1.2.18

A VIDA É... UM COMBOIO - PARTE XXIV






Estavam parados, junto da porta da casa da avó da jovem. Ela estendeu-lhe a mão, que ele apertou entre as suas.
- Obrigado pela companhia e por me teres escutado. Foi uma tarde muito agradável. Convido-vos a passarem o dia amanhã, lá em casa. Gostava de te mostrar a propriedade, apresentar-te ao Alfredo e a família. De certa maneira eles são a família que me resta. E tenho a certeza que o Martim, vai gostar de brincar com os filhos dele.
- Não será possível. Viemos passar o fim-de-semana com a avó, não tem jeito deixá-la sozinha.
- E porque havia de ficar sozinha? Não te disse que ela tinha ganho a minha admiração? – Perguntou sorrindo. Venho buscar-vos às onze horas, pode ser?
- Mas nem sei se a avó quererá ir.
- Convidas-me a entrar e eu pergunto- lhe.
-És sempre assim tão persistente?
- E tu, és sempre assim tão medrosa?
-Não é medo.
-Não?- Interrogou arqueando uma sobrancelha.
- Tens razão, - confessou. Assusta-me pensar que há meia dúzia de dias não te conhecia, e que de repente tornaste-te íntimo do meu filho, assusta-me pensar que ele se apegue demasiado a ti, assusta-me verificar que parece quereres invadir a minha vida, os meus sentimentos.
- E meto-te medo. Ou melhor, tens medo do que possas vir a sentir por mim. Agora que já não sentes a proteção daquela bendita aliança, tens medo de ser traída pelos teus sentimentos.  Vou-te ser muito sincero. Tenho trinta e oito anos. Até hoje tive duas grandes paixões. A pintura, e a minha mota. Mulheres? Claro que tive. Muitas, nem poderia ser de outra forma, sendo um homem jovem e saudável. Aventuras de poucos dias. Nunca nenhuma me fez pensar numa relação séria, nunca nenhuma me despertou o desejo de partilhar com ela, mais do que alguns momentos agradáveis na cama. Jamais senti a vontade de ter uma família até que te conheci, naquele dia na estrada. Encantei-me convosco e tive inveja do homem que vos tinha por família. Ali, no momento em que peguei o Martim nos braços para o colocar na moto, desejei de todo o coração ser esse homem. Foi uma coisa estranha, um sentimento sem explicação. Por respeito, tentei afogar esse desejo. Sempre respeitei as mulheres casadas, e acreditei que o eras. Agora que sei que não és, não me podes impedir de lutar para te conquistar. Gosto do teu filho e ele parece gostar de mim. Tenho a certeza de que posso vir a ser um ótimo pai para ele. E um marido apaixonado, capaz de te fazer esquecer todas as desilusões que já sofreste. E agora, que já me conheces, convidas-me a entrar para conhecer a tua avó?
- Por favor, Paulo. Não me pressiones. Já me basta, a confusão em que me encontro, o desassossego que me fazes sentir. Há anos que não tenho nenhuma relação ou contacto amoroso. A avó vive pressionando-me para dar uma nova oportunidade ao amor. Ultimamente até o Martim, a propósito da companhia para o bendito jogo da festa, me perguntou porque não arranjava um namorado. Tens o meu número. Liga-me logo à noite. Mas por favor, agora vai.

Continuando a visita ao Museu de Alcobaça, temos hoje mais um post AQUI

27 comentários:

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Estou a acompanhar e a gostar do desenrolar da história.
Um abraço e continuação de boa semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
O prazer dos livros

noname disse...

eheheheh homem decidido.

Beijinho Elvira

✿ chica disse...

Tomara ele deixe o medo ... Pode atrapalhar sua vida! bjs, chica

Larissa Santos disse...

kkkkkkkkkkk a coisa esta a começar aquecer :))
Hummmm

Hoje:- Perdida no Sonho... Nudez Imaculada.
.
Bjos
Votos de uma feliz Quinta-Feira

António Querido disse...

Teimoso! Tenho algo em comum com esse motoqueiro, desistir jamée!

Abraço.

Isa Sá disse...

A passar por cá para continuar a acompanhar a história!


Isabel Sá
Brilhos da Moda

Duarte disse...

Assim é, tudo vai como um comboio de então.
Será o efeito da caldeira, isto começa a aquecer...
Um grande abraço, nosso.

Cantinho da Gaiata disse...

Encantada com a historia.
A rapariga está difícil, mas com a persistência dele isto vai longe.
Beijinhos grande.

Anete disse...

Tudo se encaixando para um feliz romance, compromisso.
Bjs e BOA 5ª FEIRA...

Nidja Andrade disse...

Um mundo de encantamento reina por aqui!...
AbraçO

Rui disse...

!!! Chiça !!!... Uma declaração de amor irrecusável, merecedora de alguma cedência por parte da visada ! :)
Não há motivos para tanta "defesa" por parte da Amélia !

:)

Jaime Portela disse...

A história está a desenrolar-se com mestria e, quando se acaba neste capítulo, fica-se com vontade de mais...
Continuação de boa semana, amiga Elvira.
Beijo.

Os olhares da Gracinha! disse...

É assim mesmo ... caminhando para um final feliz!!!bj

Zé Povinho disse...

O receio ou a cautela, como alguns lhe chamam, muitas vezes é prejudicial...
Abraço do Zé

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Elvira! Li o capítulo cheguei a conclusão que deve tratar-se de uma linda históri/estória. Depois passarei com mais tempo para ler os capítulos anteriores.

Retornando para renovar meus votos de um Feliz 2018 e matar as saudades dos amigos.

Abraços,

Furtado

Cidália Ferreira disse...

Mais um episódio importante nesta estória :))

Beijo. Boa noite

Ontem é só Memória disse...

Quero saber o que vai acontecer agora!

Bjxxx
Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

Edumanes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Edumanes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Edumanes disse...

Paulo já se declarou a Amélia. Amélia vontade de beijar não lhe fartará. Afinal do que é que ainda estou à espera?

Tenha uma boa noite amiga Elvira, um abraço,
Eduardo.

Kique disse...

Esperando já o proximo capitulo
Bjs
Kique
https://caminhos-percorridos2017.blogspot.pt

Odete Ferreira disse...

Gosto quando as coisas se encaixam para se viver a felicidade...
Bjino, Elvira

Pedro Coimbra disse...

Nestas circunstâncias um beijo bem dado dissolve todas as dúvidas.
Bfds

Olinda Melo disse...


Às vezes acontece encontrar alguém assim. Ela cheia de medo da vida. Deve ter sofrido... bj


Ailime disse...

Muito bom o seguimento da história que parece estar a proporcionar um excelente final.
Beijinhos,
Ailime

Lucia Silva disse...

E o romance a se iniciar dando mostras de grandes emoções!!
Abraços afetuosos!

Gaja Maria disse...

Agora sim, esta-se a compor