19.9.17

À MÉDIA LUZ - PARTE XVIII


Um mês se passara, sem qualquer novidade digna de relevo na vida de Sandra. Continuava a ser uma excelente secretária, e a ver Gabriel quase todas as noites, num convívio que se ia a pouco-e-pouco tornando mais difícil, com o homem fugindo dos seus sentimentos e ela sofrendo em silêncio, numa espera feita de ansiedade e desespero. Continuava a ir ver o pai sempre que as visitas eram permitidas, e cada dia o achava mais desanimado.
Gabriel viajara para o estrangeiro, há quatro dias, quando o inspetor se apresentou no escritório, finalmente portador de uma boa notícia. Tinha conseguido a prova para reabrir o processo e libertar o pai de Sandra.
Reunira as provas precisas contra Fernando e podia agora provar sem qualquer dúvida que fora ele quem se apoderara do dinheiro e forjara as provas que haveriam de condenar o contabilista. O homem tinha o vício do jogo, mas era um jogador azarado. Perdera grandes somas de dinheiro, e estava a ser ameaçado de morte, pelo que o dinheiro do desfalque servira para pagar as dívidas de jogo. O dinheiro mal entrara na sua conta, fora direcionado, para o pagamento dessas dívidas.
- Então e agora? – Perguntou a jovem.
Agora vamos entregar ao juiz, o resultado desta investigação, e esperar que ele ordene a reabertura do processo e revogue a sentença que ditou a prisão do seu pai.
- Vai levar muito tempo?
Algum. E há outra coisa. Eu não poso fazer isso, toda esta investigação, foi feita de modo particular. Isto tem que ser tratado por um advogado. Vocês têm algum?
- Não. Na verdade na altura meu pai, foi defendido por um advogado nomeado oficialmente. O ano passado consultei um de renome, mas cobra muito caro. E nós só podemos contar com o meu ordenado.
- Bom, vai ter que nomear um, para que possa tratar disto. Quando o tiver, ele que entre em contacto comigo e eu entregarei todas as provas que consegui. Agora o mais importante, é que seu pai pode provar a sua inocência, sair em liberdade, e provavelmente até ser indemnizado por danos morais. E o Gabriel, quando volta?
- Não sei. Penso que chegará esta noite, ou amanhã de manhã. Tem uma reunião agendada com uns clientes para amanhã à tarde, e não me pediu para cancelá-la.
- Diga-lhe que me ligue.


17 comentários:

Tintinaine disse...

Está tudo no bom caminho para um final feliz.

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Bem encaminhada a história.
Um abraço e boa semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
O prazer dos livros

✿ chica disse...

A causa será ganha com certeza! Resta aguardar! Muito bom! Lindo dia! bjs, chica

Existe Sempre Um Lugar disse...

Bom dia, confesso que não tenho acompanhado com assiduidade o belo conto partilhado, aparentemente tudo está bem encaminhado para a Sandra e o pai, mas será que tudo vai continuar assim, ou dá uma volta repentina?.
Continuação de boa semana,
AG

Anete disse...

Já está ficando perto da descoberta... Quem realmente é o culpado?!?
Um abraço, Elvira, e boa 3ª feira!

São disse...

Estes advogados de renome só trabalham mesmo para quem lhe pode pagar muitissimo


Beijos

Edumanes disse...

Nos pratos da balança da justiça. Num está a prova da inocência, no outro está a prova do crime. Tudo indica que Sandra irá receber boas noticias!

Tenha uma boa tarde amiga Elvira, um abraço,
Eduardo.

Os olhares da Gracinha! disse...

Espera-se que tudo se resolva como seu desejo!!!
bj

António Querido disse...

Acho que neste caso a culpa não vai morrer solteira e que seja o corrupto a pagar todas as despesas!

O meu abraço.

Bell disse...

Vem surpresas por ai \o/

maria disse...

Muito bem...descoberto o autor do desfalque esperemos que a justiça seja célere a corrigir o erro que cometeu... prevejo um reencontro muito especial entre Sandra e Gabriel!!!

redonda disse...

Está-se a resolver o mistério
Há Defensores oficiosos muito bons e também o Ministério Público pode ajudar nestes casos.
um beijinho e uma boa noite

O meu pensamento viaja disse...

Parece que vai acabar bem ...

Berço do Mundo disse...

Só quem tem algum problema com a justiça sabe a importância de ter um bom advogado. Infelizmente não fica barato.
Beijinho
RUthia d'O Berço do Mundo

lourdes disse...

Finalmente a Sandra vai ter o pai de volta.
E, para compensar os maus tempos passados cheira-me que vai ganhar um marido rico!
Eheheheheh!
bjs

Cantinho da Gaiata disse...

Está tudo andando sobre carris, mais um pouco termina a ansiedade da Sandra e a nossa.
Beijinho grande.

Rosemildo Sales Furtado disse...

O Gabriel empresta o dinheiro do advogado e o pai de Sandra paga quando for indenizado. Rsrs.

Abraços,

Furtado