18.6.16

PORQUE HOJE É SÁBADO...

Porque hoje é sábado, e principalmente porque faz 6 anos que José Saramago nos deixou, aqui vos deixo a minha homenagem ao autor que é o nosso único Nobel em Literatura.
Um dos muitos poemas que escreveu, e que se encontram dispersos por três volumes.

"Os Poemas Possíveis"  "Provavelmente Alegria" e " O ano de 1993"

Não me Peçam Razões...

Não me peçam razões, que não as tenho, 
Ou darei quantas queiram: bem sabemos 
Que razões são palavras, todas nascem 
Da mansa hipocrisia que aprendemos. 

Não me peçam razões por que se entenda 
A força de maré que me enche o peito, 
Este estar mal no mundo e nesta lei: 
Não fiz a lei e o mundo não aceito. 

Não me peçam razões, ou que as desculpe, 
Deste modo de amar e destruir: 
Quando a noite é de mais é que amanhece 
A cor de primavera que há-de vir. 

José Saramago, in "Os Poemas Possíveis"

20 comentários:

✿ chica disse...

6 anos já? pASSA ESSE TEMPO! lINDA HOMENAGEM! BJS PRAIANOS,CHICA

Isa Sá disse...

Parece que ainda foi ontem...como o tempo passa rápido.

Isabel Sá
Brilhos da Moda

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Uma bela homenagem ao nosso grande escritor que em vida tão mal tratado foi.
Um abraço e bom fim de semana.
https://andarilharar.blogspot.pt/

Jaime Portela disse...

Um excelente escritor.
Li quase tudo dele, pois a dada altura fiquei viciado na sua escrita.
Elvira, tem um bom fim de semana.
Beijo.

Majo Dutra disse...

~~~
Este poema é admirável
- um dos melhores do querido e saudoso José.
Gostei de o relembrar.

Dias agradáveis e carinhosos.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Anete disse...

Saramago, grande escritor! Deixou-nos belos e reflexivos escritos!...
Bonita homenagem, Elvira!!
Beijinhos

Ana Freire disse...

Que homenagem fantástica, Elvira!...
Como o tempo passa... nem me tinha dado conta que 6 anos se passaram... parece que ainda foi no outro dia... Quem gostaria muito dele... deveria ser Cavaco... o génio da banalidade, como Saramago lhe chamava... tão acertadamente...
Um poema que adorei descobrir por aqui... Já li algumas das suas obras... mas poesia, confesso, que ainda descobri muito pouco... e poemas assim... mostram-me que ainda tenho muito a descobrir da sua obra...
Beijinhos! Bom fim de semana!
Ana

Fê blue bird disse...

Elvira, fez uma bonita homenagem ao nosso Nobel .
Saramago é mais conhecido pela sua prosa, mas a sua poesia também é muito bela, como prova este poema que hoje nos ofereceu.

Um beijinho grato

aluap Al disse...

Parabéns pela entrada!
De Saramago gostei de ler Caim e a Viagem do Elefante. Os Poemas Possíveis não li.
Bom fim de semana.
Abraço.

Janita disse...

Podem crucificar-me se quiserem, mas já o disse no meu blogue e repito-o aqui, gosto mais de Saramago na poesia do que na prosa.
Excelente homenagem.
Abraço

Graça Sampaio disse...

Muito bonito, Elvira! Obrigada. Conheço bem a prosa de Saramago, mas mal a poesia. Imperdoável!

Beijinhos.

Andre Mansim disse...

Esse deixou saudade hein Elvirinha?
Bela postagem homenagem, minha amiga!

Tenha um ótimo final de semana!

Rui Espírito Santo disse...

Ser Prémio Nobel (1998), é um grande motivo de orgulho para os portugueses, Elvira !
Foram precisos mais 49 anos desde o nosso primeiro Nobel, o do Prof Egas Moniz em Medicina (1949) !

Beijinho e bom domingo ! :)

Gaja Maria disse...

Que bonita homenagem Elvira. Bom domingo

Pedro Coimbra disse...

Não sou, nunca fui, espero nunca ser, hipócrita.
Não gosto de José Saramago.
Nem como pessoa, nem como escritor.
Lamento.
Boa semana

LopesCa Blog disse...

Gostei da homenagem :)


Blog LopesCa | Facebook

Silenciosamente ouvindo... disse...

Como o tempo passa amiga.
Parece que foi ontem...
Sim, Saramago merece não ser esquecido.
Bjs.
Irene Alves

lis disse...

Um poeta inesquecivel Elvira
E ultimamente estava vindo com frequência ao Brasil_ ficava acompanhando-o
quando por aqui estava.Lógico pelo noticiário mas sempre querendo se pudesse chegar perto.
Tenho vários livros deles os quais leio e releio.
obrigada por lembrar-nos.

Elisa Bernardo disse...

Já estou como a "Chica" já passaram 6 anos? Que susto..:(
Quanto ao poema, lindíssimo, um bonito poema, bonitas palavras como ele sempre nos habituou.
Beijinhos
elisaumarapariganormal.blogspot.pt

Odete Ferreira disse...

Excelente escolha para homenagear Saramago!
Bjo :)