17.11.15

FOLHA EM BRANCO - PARTE XXXII


Foto do google


O tempo não pára, os dias de inverno, são curtos e passam rapidamente. 
É extraordinária a facilidade com que os jovens estabelecem relações de amizade. Parecia que as duas jovens, se conheciam de toda a vida. Apesar de ter ficado sem pai há pouco tempo, Maria era uma jovem alegre e extrovertida. Namorava um colega, que a julgar pelo seu entusiasmo era a oitava maravilha do mundo, e, tirando a escassez monetária, era uma jovem feliz e sem problemas. Mariana era a antítese. Mas como diz a sabedoria popular, os pólos atraem-se.
 A exposição de Miguel fora um êxito, as obras foram todas vendidas, algumas para o estrangeiro.
As duas jovens, foram juntas ver a exposição, no dia seguinte ao da inauguração. Embora tivessem reacções diferentes, Maria parecia não estar habituada àquele ambiente, enquanto Mariana estava à vontade, mas ambas “viajaram” para locais lindíssimos através dos quadros expostos. O pintor, encontrava-se rodeado de várias pessoas, a maioria das quais, mulheres muito bonitas. Irritada, Mariana quase se arrependeu de ter ido.
Preparavam-se para sair, mas antes aproximaram-se de Miguel.
Maria cumprimentou efusivamente o pintor.
-Parabéns. Os quadros são lindos. O senhor é um génio.
-Quem dera, quem dera, - disse sorrindo divertido.
Logo se voltou para Mariana:
-E tu? Gostaste?
- Como não? São muito bons. Mas  não vi o quadro daquele lugar…
- Não faz parte da exposição.
-Porquê? Não o acabaste?
Não teve tempo de responder, pois um casal, chamava a sua atenção, e teve de se afastar.
Mariana continuava as suas sessões semanais de psicoterapia, mas exceptuando o facto do médico, ter mandado parar com a medicação, tudo estava quase  na mesma. Quase, porque eram cada vez mais frequentes , os lampejos  de rostos, e ruas , que apareciam e desapareciam sem que ela soubesse quem eram ou de onde eram.
O Natal aproximava-se a passos largos, montras e ruas cobriam-se de luz e cor.
Miguel passava longas horas no atelier. À noite quase sempre saía.
A jovem sentia-se “abandonada”. Não lhe apetecia ver TV. Os livros, começavam a aborrecê-la. Quase todos falavam de amor, de gente apaixonada e feliz. Coisa que ela começava a duvidar de vir a ser algum dia.
Porém naquela manhã, antes de subir para a mansarda, Miguel disse.
-Logo depois de almoço, vamos sair. O Natal é já para a semana, precisamos prepará-lo. Vamos às compras.
Sorriu, o coração batendo acelerado.

16 comentários:

Isa Sá disse...

Por aqui há muito jeito para a escrita.
Uma ótima semana!

Isabel Sá
http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

Timtim Tim disse...

Cada vez mais intrigada!

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Será que o natal vai desvendar o mistério??????
Estou a gostar.
Um abraço e continuação de uma boa semana.

Bell disse...

Estou com o pensamento como o dela sobre o amor, que algo bom aconteça.

bjokas =)

Edumanes disse...

Me pareceu de que Maria ficou com ciumes ao ver Miguel rodeado de mulheres bonitas. Ai, ai que o coraçãozinho dela está apaixonado pelo coração do Miguel, para ter sentido ciúme só pode ser isso mesmo. Penso eu!

Tenha um bom dia de terça-feira amiga Elvira, um abraço.
Eduardo.

Edumanes disse...

Corrijo: Mariana, e não Maria, como por lapso escrevi!

Mariangela do Lago Vieira disse...

Quanta inspiração Elvira.
Ele deve estar intrigado pelo que anda sentindo... Como ela.
Continuo aguardando...
Abraços,
Mariangela

José Lopes disse...

E a trama continua...
Cumps

aluap Al disse...

Continuação de boa semana e continuação de bons preparativos para o Natal que se aproxima.

Odete Ferreira disse...

E a jovem a apaixonar-se... :)
Parabéns, Elvira. continuo com muita curiosidade.
Bjo :)

Olinda Melo disse...


E quem é Maria, essa amiga que a Mariana arranjou?
Vou descer mais um degrau e espreitar donde ela veio...
Também de ver qual é o quadro de "aquele lugar".
Suspense...para mim.
Bj
Olinda

Socorro Melo disse...




Esse Natal promete, hein?

Dorli Ramos disse...

Oi Elvira
Apareceu o ciúme é sinal de amor e posse.
Tudo tem que ser bem dosado.
Beijos
Minicontista2
À noite termino, tenho que repousar.

Laura Santos disse...

Pode ser que o Natal que se aproxima desperte em Mariana alguma lembrança...
xx

Zilani Célia disse...

LENDO.

http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Rosemildo Sales Furtado disse...

Que seja um feliz Natal e bem-vindas sejam as lembranças à mente de Mariana.

Abraços,

Furtado.