30.5.17

JOGO PERIGOSO - PARTE XI


Duas horas depois, o assunto estava resolvido. Louis era um bom amigo, não teve de se esforçar muito para que lhe atendesse o pedido. Glória iria receber em breve a proposta e depressa estaria em Paris.
 Pensou em Daniela. A imagem da jovem assaltara-o várias vezes, desde que a conhecera dez dias atrás. Aquela sim era uma mulher interessante. Bonita, inteligente, e cheia de personalidade. Gostaria de saber mais coisas sobre ela. Mas como fazê-lo? Claro, um detetive, dir-lhe-ia tudo sobre ela. Porém sem saber porquê repugnou-lhe a ideia de saber que um outro homem andasse a espiar a jovem. Passou a mão pela testa.
Tinha-lhe deixado o seu número e em dez dias ela não lhe telefonara. Que se passava? Será que ia fazer de conta que ele não existia? Mas não era possível. Ele não lhe passara nenhuma procuração, ela ia precisar da sua assinatura, para novas compras. Mais do que isso, ele tinha direito a ser informado sobre o funcionamento da fábrica. Pegou no catálogo, guardou o telemóvel e saiu.
- Vou sair. Liga-me se necessário, - disse a Rita ao passar pelo seu gabinete. Vou à fábrica de tecelagem.
Rita fez um movimento de assentimento com a cabeça, e ficou a pensar que qualquer coisa não estava bem com o último negócio efetuado pelo patrão. Conhecia-o demasiado bem.
Ele estacionou o carro no parque da fábrica e entrou. Cumprimentou, Madalena com um aceno de cabeça, e abriu a porta do gabinete sem se preocupar em bater.
- Boa tarde
Ela olhou-o furiosa.
-Não te ensinaram a bater à porta?
- Porquê? Este espaço também é meu.
-Tens razão. Mas se pensas proceder sempre assim, deixa de ser meu. Amanhã passarei a ocupar o gabinete da Madalena. Ela não deve importar-se de trabalhar no escritório com as outras duas empregadas.
Ficou furioso. Sabia que não procedera bem. Tinha-o feito de propósito para a ver irritada e ela devolvera-lhe a jogada na mesma proporção.
- Não precisas sair. Não voltará a acontecer. Irritas-me, sabes?
Atirou com o catálogo para cima da sua secretária, e voltando-lhe as costas, aproximou-se da janela.
Ela não disse nada. Como podia ela, irritar um homem tão poderoso, tão cheio de confiança em si mesmo? Nervosa, brincou com a esferográfica, e esperou.


18 comentários:

António Querido disse...

Tá a ficar gira a brincadeira, tá,tá!

O meu abraço.

AvoGi disse...

Ambos estilosos, ambos teimosos, ambos apaixonados
Kis :=}

© Piedade Araújo Sol disse...

Estou a acompanhar e a achar muito interessante.
Penso que a autora deve ter preparado algo para nos surpreender.
boa continuação...
beijos
:)

Edumanes disse...

Com a Glória recambiada para Paris, David, fica com o caminho livre para conquistar Daniela. A qual me parece que não conseguirá resistir nem contrariar o seu coração. Se a sua presença a inerva, está visto de que a paixão por ele está começando a conquistar o seu coraçãozinho, de mulher forte nos negócios mas sensível ao amor!

Tenha uma boa tarde amiga Elvira, um abraço,
Eduardo.

Anete disse...

Boa 3a feira, Elvira...
Pouco a pouco pegando o fio da meada por aqui... Um enredo interessante e tanto, com detalhes fabulosos...
O meu abraço sincero

lis disse...

O jogo continua bom Elvira
Vamos ver se essa conquista vai acontecer.
Abraço

Janita disse...

Vejo que a história já levou um bom avanço.
Se o jovem começa a dispensar a companhia de outras mulheres e se mostra irritado com a indiferença de Daniela, é bom sinal.
O pior é que quando há fricção entre duas fortes personalidades; há faísca!
Isto começa a aquecer. :)

Um abraço.

Gaja Maria disse...

Começa a ficar interessante :)
Abraço Elvira

Cantinho da Gaiata disse...

Estou a adorar Elvira,mais uma história de encantar.
Meu belo livro de cabeceira....!
Com tanta oposição vão acabar nos braços um do outro.
Bj

Odete Ferreira disse...

Mais uns lances para o jogo começar a ficar inquietante...
Bjinho, Elvira :)

Pedro Coimbra disse...

Quando passar a irritação começa a paixão.
Um abraço

Roaquim Rosa disse...

Bom dia
estou mesmo a gostar deste grande jogo .
não sei qual deles vai quebrar !!!
JAFR

Isa Sá disse...

A passar por cá para acompanhar a história!

Isabel Sá
Brilhos da Moda

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Estou a gostar deste "jogo".
Um abraço e boa semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
Livros-Autografados

Majo Dutra disse...

Está interessante, Elvira.
Abraço amigo
~~~~~~~~

redonda disse...

Estou a gostar de como ela está a responder-lhe :)

Rosemildo Sales Furtado disse...

A reação da Daniela não foi a esperada por quem está acostumado a ser bajulado. Continuo gostando e esperando os novos acontecimentos.

Abraços,

Furtado

aluap Al disse...

Olá Elvira, estive ausente 1 semana e só ontem consegui ler umas postagens que perdi. Para a outra estou retornando ao blog e pego o fio todo da meada, digo do jogo.

De férias envio-lhe um abraço.