26.5.17

JOGO PERIGOSO - PARTE V





Tinham passado oito dias desde que o advogado estivera no escritório, dando-lhe conta da cedência de quotas do irmão para o seu cliente e deixando-a de mãos e pés atados, já que o irmão que raramente ia à fábrica, tinha-lhe passado uma procuração e ela geria a empresa, com liberdade absoluta. Reuniam-se apenas uma vez por ano, para apresentação de contas e divisão de lucros nos anos em que os havia. Com a venda da sua parte, o irmão teria anulado a procuração, coisa de que ela não se apercebera, pois não precisara usá-la recentemente. Agora, para qualquer decisão que envolvesse investimento, tinha que esperar pelo novo sócio, e nem sequer sabia por onde ele andava.
Felizmente conseguira acabar a encomenda, a tempo, mas com aquela máquina parada, (segundo o técnico precisava de uma peça que tinha que ser importada,) tivera que pôr o pessoal a trabalhar por turnos, o que ia reduzir a margem de lucro da encomenda. Naquela manhã de terça-feira, acabara a sua volta pela fábrica, e dirigia-se ao seu gabinete, quando ao passar pelo escritório, Madalena a informou de que um cavalheiro a aguardava, precisamente lá. Dissera-lhe que era o novo sócio, e ela introduzira-o no gabinete. Soltou um suspiro. Finalmente resolvera aparecer.
Abriu a porta do gabinete. Um homem alto, de fato cinzento encontrava-se de costas junto à janela.
- Bom dia -. Saudou tentando não dar à voz a entoação agreste que advinha da sua raiva. Afinal de contas, o culpado daquela situação era o irmão, não o desconhecido.
O homem voltou-se. Calmamente. Quase com indolência. Um lampejo de admiração perpassou pelos seus olhos cinzentos, ao encarar a jovem. Encaminhou-se para ela.
- Bom dia. David Ribeiro- disse estendendo-lhe a mão
- Daniela Pinto,- apresentou-se retribuindo o cumprimento.
-Daniela? – Ele repetiu com estranheza
- É. Parece que os meus pais não primavam pela imaginação.
Ele esboçou um sorriso. Olharam-se por momentos fixamente. Como dois opositores estudando-se mutuamente. Depois ela disse:
- Sente-se. Temos muito que conversar.


18 comentários:

Ana S. disse...

Ai se me aparecesse um jeitoso desses à frente, ficava com a empresa, a casa e tudo o que ele quisesse ahahaha
Abraço

Edumanes disse...

Quem é vivo sempre aparece. Assim aconteceu, para aliviar ou não o ar pesado que paira na preocupação de Daniela! Como deve de futuro com o novo sócio gerir a empresa?

Tenha uma boa noite amiga Elvira, um abraço,
Eduardo.

Majo Dutra disse...

Ri-me com o primeiro comentário...
de facto o belo da ilustração é cá uma tentação!!
Vão enfrentar-se... até quando?
Abraço, Elvira
~~~~~~~~~

✿ chica disse...

Passando pra deixar um beijo praiano! chica

Janita disse...

Vamos ver como decorre este primeiro encontro entre os dois sócios.
Tem bom gosto na escolha das personagens, a Elvira!:)
Veremos se o David Ribeiro é machista ou um tipo porreiro!

Um abraço e uma boa noite.

( continuo adoentada e vim apenas espraiar a vista pelo bairro. )

Tintinaine disse...

Será que vai dar em romance? Fica o negócio em família!

Roaquim Rosa disse...

Bom dia
para já ainda só foram apresentadas as duas equipas , vamos ver como vai decorrer o jogo !!!
até amanhã .
JAFR

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Estou a gostar.
Um abraço e bom fim-de-semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
Livros-Autografados

António Querido disse...

Apresentação física e carteira recheada, é o sonho de qualquer mulher! Até dispensava o resto como o simpático primeiro comentário.

Com respeito e simpatia deixo o meu abraço.

As Mulheres 4estacoes disse...

Olá!
Acabei de ler todos capítulos e gostei, senti cheiro de romance no ar.
Um abraço

Maria Teresa de Brum Fheliz Benedito disse...

Bom dia Elvira!
Hum!
Vamos ver amanhã o que nos aguarda, aí vem grandes surpresas.
Bom final de semana querida amiga, beijinhos.

Maria do Mundo disse...

Ora vamos ver no que isto vai dar.

Os olhares da Gracinha! disse...

Será que vai haver romance!? Bj

Zilani Célia disse...

OI ELVIRA!
O DAVID A IMPRESSIONOU E DANIELA A ELE, VAMOS VER NO QUE VAI DAR.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

redonda disse...

Hum, parece-me que ele é giro :)

Smareis disse...

Me parece bom. Acho que dá namoro! Vai sair coisa ai.
Bjs!

Gaja Maria disse...

A raiva dela é compreensível, mas agora já não há volta, é seguir em frente. Talvez se entendam :)

Rosemildo Sales Furtado disse...

É, parece que depois do DD, ou seja, de David e Daniela terem oiado ôio no ôio, a história/estória promete.

Abraços,

Furtado