14.6.18

S. PEDRO DO SUL





Para que gosta de aproveitar as férias, para cuidar do corpo, e prefere as termas à praia, vou falar hoje de um dos meus destinos preferidos. S. Pedro do Sul.
A poucos Kms de Viseu, situada numa zona montanhosa de rara beleza, a "Sintra da Beira" é local de obrigatória visita, para quem gosta de fugir da confusão das grandes cidades e mergulhar num ambiente de natureza límpido, onde se pode encher os pulmões de ar puro.


Banhado pelo Vouga, S. Pedro do Sul possui nas margens deste rio uma das termas mais antigas do país. As suas águas eram já utilizadas durante a ocupação romana, como comprovam as escavações efectuadas há mais de 20  anos, onde foram encontradas, entre outras descobertas arqueológicas, várias piscinas, e medalhas com as efígies de Constantino e de Trajano. Com a queda do império romano, o "Balneum" passou por uma fase de ostracismo que se estendeu por alguns séculos. No século XII deu-se um renascimento destas termas, passando na altura a chamarem-se as "Caldas Lafonenses" assim denominadas, já que, não só as Termas, mas todo o concelho de S. Pedro do Sul, se encontra situado em plena região de Lafões, gastronomicamente conhecida, pela famosa vitela assada, ou pelo não menos famoso cabrito da Gralheira.
Reza a história, que sofreram um grande desenvolvimento depois que D. Afonso Henriques, se recuperou nas suas águas, das mazelas obtidas na batalha de Badajoz.
No século XIX foi inaugurado um moderno balneário, baptizado com o nome de Hospital Rainha D. Amélia, porque esta rainha costumava deslocar-se ali, para naquelas águas se recuperar dos seus achaques.



Com a implementação da República, o nome mudou mais uma vez, e passou a chamar-se desde então Termas de S. Pedro do Sul.
O actual Centro Termal, foi inaugurado em 1987, sendo o antigo Balneário Rainha D. Amélia restaurado e reaberto em 2001, não só com moderno equipamento para tratamentos, mas também com um Núcleo Museológico, um Auditório, e um Salão Multiusos. Considerada como a maior da termas nacionais e uma das mais importantes da Europa, as suas águas são procuradas anualmente por mais de vinte mil pessoas que procuram a cura para, doenças do aparelho respiratório, doenças reumáticas e músculo-esqueléticas e doenças metabólico-endócrinas




Para os amantes da natureza, toda a zona envolvente é um tesouro, de grande beleza.


Situada com disse no vale de Lafões, tem à sua volta as Serras da Arada, S. Macário, e serra da Freita.. Do alto de S. Macário, podem observar-se as Serras da Estrela, Montemuro e Caramulo, todo o verdejante vale de Lafões , o Porto e a Torre dos Clérigos. Na subida para a serra pode observar as típicas aldeias de casas de xisto extraído da própria serra.As aldeias típicas da Pena, do Fujaco, de Covas do Monte, e de Covas do Rio, são presença neste maciço rochoso conhecido por "Monte Magaio", onde o tempo parece ter parado alguns séculos atrás. 




 No cimo pode ainda ver a centenária capela de S. Macário. Subindo a serra da Arada, encontra aldeias de grande beleza, como o Coelheira, onde num lago em pleno planalto da serra se podem observar belas trutas saltando, ou o Candal, com típicos conjuntos rurais que vivem essencialmente do pastorício de cabras e ovelhas. Se subirmos a Gralheira, começamos por encontrar o famoso Convento de S. Cristóvão de Lafões, cuja origem é anterior ao nascimento da Nação.
 Continuando a subida encontramos a aldeia de Manhouce, que já foi em tempos considerada a aldeia mais portuguesa, e cuja beleza etnográfica já levou a nossa TV, a fazer alguns programas sobre ela. E quem não conhece Isabel Silvestre, uma VOZ da aldeia, que canta e encanta todo o país.
A vitela de Lafões, o cabrito da Gralheira, os rojões à moda de S. Pedro, Arroz de Vinha d’Alhos, o de Carqueja, o Bacalhau com Broa e a Sopa de Feijão com Couve à Lafonense , a chouriça caseira, e o vinho verde de Lafões,são iguarias a não perder., bem como o seu famoso pão de ló, os Caladinhos ou as Vouguinhas.
E se ao fim do dia lhe apetecer ler um livro à beira-rio? Pode sempre recorrer ao Bibliomóvel, que como o nome indica é uma pequena biblioteca itinerante. Para uma consulta na Internet, recorra à Biblioteca Municipal.
E agora ? Que tal umas férias diferentes?



fonte: Wikipédia e memórias

Boa tarde, gente do meu chão. A nova história começará na próxima segunda-feira. Até lá e porque estamos em tempo de férias alguns bons locais para elas.

Re-edição.

19 comentários:

Rejane Tazza disse...

Que belo lugar e sempre encontrar coisas lindas pra nos mostrar ! bjs, chica

Tais Luso disse...

...Mas é disso que eu também gosto! Somos duas. Não gosto de praia, é cansativo e milhares de pessoas vão para o mesmo lugar. Gosto de Serra, de verde de sol na medida certa.
Belas fotos que conheci, amiga, gostei muito!
Beijo.

noname disse...

É uma zona lindíssima sim, Gostei de rever essas paragens, há muito não vou a esses lados.

Boa tarde, Elvira

Larissa Santos disse...

Muito obrigada pela publicação e as belas sugestões. Adorei :))

Hoje: -Num lugar qualquer, sem fim.

Bjos
Votos de uma Quinta-Feira

Edumanes disse...

Cidade de São Pedro do Sul,
mais para norte de Portugal
mas é mais para o sul afinal
que se vê o céu mais azul!

Tenha uma boa tarde amiga Elvira.
Um abraço.

Os olhares da Gracinha! disse...

Há muito que não passo para esses lados mas gente da minha terra faz aqui as "suas termas" há muitos anos!
Belos os olhares e levo a sugestão!bj

Cidália Ferreira disse...

Desperta curiosidade em visitar!! Amei!

Beijos

silvioafonso disse...

As imagens são de tirar
o fôlego. Afff...

Beijos.


.

Anete disse...

Gostei de ver as belas paisagens!
Melhoras cada vez maiores p a sua saúde, Elvira.
Um forte abraço e até breve...

Graça Sampaio disse...

É toda uma zona lindíssima. Conheço S. Pedro do Sul, mas não conheço as aldeias em redor. A Beira Interior é linda!

Belas fotos, Elvira!

Beijinho.

Rui disse...

Também me agradam muito estas Termas de S. Pedro do Sul, onde já passei uns dias por mais que uma vez !
Muito recentemente, passando por Campia, estive em Vouzela (ali ao lado) e claro que lá, me recordei da Elvira por causa do seu outro blog "as Minhas Viagens" (e saberá porquê ) ! :)))

Abraço

manuela barroso disse...

Além de tecer considerações de cariz histórico e informativo de grande valor , um destino lindo cujo gosto partilho consigo , Elvira. Verde e paz , que melhor para umas férias de sonho ? Beijinho !

Kique disse...

Bonitas imagens grande dica para umas nini férias.
Bjs

Hoje em Caminhos Percorridos - Massagem Relaxante

Tintinaine disse...

Passei tantas vezes em S.Pedro do Sul e nunca parei. Agora fiquei com vontade de lá voltar e demorar-me um bom bocado.
Pode estar para breve!

esteban lob disse...

Día a día, apreciada Elvira, las bellezas de tu tierra son más destacadas. No hace mucho vi un reportaje de varias páginas, en que desde Chile se mostraba una Portugal cada día más atrayente, con indicación de una infinidad de lugares interesantes y muy hermosos.

Abrazo.

Lucia Silva disse...

Belo lugar com paisagens encantadoras!
Abraços!

Ailime disse...

Boa noite Elvira,
Que local maravilhoso para se passar umas excelentes férias.
Conheço Viseu e São Pedro do Sul (fui lá a um casamento), mas não conheço a zona envolvente.
Pela sua descrição e fotos são terras lindíssimas.
Obrigada pela excelente partilha.
Beijinhos,
Ailime

Pedro Coimbra disse...

O meu patrono ia sempre para as termas aí duas semanas.
Por causa dos abusos.
Que recomeçavam no dia em que saía das termas.
Até ao ano seguinte.
Abraço, bfds

Roaquim Rosa disse...

Bom dia
estive numa quinta a meia dúzia de kms de s. Pedro do Sul á três anos atrás e visitei alguns sítios aqui descritos . Adorei e tenciono lá voltar pois ficou muita coisa por ver , já a Lagos nunca fui mas ainda não perdi a esperança de um dia lá chegar .
JAFR