21.2.18

ENTRE DUAS DATAS - PARTE V







- Não digas isso meu filho. És jovem, e algum dia esquecerás, embora isso hoje, te pareça impossível. E eu? Será que não pensas em mim, filho da minha alma?  
Havia lágrimas na voz e nos olhos da idosa. Estivera bastante doente, e ainda andava com dificuldade, razão porque chegara tarde.
- Eu também fiquei sem o meu homem, e Deus sabe como lhe queria. Mas que seria de ti, se eu me deixasse levar pelo desespero? Por ti tive de viver. Sofri muito meu filho. Santo Deus como sofri. E hoje, queres acabar comigo, acabando contigo?
Tinha-o apertado nos braços, e choravam. Mãe e filho abraçados comungavam da mesma dor. Clara ficou a olhá-los enternecida. Na verdade sempre tivera um fraquinho por Pedro, mas ele escolhera outra na hora de formar família.
- Mana, olha toda a gente já foi embora - disse a pequenita, puxando-lhe a saia.
Era verdade. Clara que só tinha olhos para o homem que amava, nem se apercebera.
- Mãe, mãe, perdoe-me. É que sofro tanto!
 A frase saíu entrecortada, como se quisesse engolir o soluço que lhe apertava a garganta. 
- Mas olhe minha mãe, não se preocupe. Eu julgava que tinha perdido tudo e não é verdade. A mãe precisa de mim e eu vou viver para si. Que Deus me perdoe a minha insensatez.
- Vamos Pedro. Já todos se foram embora. A tua mãe esteve doente, e ainda não pode abusar das suas forças. Vamos andando.
- Vamos sim, filha. E tu, meu filho, dá-me o teu braço e ampara este velho corpo cansado.
Deram-lhe o braço, e cada qual do seu lado, ajudaram-na. Na frente dos três a irmãzita de Clara, tentava apanhar uma borboleta, cantarolando com a inocente alegria das crianças.


Esta história termina amanhã.  

21 comentários:

noname disse...

Como sempre, deixa-nos expectantes pelo próximo capítulo :-))


Beijinho

Ontem é só Memória disse...

Estou aqui presa à espera desse final!

Bjxxx
Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

A Nossa Travessa disse...

Minha querida Elvirinhamiga

Mas que estória tão triste... Como acaba já amanhã, a ansiedade já não vai durar felizmente muito. Oxalá lhe dês a volta e ela não acabe mal ou, pelo menos, tão mal assim. Veremos...

Um beijinho do teu amigo e admirador

Henrique, o Leãozão

Ainda não foste â NOSSA TRAVESSA?

Cidália Ferreira disse...

Apesar de melancólico espera-se um final feliz!!

Beijos

✿ chica disse...

Acompanhando mais esse capítulo e esperando sempre mais! Gostando! bjs, chica

Tintinaine disse...

Então vai uma historinha curta! Curta e triste!

Tintinaine disse...

Vai ser ... queria eu dizer.

SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras disse...

Muito bem bolado, Elvira,
Esse teu conto ou romance
Espero que ele alcance
Todos os que tens em mira,

Pois se verdade ou mentira
É ficção, e a nuance
Entre um e outro lance
A nossa atenção não tira.

Por isso que eu gosto tanto
Da beleza e do encanto
Que tem os pedaços tidos

E eu espero o sacrossanto
Desfecho - o sagrado manto
Resumo desses tecidos.

Grande abraço. Laerte.

Pedro Coimbra disse...

E cá estarei para o epílogo.
Porque até agora está a gostar muito.

Isa Sá disse...

A passar por cá para acompanhar a história.


Isabel Sá
Brilhos da Moda

Roaquim Rosa disse...

bom dia
na realidade pensei que ia haver mais uma viagem , como parece que isso não vai acontecer , vamos aguardar por um final que como sempre a autora nos delicia .
JAFR

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Uma história que nos prende, estou a gostar.
Um abraço e continuação de uma boa semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
O prazer dos livros

Os olhares da Gracinha! disse...

E um abraço sabe tão bem!!!bj

Larissa Santos disse...

Bom dia. Nem todos os contos podem ser alegres nem felizes. Mas esperamos o final. :))

Hoje:- Silenciada nas águas do rio.
.
Bjos
Votos de uma feliz Quinta-Feira.

Andre Mansim disse...

Oi Elvirinha!
O último capítulo deve amarrar a história bem, como sempre seus finais são ótimos.
Vamos ver amanhã.

Um abração!

Jack Lins disse...

Mais uma linda história que com certeza, vou ler os capítulos anteriores e já esperando o novo.
Grande beijo e um ótimo dia.

Cantinho da Gaiata disse...

Estou vendo que é uma historia curta e triste, vou passar ao capitulo seguinte que deve ser mais do meu agrado.
E felizes para sempre.....

Bjs

Lucia Silva disse...

A acompanhar com prazer nas suas histórias maravilhosas!
Beijos carinhosos!

Ailime disse...

Lindo, Elvira!
Um bom homem, o Pedro!
Merece ser feliz!
Beijinhos,
Ailime

lis disse...

Voltando aqui para acompanhar porque havia perdido o fio da meada rs
Gosto do Pedro.
Vou ao capitulo final,Elvira
Beijo

Rosemildo Sales Furtado disse...

Eis ai uma bela família, Pedro, a mãe, Clara e a maninha. Gostando e aguardando.

Abraços,

Furtado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...