9.1.16

AMANHECER TARDIO - PARTE XXIII



foto do google

Mas tu assumiste que ele era o teu grande amor e criaste à tua volta uma espécie de casulo, onde te encerraste, com a tua dor. Por causa disso afastaste todas as hipóteses de viveres um grande amor. Um amor de mulher, mais madura, que conhece a vida, os seus sonhos e as suas dores.
Isabel permanecia com os cotovelos em cima da mesa e o belo rosto entra as mãos. No fundo ela sabia que a amiga tinha razão. Mas custava-lhe admitir isso até para si própria. Amélia passou-lhe a mão pelos cabelos, num gesto carinhoso, e acrescentou.
- Se a vida te está dando outra oportunidade não a desperdices minha amiga. Quem sabe se é a derradeira? E nada pior, do que viver o resto da vida imaginando, o que ela poderia ter sido e não foi por sermos covardes.
- Mas eu não sei nada sobre ele. Nem sequer o nome. Apenas que tem uns olhos cinzentos que parecem mergulhar dentro de nós até ao mais ínfimo da nossa alma. E uma voz rouca, sensual…
- E um corpo alto atlético e moreno, e uns braços fortes onde gostavas de te acolher – riu Amélia.
- Não sejas assim, - disse zangada. Vamos-nos deixar de conversas e trabalhar. Marca as entrevistas para quarta-feira. Uma para as dez horas a outra para as quinze. Telefona à Dulce e pergunta se a campanha do início das aulas que lhe entreguei antes das férias está pronta, quero vê-la. Como foi o Paulo que a aprovou, gostava que ele a visse. Se a gravação estiver pronta, telefona-lhe e pede para ele passar por cá para a ver.
Amélia afastou-se e levando a mão à testa, imitou o gesto do militar perante um superior dizendo:
- Sim chefe.
Isabel concentrou-se no computador e Amélia não pôde deixar de a admirar. A mulher frágil e carente de momentos atrás tinha desaparecido e no seu lugar estava agora a profissional competente que sempre fora. Fez os telefonemas e depois disse:
- A Dulce diz que vai mandar por correio electrónico o vídeo da campanha. Se aprovares entrega o DVD de tarde. As reuniões estão marcadas e o Paulo diz que passa por cá esta tarde. Diz que o substituto já chegou. Perguntou-lhe se queria vir com ele ver o filme e ele disse que não. Se o Paulo aprovou, estava aprovado. Ele só se interessará por campanhas futuras que ele próprio encomende. Que te parece? Deve ser um pedante daqueles que julga que trás um rei na barriga.
Perante as caretas de enjoo da amiga, Isabel não pode deixar de rir.

24 comentários:

Blog da Gigi disse...

Abençoado final de semana!!!!!!!! Beijos

Marina Fligueira disse...

Hola Elvira!!!

Me quedé un Internet, te escribo desde mi móvil.
Muy bueno este texto,escribes unos relatos preciosos que tienen mucho que ver con alguna realidad.
A veces nos encerramos en una coraza de hielo y mientras pasa el tiempo, y cuando despertamos del letargo... Ya paso el tren por la puerta.
Ha sido un placer leerte.
Te dejo mi gratitud y miestima.
Un abrazo inmenso y feliz año.

Te doy la razón, viejos son los trapos. Pero si es verdad que me estoy haciendo muy mayor.

Cristina Sousa disse...

Olá Elvira, gostei muito.
Bom fim de semana
Beijo carinhoso

Laura Santos disse...

continuo a gostar do andamento da narrativa.
xx

Às Bolinhas Amarelas disse...

Descobri o seu blog por acaso, e adorei o que li! Sem dúvida será um blog onde irei voltar.

Beijinho
www.blogasbolinhasamarelas.blogspot.com

Edumanes disse...

O pedante que pensa que trás o rei na barriga. Segundo referiu Isabel, se calhar até é o homem dos braços fortes e olhos cinzentos, que já se cruzaram com os olhos de Isabel?

Tenha uma boa tarde amiga Elvira, um abraço,
Eduardo.

Maria Sem Limites disse...

Mais um capítulo, mais uma vez do meu agrado. Beijinhos.

Maria Sem Limites disse...

Mais um capítulo, mais uma vez do meu agrado. Beijinhos.

Anete disse...

Bom fim de semana, Elvira.
Vamos adiante, ainda vem muita coisa por aí nos passos da Isabel... Passo a passo avançando.
Beijo

Tintinaine disse...

Olá Elvira!
Inclui o Sexta-Feira na minha lista de blogs para ir lendo alguns dos contos que vai publicando. O sistema que usa no arquivo do blog não facilita a localização da primeira parte de cada conto, pelo que ainda estou a tentar descobrir um caminho para lá chegar.
Bom fim de semana!

Maria Rodrigues disse...

Continuo a ler e a gostar, nem sempre comento, mas hoje fica o registo.
Um grande beijinho
MAria

Maria Teresa de Brum Fheliz Benedito disse...

Bom dia amiga Elvira!
Estou cá muito curiosa, para ver este encontro, vai ser palpitante, rsrsrs.
Um abraço e bom final de semana.

Jaime Portela disse...

O amor, ou a oportunidade para que ele se consubstancie, nem sempre passa à porta mais que uma vez...
Uma narrativa apelativa e que continua muito boa mesmo.
Elvira, bom fim de semana.
Beijo.

manuela barroso disse...

Mesmo não conseguindo seguir a toda a trama da história, fico sempre na admiração na sua narrativa tão visualista e encantatória, Elvira!
Beijo meu

António Querido disse...

Vou acompanhando os seus contos, enquanto eles não disparam em passo de corrida, o tango ainda vou dançando, o corridinho já sinto dificuldades!

Sem dificuldades cá vai mais um meu abraço.

Rogerio G. V. Pereira disse...

(continuo...)

AC disse...

E, episódio atrás de episódio, a teia narrativa urdida pela autora vai prendendo, cada vez mais, o leitor...
(Não tenho comentado, mas tenho lido)
Parabéns, Elvira!

Um bom domingo :

Blog da Gigi disse...

Lindo domingo!!!!!!!!! Beijos

Elisa Bernardo disse...

Querida elvira, sabe que andarei sempre por aqui porque gosto muito de si e do seu blog:) Queria dizer-lhe também que li o seu comentário num outro blog acerca dos produtos de beleza que já não interessavam muito nos seus quase 70...mas é isso que discordo de si...tem uma idade muito bonita e nós enquanto mulheres estamos sempre em idade de nos preocuparmos com essas coisas. Mas claro que a Elvira é muito mais que uma senhora bonita (que é) sem dúvida ;) Um grande beijinho para si.

Andre Mansim disse...

Este mais um capítulo que serve apenas de preparação para os acontecimentos. Mas muito bom.

Andre Mansim disse...

Este mais um capítulo que serve apenas de preparação para os acontecimentos. Mas muito bom.

Portuguesinha disse...

FAZ 3 ou quatro posts atrás que estou mesmo a adivinhar que esse novo chefe que "não vive em lisboa" e é aventureiro não é nada mais nada menos que... o homem de profundos olhos cinzentos e braços fortes, rss ;)

Ana Freire disse...

Mais um capitulo, que adorei!
Bjs
Ana

Ana Freire disse...

Mais um capitulo, que adorei!
Bjs
Ana