5.3.17

CASAMENTO POR PROCURAÇÃO - PARTE V


E dava gosto vê-los, tão sérios, tão compenetrados da solenidade em que se inseriam.
Sofia seguia a procissão, rezando com fervor a Nossa Senhora, pedindo proteção para a nova e desconhecida vida que a esperava, ao mesmo tempo que sentia já no peito um aperto de saudade.
No dia seguinte, entrou no avião com o coração apertado. 
Nunca sonhara andar de avião, e sinceramente sentia um certo receio. Considerava que o comboio era o transporte mais seguro e gostaria de ter feito assim a viagem. Era longa, teria mais tempo para se preparar para o encontro com o marido. Mas ele quisera que ela fosse de avião, e agora ali estava ela, o coração apertado, as pernas a tremer.
Chamou-se a si própria palerma, pelo medo que sentia.
A viagem foi rápida. Durante ela, olhou várias vezes a foto que o marido lhe tinha enviado antes do casamento, memorizando cada traço, a fim de saber reconhecê-lo no aeroporto. Ela não era boa fisionomista, mas tinham trocado fotografias antes do casamento, e esperava que o marido, fosse melhor que ela nesse aspecto, ou correriam o risco de não se reconhecerem.
Apesar dos seus medos, não foi difícil localizá-lo, mal desembarcou.
Quim era um homem bonito. Alto, magro, cabelo e olhos castanhos.
No rosto moreno, sobressaía o seu queixo quadrado, as sobrancelhas cerradas e a boca carnuda. Bem diferente do adolescente que ela conhecera em miúda.
Enquanto ele se aproximava, passou-lhe pela cabeça uma interrogação.
 “Como é que se saúda um desconhecido, que os papéis dizem ser o nosso marido?”
Não teve que esperar muito para saber.
-Olá, - saudou-a com um breve beijo no rosto. – Fizeste boa viagem?
- Sim. Com um pouco de receio, não via a hora de me sentir em terra firme, - disse ela com um tímido sorriso.
Ele agarrou na mala, deu-lhe o braço e disse:
- Vamos. Deves estar cansada.

24 comentários:

Diana Fonseca disse...

Acho que vão apaixonar-se loucamente, hehe.

✿ chica disse...

Agora realmente começa a vida pra eles...Como será? teremos que aguardar, dia a dia, por aqui,rs...bjs, lindo domingo! chica

Isa Sá disse...

a passar por cá para acompanhar a história e desejar um bom domingo!


Isabel Sá
Brilhos da Moda

Roaquim Rosa disse...

Bom dia
nova vida , novo país , nova maneira de agir e de pensar, vamos ver como ela se vai adaptar a este novo ciclo da sua vida.
esperemos para saber !
continuação de um bom domingo
JAFR

Ana S. disse...

Pelo menos o marido é jeitoso. Menos mal. ahaha
Abraço

António Querido disse...

Parece que esteve com sorte no encontro com o marido, vou esperar para ver como as coisas vão correr!
Bom domingo com o meu abraço.

Edumanes disse...

Já deixou a sua aldeia,
Sofia viajou para França
ao encontro com esperança
de felicidade uma mão cheia!

Já está com o marido,
vão para casas descansar
e outras coisas mais acredito
isso que vocês estão a pensar!

Tenha um bom dia de domingo amiga Elvira, um abraço,
Eduardo.

Prata da casa disse...

A passar para acompanhar a história.
Bjn
Márcia

rendadebilros disse...

Havia antigamente muitos casamentos por procuração: umas vezes os noivos conheciam-se, namoravam e tal e era uma formalidade para que a noiva fosse viver com o noivo em França, Venezuela, Angola e Moçambique, por exemplo. Outras vezes, conheciam-se por correspondência ( as revistas com pedidos de amizade/correspondência eram o facebook da altura) e acontecia o mesmo, não iam ter com os rapazes sem casarem primeiro. E muitos davam certo. Apaixonavam-se? Quem sabe? Daí que esta narrativa pode muito bem desembocar num grande amor! Beijinhos. Bom Domingo.

Socorro Melo disse...

Um bom começo. Quim é educado e gentil.O tempo dirá como se comportará esse casamento. Às vezes melhor do que outros em que os noivos se conhecem e têm um convívio de muitos dias.

O meu pensamento viaja disse...

Começou bem ...
Beijo

Blog da Gigi disse...

Bom início de semana! Beijos

aluap Al disse...

Mesmo sendo por procuração, quando alguém casava, a vida renovava-se!

Elvira, só ontem e hoje comecei a ler este novo conto e o que posso acrescentar é que antigamente havia muitos casamentos por procuração e também baptizados por procuração (padrinhos).

Gostei imenso daquela sua fotografia "parte III", antigamente o uso do véu simbolizava a pureza da noiva, hoje em dia não existe mais esta tradição, qualquer noiva pode optar por véu sem nenhuma restrição, mas não podemos negar que o véu possui um toque de romantismo e delicadeza. Muito bonita foto que decerto retrata boas recordações.

Beijinhos e boa semana.

maria disse...

E aí está Sofia a iniciar uma nova vida... vamos ver como vai correr...Que grande desafio chegar-se casada ao pé e quem quase não se conhece... estou muito curiosa!!! :D

AvoGi disse...

Agora sim, para a frente é o caminho. Será que vai apaixonar-se pelo marido? Será ele um homem violento?
A ver vamos...
Kis :=}

Zé Povinho disse...

No passado era muito comum fazerem-se casamentos por procuração, e muitas vezes a coisa resultava.
Abraço do Zé

Cantinho da Gaiata disse...

Esperando para o desenrolar da história, certamente vai correr tudo bem.
Beijinho e uma boa semana.

Cantinho da Gaiata disse...

Esperando para o desenrolar da história, certamente vai correr tudo bem.
Beijinho e uma boa semana.

Vera Lúcia disse...


Olá Elvira,

Casamento por procuração com alguém que não se conhece de fato é um risco. O amor pode ou não surgir com a convivência. Contudo, o interesse maior de Sofia era fugir do estilo de vida de sua aldeia, coisa mais ou menos comum às mulheres que se casavam para libertar-se do controle dos pais.
A estória começou bem e está muito interessante.
Gostei da sua foto de noiva. Muito linda e com um belo vestido.

Ótima semana!

Beijo.

Majo Dutra disse...

Idades fantásticas, estas, em que se parte audazmente para a aventura...
Esteve na moda este tipo de casamento...
A irmã de uma tia por afinidade casou por procuração com um jornalista, por anúncio no jornal...
Foram felizes - ela rechonchuda e ele alto e muito magro...
Ótima semana, Elvira.
Abraço.
~~~~~~~

Smareis disse...

Parece que o clima vai esquentar. O noivo me parece cordial, educado.
Boa semana!
Bjs!

Fernanda Maria disse...

Bem,cá para mim vão-se apaixonar, pois gosto de finais felizes, vamos ver :)

Beijinho amiga Elvira

O Toque do coração

Gaja Maria disse...

Uma situação complicada...

Rosemildo Sales Furtado disse...

E assim começa uma vida a dois, repleta de esperanças e com muitas surpresas, boas ou ruins. Aguardemos os acontecimentos.

Abraços,

Furtado