10.9.17

À MÉDIA LUZ - PARTE VI





Depois de um intervalo, os seis pares voltaram à pista, e em conjunto dançaram sucessivamente o Samba, o Merengue, o Maxixe, e o Mambo.
Quando terminaram, o público foi informado de que podiam utilizar a pista para dançarem, a festa ia continuar e ainda iam sortear um prémio entre todos os bilhetes vendidos. O casal amigo de Gabriel queria ir dançar, e ele disse-lhes que não se preocupassem consigo que ia até ao bar.
Encaminhou-se para o extremo do balcão pediu uma bebida e ficou observando os pares que evoluíam na pista, ou se espalhavam pelas mesas. Esperava ver de perto a mulher de vermelho. Para tirar da cabeça, a ideia absurda de que podia ser Sandra. Por muito familiar que lhe tivesse parecido o seu perfil, uma mulher com aquele corpo, não podia ser aquele ser ridículo, que os recursos humanos lhe tinham arranjado como secretária.
De súbito a sua atenção fixou-se na mulher elegantemente vestida, com um vestido negro, o cabelo castanho, com uns reflexos avermelhados, solto sobre os ombros, que junto ao balcão pedia um refresco. Aproximou-se dela, e então teve a certeza absoluta, de que se tratava da sua secretária.
 Pôs-lhe a mão sobre o ombro, e murmurou-lhe quase ao ouvido:
-Se, eu sofresse do coração, tinha tido um enfarte esta noite.
Ela soltou-se rapidamente, os enormes olhos verdes cravados nos dele.
-Que faz aqui? – Perguntou o rosto vermelho, a voz tremente
-Quem diria, que tinhas tantos dotes. Deixa-me advinhar, secretária e atriz de dia, bailarina e que mais de noite? – Perguntou sarcástico.
Ela levantou a mão com evidente intenção de o esbofetear, mas ele foi mais rápido, e prendeu-lhe o pulso dizendo:
- Nem sonhes. Pega a tua bebida e vamos sentar-nos.
- Não sei quem lhe disse que estava aqui, mas não vou consigo a lado nenhum.
-Tens a certeza? Queres ver-te envolvida  num escândalo? Por mim fica à vontade. Se não te importas de sair amanhã nos jornais como uma das minhas amantes que resolveu fazer um escândalo numa festa de beneficência…
-Era capaz disso? – Perguntou furiosa, os belos olhos verdes faiscantes
- Tens dúvidas? - Perguntou com voz rouca, segurando-lhe o braço e empurrando-a para uma mesa, com uma certa gentileza que contrastava com o que lhe dissera.

13 comentários:

Majo Dutra Rosado disse...

Está a aquecer, Elvira...
No entanto, ele parece odioso!
Ótima semana.
Abraço
~~~

Os olhares da Gracinha! disse...

Cheira_me a sedução!!! Bj

Janita disse...

O "À MÉDIA LUZ" já vai no sexto capítulo, mas creio ainda vir a tempo de seguir e ficar a saber se Sandra secretária / bailarina, consegue obter as provas que possam ilibar o pai, vítima da acusação de um desfalque que não cometeu.
Seguirei com atenção, esperando que prossiga, no bom caminho, captando a atenção do leitor.

Um abraço, amiga Elvira.

PS- A minha amiga é mesmo aquela máquina a elaborar histórias. Parabéns!

Edumanes disse...

A presença de Sandra, me parece,
ser para o Gabriel, desassossego
se é que, porventura, ele a merece
para a conquistar terá ser mais meigo!

O ambiente está ficando quente!
avizinha-se entre eles luta garrida
dos dois o que for mais inteligente
será o justo vencedor dessa conquista!

Tenha uma boa noite amiga Elvira, um abraço,
Eduardo.

✿ chica disse...

Ele me é muito antipático ainda,rs...Vamos ver se muda! bjs, chica

aluap Al disse...

Agora a dança vai ser outra!

Cantinho da Gaiata disse...

Ai, ai ai, está bruto.
Vou aguardar por melhores leituras.
Bjs

Pedro Coimbra disse...

Já assisti a muitos romances tórridos que começaram à chapada.
Vamos por esse caminho??
Boa semana

Tintinaine disse...

Eu penso como o Pedro. Bate, bate que eu gosto. Vai sair dali um romance e peras!

Isa Sá disse...

A passar para acompanhar a história e desejar uma ótima semana!


Isabel Sá
Brilhos da Moda

Roaquim Rosa disse...

bom dia
vai haver grandes mudanças nas opiniões que cada um tem a respeito do outro.
JAFR

Rosemildo Sales Furtado disse...

O Gabriel se comporta como um canalha. Arrependo-me de ter insinuado uma parceria no comentário que fiz no capítulo anterior.

Abraços,

Furtado

redonda disse...

Assim não estou a gostar nada dele...