21.3.18

DIA 21 DE MARÇO - UM DIA ESPECIAL


Todos vós sabeis que todos os dias são dias de qualquer coisa. Mas o dia de hoje é um dos que mais se destacam pelas diversas comemorações.  Assim sendo passo a citá-las.


Dia Mundial da Poesia, 

 Dia Mundial da Marioneta, 
Dia Mundial para a Eliminação da Discriminação Racial,
 Dia Internacional da Síndrome de Down,
 Dia Mundial da Floresta
 e
 Dia Nacional da Árvore.

Assim sendo A Traição só sairá pelas 20 horas. E vamos que vamos como diz uma nossa amiga, fazer comemorar então este dia, que até se apresenta com um radioso sol sobre um céu azul, tão limpo como não via desde o início deste ano. 


Começando pelo dia mundial de poesia, deixo-vos com um pequeno poema meu



Dia Mundial da Poesia,


O MAIS DIFÍCIL


O mais difícil
hoje
não é sonhar
ainda que
o sonho
seja pérola negra
aprisionada
na ostra
do quotidiano.

O mais difícil
hoje
é inventar a Vida
no espaço agónico
da sobrevivência.


Elvira Carvalho

Dia Mundial da Marioneta, Para quem vive em Lisboa ou no Porto, e tem disponibilidade de tempo, que tal uma visita ao Museu da Marioneta? Além do mais o de Lisboa fica no Convento das Bernardas, um edifício muito bonito





Dia Mundial para a Eliminação da Discriminação Racial.
Pois é, a foto diz tudo


 Dia Internacional da Síndrome de Down,
A foto seguinte também diz tudo






 Dia Mundial da Floresta

Dia nacional da árvore


Boa tarde para todos.

23 comentários:

Ailime disse...

Boa tarde Elvira,
Magnífico o seu poema neste dia Mundial da poesia que assim fica bem assinalado.
São também muito meritórias as referências às outras causas, todas elas de enorme importância.
Um grande beijinho.
Ailime

noname disse...

Eu sou avessa aos dias disto e daquilo, pela simples razão que não deveriam ter que existir, como seres pensantes que somos, deveríamos saber cuidar e amar os nossos e os demais mas, enfim...

Linda a sua lembrança, lindas as imagens recolhidas.

Até logo, então na traição.
Abraço

Cidália Ferreira disse...

O meu Aplauso para tão belo post!! Amei

Especial : Ofereço, os sentimentos mais puros (Dia Mundial da Poesia)

Beijinhos e um execlente dia.

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida amiga Elvira!
Muito linda a forma do seu poema... gosto muito de inovações do estilo na poesia... acho o máximo!
Lindo conteúdo poético também!
Seja muito feliz e abençoada junto aos seus amados!
Bjm de paz e bem

✿ chica disse...

Quantas comemorações!!! Adorei tua poesia! Linda! 😘😘chica

Roaquim Rosa disse...

boa tarde
desde a minha escola primária que gosto de ler poesia e até de escrever , mas ser poeta não é propriamente fazer umas rimas ,e eu por acaso quando tenho um pouco de inspiração faço uns versos e guardo-os .
um dia destes vou passar aqui alguns só para ver a reação de alguém que na realidade é poeta com todas as letras .
JAFR

Tintinaine disse...

Ena, tantos dias de tanta coisa! Não fazia a mínima ideia!
Como dizia alguém antes de mim, não sou grande fã dos dias disto e daquilo, mas não desvalorizo o significado que eles têm, nem o esforço que as entidades fazem para chamar a nossa atenção para os muitos problemas que existem na sociedade.

Diná Fernandes O.Souza disse...

Olá Elvira, sábias palavras contidas nesta belo poemeto, tens toda razão a luta pela sobrevivência está cada dia mais sofrida.
Tenha uma ótima tarde.
Se puder conheça meu novo blog: Contos ? não tenho habilidade , tentando ver se consigo escrever com consistência
Abraço!
http://contosdadina.blogspot.com

Rogerio G. V. Pereira disse...

Poema belo

Boas causas

Quanto ao dia...
depois lhe conto

manuela barroso disse...

Este é um dia de pérolas nacaradas fazendo deste dia dos mais alegres do ano pelo sonho e colorido de despertares .
Parabéns pela sua poesia
Beijinhos

Tais Luso disse...

Que bonita postagem, Elvira!
A Poesia suaviza o nosso cotidiano de um mundo tão atormentado; a discriminação racial é a vergonha e a falta de humanidade que conhecemos de sobra, tanto quanto a síndrome de Down que até poucos anos quem a tinha era escondido pelas famílias; as florestas precisam ser preservadas, são o pulmão das cidades e as grandes florestas o pulmão do mundo, como a nossa floresta Amazônia. E viva também o Dia Mundial da Marioneta.

Um beijo, amiga, uma ótima semana!

Luis Eme disse...

Feliz dia de tantos dias, especialmente pela Poesia e pela Primavera com Árvores.

abraço Elvira

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Tanta coisa para assinalar, que não há tempo que chegue num só dia.
Gostei do seu poema.

Os olhares da Gracinha! disse...

Bela partilha e que tenha sido um dia especial para si!bj

Anete disse...

Comemorações importantes!
Gostei do seu poema, Elvira!... Os poetas expressam o que está fortemente na alma...
Um abraço grande neste dia festivo...

Rui disse...

Espantosa a sua capacidade de participação em tudo que é cultural ! :)
Como consegue tempo para tudo isto !!! ... :)

E está visto que os seus dotes não se limitam à prosa ! ...

Abraço, Elvira ! :)

Edumanes disse...

Todos os dias são dias,
para haver qualquer coisa
não nos faltem alegrias
para a nossa vida ser boa!

Tenha uma boa noite amiga Elvira.
Um abraço.

Lucia Silva disse...

Magnífico teu poema, amei e, demais imagens alusivas as suas respectivas comemorações, dizem tudo e leva-nos a reflexões.
Beijos!

Odete Ferreira disse...

Já em outro dia, mas parabenizando a tua postagem e o sentido do dia 21...
Eu estive em poesia completa, num colóquio com formandos (jovens e adultos) do IEFP de uma cidade vizinha.
Bjinho :)

Fatyly disse...

Apesar de todos os dias serem dias de tudo:) gostei imenso deste teu post e sobretudo do teu poema.

Beijocas

Rui disse...

E, como complemento do Dia Nacional da Árvore, ganhamos o título da "Árvore Europeia de 2018 - O Sobreiro "assobiador" de Águas de Moura, no qual votamos ! :))

Rosemildo Sales Furtado disse...

Parabéns pelas diversas comemorações. Adorei o poema. Quanto a Síndrome de Down: Diferente é aquele que não respeita as diferenças dos outros.

Abraços,

Furtado

Maria Rodrigues disse...

Uma homenagem perfeita a um dia tão Especial.
Maravilhoso poema.
Beijinhos
Maria de
Divagar Sobre Tudo um Pouco