aconteceu
Que, num burrinho pela areia fora,
Fugiu
Daquelas mãos de sangue um pequenito
Que o vivo sol da vida acarinhou;
E bastou
Esse palmo de sonho
Para encher este mundo de alegria;
Para crescer, ser Deus;
E meter no inferno o tal das tranças,
Só porque ele não gostava de crianças.

Miguel Torga


Nota, por aqui vão continuar as histórias e temas natalícios. até aos dia de 
Reis

1.1.24

1º DE JANEIRO - DIA MUNDIAL DA PAZ

 


O dia 1 de janeiro, não é só dia de maior ressacas de todo o ano. Ele é também desde 1967 o Dia Mundial da Paz. Parece um paradoxo, festejar o Dia Mundial da Paz, quando a guerra e guerrilhas se fazem presentes não só pelas armas, que matam milhares de inocentes, mas também pela fome e pelas injustiças sociais, que matam muitos outros, só porque os senhores do mundo decidem que podem e devem exterminar os mais fracos.

Para os cristãos é o dia da Solenidade de Maria, Mãe de Deus, uma das Solenidades mais importantes da Igreja.

Para quem não sabe a origem desta Solenidade, AQUI encontram toda a explicação.

Para vós que por aqui passais, seja qual for a vossa cor, ideologia, ou religião, desenho um ano muito feliz.