10.10.16

VIDAS CRUZADAS - PARTE XVI


– Não tia. Graças a Deus não. Foi do emprego. Dizem que se não estiver lá amanhã, escuso de ir mais. Já estou ausente há muito tempo, as férias acabaram, não tenho baixa nem atestado médico.
Era uma mentira piedosa. Mas não podia dizer a verdade à tia.
- Bom, se é isso tudo bem. Mas podias ter dito quando entraste. Fiquei assustada. E sair assim de corrida, vais chegar de noite...
 – Talvez não, tia. Os dias são grandes e escurece tarde, não se preocupe.
- Então vamos mulher, vamos preparar um farnel para a viagem.
E dizendo isto empurrava a empregada na sua frente.
- Não se preocupe tia, eu como alguma coisa pelo caminho.
- Era o que mais faltava! - Zangou-se ela – Da minha casa, nunca ninguém saiu sem farnel.
Quando Pedro saiu com as malas para o carro, já as duas mulheres tinham preparado uma cesta, onde não faltava a broa, o presunto, um belo salpicão, várias frutas, e uma garrafa de água.
Na verdade a tia tinha-se cansado durante todo o tempo que ele estivera em sua casa, para que bebesse vinho, mas Pedro sempre fora abstémio.
Abraçou as duas mulheres e saiu. Tinha pressa de viajar. Não queria correr o risco de encontrar Rita, não queria que ela o visse partir.

  Chegou a casa ao anoitecer. Abriu a porta e sentiu o peso da solidão. A primeira coisa a fazer, era telefonar à mãe e pedir para ela regressar no dia seguinte. Teria que dar uma desculpa convincente, para aquele regresso inesperado pois nessa mesma manhã, quando lhe telefonara, não dissera que tencionava regressar e ele conhecia bem a mãe. Se desconfiasse que alguma coisa não estava bem era capaz de abalar de noite a caminho de casa.
Mais tarde ligaria à tia, para que as duas mulheres dormissem descansadas. Depois das chamadas, estendeu-se em cima da cama e deixou-se dormir.


18 comentários:

✿ chica disse...

Acompanhando, gostando e esperando mais e mais...bjs, chica e linda semana!

Tintinaine disse...

Bom dia, uma boa semana e cá fico à espera do próximo episódio.

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Continuo a acompanhar e estou a gostar.
Um abraço e boa semana.
Andarilhar

Emília Pinto disse...

Ele está curado de certeza! Será que depois volta a encontrar a Rita? Acho que sim.Espero que o teu cunhado esteja melhor, Elvira. Um beijinho e tudo de bom para todos.
Emilia

Rui Espírito Santo disse...

Tenho dúvidas que esta tenha sido a atitude mais correta do Pedro !
Eu não teria agido assim ! ... Os "segredos" são relativos, especialmente quando já se tem alguém tão íntimo, numa relação de namoro !
Vejamos o resultado ! (?)

Abraço, Elvira

Duarte disse...

Isto vai muito depressa, querida amiga. Que capacidade a tua!
Como segue a saúde da família? desejamos que tudo siga pelo melhor.
Abraços de vida

Edumanes disse...

Depois duma viagem, apetece descansar, e foi isso mesmo que fez o Pedro. Deitou-se na cama e deixou-se dormir, para no dia seguinte estar apto, para enfrentar as preocupações que mais o apoquentam!

Boa noite amiga Elvira, um abraço.
Eduardo.

Mônica disse...

Elvira
Que pena, Eu entendo! Mas vai haver outras oportunidades.
Cuide de sua irmã e de seu cunhado.
Um grande abraço
com carinho MOnica

LopesCa Blog disse...

Hehehe andava atrasada li a história de seguida :)
Estou curiosa
Blog LopesCa | Facebook

Elisa Bernardo disse...

Atrasei-me Elvira, a semana passada foi um lufa lufa.
Já estou por cá, vou acompanhar tudo para trás. Beijinho
elisaumarapariganormal.blogspot.pt

Pedro Coimbra disse...

Esse sono tem algo de suspeito...
Boa semana

Os olhares da Gracinha! disse...

Será que dormiu bem?!
bj

Bell disse...

Não consegui acompanhar tudo, mas pelo pouco que li gostei.

bjokas =)

Prata da casa disse...

Espero que o nosso herói esteja mesmo a melhorar. Fico a torcer por isso. :)
Bjn
Márcia

António Querido disse...

OLÁ amiga Elvira! Passei, li, gostei e deixo o meu abraço.

Rogerio G. V. Pereira disse...

...tive de reler atrás, para não perder o fio à meada...

Smareis disse...

Conforme vou lendo já esperando o próximo capitulo. Ta muito bonito. Bem construído cada capitulo.
Bjs!

Rosemildo Sales Furtado disse...

Tenho certeza que chegará o dia em que Pedro tomará vinho para comemorar algo importante.

Abraços,

Furtado