Seguidores

7.7.22

CONVERSANDO COM O LEITOR







Bom dia amigos.
Chegou ontem ao fim mais uma história.  Como se devem ter apercebido, MEDO DE AMAR é como que a  continuação do COMEÇAR DE NOVO. Na primeira dei-vos a conhecer a história de Gonçalo, nesta segunda parte a história de Laura, a sua irmã viúva.  Espero que tenham gostado, sinceramente foi o conto que mais me custou escrever em toda a vida e várias vezes estive para o abandonar. O que mais me agrada quando escrevo um conto ou novela, é passar para quem me lê os sentimentos da personagem, e sinto que nunca consegui fazê-lo inteiramente com a Laura.

Também porque se torna difícil escrever quando a nossa cabeça está preocupada com outras coisas. Em Janeiro o meu marido feriu-se num pé. Não quis ir ao posto médico, e apesar de todos os meus cuidados a ferida não cicatrizava e cada dia estava maior. Ele é diabético.  Em Março, notei que ela apresentava sintomas de infeção e depois de me ter zangado lá consegui levá-lo ao posto médico.  A enfermeira passou-lhe um  sermão de todo o tamanho, e tratou-o com um penso que ela chamou prata e mandou voltar dois dias depois. 

Ele fez alergia ao penso , a ferida infetou e quando voltámos a enfermeira assustou-se com o aspeto e chamou o médico, que receitou duas caixas de antibiótico e mandou mudar o penso para o Inadin.  Além disso o médico mandou fazer um doppler arterial, porque disse que não sentia o bater do coração no pé.  Pensámos que ele teria que ser amputado se a infeção não cedesse. Íamos dia sim dia não, fazer o penso e uma vez por semana a enfermeira chamava a médica de família para ver a evolução da ferida. Entretanto no final de Abril, apesar de todos os nossos cuidados tivemos Covid e nos sete dias de isolamento a ferida que já estava melhor, voltou a piorar. 

 Acreditem, ainda tem uma pequenina ferida, já uma coisa minúscula, mas mesmo assim para aproveitarmos os dias que o filho e a nora estão de férias e nós mudarmos também de ares, uma vez que não temos de tomar conta da   Margarida, a enfermeira deu-nos uma guia de tratamento para irmos fazer o penso no posto de saúde de Lagos.
A juntar a isto, há quinze dias o marido começou com vertigens, e foi diagnosticado com o síndrome de Meniére, e os meus olhos estão cada vez pior.  Por tudo isto, foi muito difícil escrever esta história e nunca consegui dar à personagem o sentimento que desejava e que certamente agarraria o leitor.  Por isso vos peço desculpa.

E vos agradeço de todo o coração a presença constante no blogue apesar da  minha ausência de comentários nos vossos, muito embora quase todos os dias leia as vossas postagens. Mas como não consigo muito tempo sem dores nos olhos, se comentar, não visito mais do que meia dúzia.


NOTA.: As postagens estão programadas, estou em Lagos até ao dia 17 e lá não tenho internet.

19 comentários:

Janita disse...

Desejo muito que estes dias de descanso, respirando os ares do mar algarvio, vos tragam todo o bem-estar que tanto necessitam.

Um forte abraço.

redonda disse...

Não há nada a pedir desculpa, é tão bom poder passar por aqui e ler as histórias e gosto de todas.
Boas férias e muita, muita saúde para os dois.
um abraço grande
Gábi

ematejoca disse...

Gostei muito da conversa com a autora ✍️
A leitora assídua, embora nem sempre comente, deseja-lhe umas férias em beleza 💙

engaztop2 disse...






شركة تنظيف سجاد بالجبيل
شركة تسليك مجارى بالقطيف
شركة تسليك مجاري بالخبر
شركة تنظيف منازل بالدمام
شركة تنظيف منازل بالجبيل
شركة تنظيف سجاد بالجبيل
شركة تسليك مجاري بالقطيف
شركة تنظيف سجاد بالجبيل
شركة تسليك مجارى بالاحساء
شركة تنظيف سجاد بجدة


Pedro Coimbra disse...

Esse síndroma é um tormento desde 1996.
Ciclicamente aparece.
Stugeron Forte e desaparece tão depressa quanto aparece.
Boas férias

lis disse...

Sempre muito bom vir aqui te ver Elvira , faço com muito prazer.
Nem sempre posso acompanhar os seus contos que são admiráveis e
tu sabes o quanto aprecio.
Tranquilize-se, descanse e todos que leram certamente ,gostaram.
Bom saber que a qualquer momento posso vir aqui na sua casa atrás de boas histórias.
Saúde e abraços pra Ti nesses dias em Lagos.

Fatyly disse...

Não tens que pedir desculpa e só desejo que tudo corra bem e aproveita as férias para ambos melhorarem.
Beijos e um bom dia

Tintinaine disse...

Estamos velhos e feitos num caco, por isso não admira que as ocorrências desagradáveis sejam cada vez mais frequentes. Que se há-de fazer? É a vida!
Boa estadia no Algarve!

chica disse...

Nada a desculpar, apenas agradecer a ótima leitura proporcionada, mesmo com tantos problemas que tiveste...
Férias relaxadas e bem aproveitadas é o que desejo pra vocês! beijos, chica

noname disse...

Boas férias. Tudo a correr bem.
Beijinhos aos dois

Isa Sá disse...

Aproveitem as férias e as melhoras do marido!
Isabel Sá
Brilhos da Moda

Jaime Portela disse...

Os seus contos ou novelas são sempre muito interessantes. A sua narrativa e sempre muito boa e gere muito bem os enredos de cada história.
Muita saúde para vocês.
E bom fim de semana, amiga Elvira.
Um beijo.

António disse...

Regressei hoje de umas curtas férias.
Do coração vos desejo as melhoras.
Abraço

Fá menor disse...

Gostei muito de mais esta sua história, Maria Elvira. Costumo ler sempre que posso todos os episódios, o do dia e os anteriores não lidos, muito embora não vá deixando comentários. Mas aprecio muito a sua escrita, a sua habilidade para escrever estas novelas de que gosto sempre muito.

Desejo as vossas melhoras e que tenham umas boas férias. Há feridas, principlamente nos pés, que demoram imenso a cicatrizar, sobretudo em quem é diabético, mas há que manter o pensamento positivo.

Beijinhos e tudo de bom!

Cidália Ferreira disse...

Muito bem!
Muito nos conta... Nada de bom, mas ade melhorar e vai melhorar. Quanto ao resto. vá, descanse bastante. Desfrute com calma a fim de recarregar algumas energia que bem precisa. Muita saúde e, BOAS FÉRIAS 🌹
-
Beijos, boa tarde

Isabel disse...

Umas relaxantes e maravilhosas férias minha querida Elvira!!!
Siga o seu coração e faça o que mais lhe dá prazer.
Até sempre

paideleo disse...

Que todo vaia ben na vosa estadía en Lagos!

brancas nuvens negras disse...

Desejo que tudo corra bem. Aguardo o seu regresso, decerto virá com inspiração para mais publicações.
Um abraço.

Ailime disse...

Boa tarde Elvira,
E eu a pensar que tinha também férias do Blogue!
A Elvira é uma grande contista e claro que passou a emoção de Laura para o lado de cá!
O importante agora é que procure descansar.
Boas melhoras para si e marido.
Beijinhos e boa semana.
Ailime