25.7.07

AS PEDRAS E O RIO

O rio passa, e as pedras, por mais que rolem, vão ficando pelo caminho...
Assim, são os problemas que carregamos, por maiores que sejam, vão ficar no passado, uma hora eles se despreendem de nós, e caiem no esquecimento.
Por isso, não perca a hora do trem, nem se deixe levar pela dor.
A vida, como o rio, tem um curso a seguir, e quem não pode ficar para trás é você.
Olhe para a frente, projete seus sonhos, veja-se livre do que te incomoda.
Se a saúde lhe falta, se trate;
Se é a solidão que te incomoda, seja solidário.
Se é o desamor que te atormenta, ame mais;
Se é a traição que te ofende, perdoa;
Se é a desunião que te machuca, une;
Se é a escuridão que te entristece, seja a luz;
Se é o vazio que te deixa assim, preencha-se;
Se te falta a fé, se encontre...
Se te falta direcção, observe o rio, que humildemente se deixa levar pelo caminho, certo de que depois das pedras está o mar, ponto de chegada dos vitoriosos, dos pequenos riachos, fontes e nascentes, que compõe a grandiosa força dos oceanos.
Hoje você pode ser apenas um fio de água, mas seguindo o curso do rio da vida, deixará para trás pedras e barrancos, e se fortalecendo com a capacidade de amar, deixará de ser rio e será mar.

texto de: PAULO ROBERTO GAEFKE
Foto da nascente do rio Caldo na serra do Gerez tirada por mim

15 comentários:

rui disse...

Muito bonito o texto e a pedir uma reflexão da nossa parte. E a foto? Quem diria que esse fio de água se transforma naquele rio enorme.
Um abraço

Anónimo disse...

O meu amigo Torga, numa das conversas que teve com deus, disse que tudo lembra a inutil persistência de um rio a correr para o mar...este nunca fica doce...
Penso que não se conformava com a ideia de que fizesse o que fizesse o fim seria sempre o mesmo...
Eu compreendo bem o meu amigo pois eu sei, percebe Elvira, eu sei que nunca seremos o mar...nunca. E ainda que o Paulo Roberto tenha boa intenção a verdade tem a nossa medida. As pedras no rio são removidas com ajuda de pessoas que se fazem presentes...
E...olhe...não tenho a ousadia de afirmar que a conheço...mas se esse tal Paulo Roberto a conhecesse diria que o ruio não se deixa levar....mas que rasga caminho...que advinho ser o seu caso...e assim é que deve ser...foi um prazer visitá-la, como é sempre um prazer recebe-la...42 anos de casada...Meu Deus...Parabéns!!!
Vicente

ateneanike disse...

Me encanto el texto Elvira. Me encanto. Me gusta mucho visitar tu Blog. Besos.

mar disse...

Precioso texto ojalá todos los problemas fueran como las piedras de ese río...
Un besito.Mar

carla disse...

O texto já conhecia, embora seja sempre bom relê-lo. A foto... tantas vezes me fala do Gerês, e tantas fotos já vi, que cada vez é maior o desejo de conhecer.

Garfio disse...

Voy a intentar dejar alguna piedra río arriba. Obrigado.

José disse...

É um texto bonito; mas como anónimo diz, longe de representar a verdade... A Rosa é uma flor muito bonita, de cores variadas, adorada por todos, nas várias circuntâncias da vida... Mas também tem espinhos muito agrestes, que quando nos entram na carne, nos obriga a vela de outra forma muito diferente...

marta disse...

Obrigada pelo texto e pela reflexão que ele impõe. Parabéns, pelo texto, e pelo crescimento.
Jinhos

elvira disse...

rui: pois é quando nascem é sempre assim.

vicente:Depende daquilo que é para si o mar... e é verdade, eu gosto de ir á luta.

ateneanike:obrigada pelo seu comentário. Este cantinho está sempre á sua espera...

mar: ainda bem que gostou. E ás vezes até são, nós é que não acreditamos...

carla: pois então força... vai ver que não se arrepende.

garfio: obrigado eu pela sua visita, e pelo comentário...

jose: não estou de acordo. Não é por me picar na rosa que ela deixa de ser bela. E a propósito se me pico nos seus espinhos a culpa é da rosa ou é minha que não me precavi?...

marta: obrigada, e volte sempre

mary90 disse...

Por vezes as pedras do caminho são tão pesadas, que não é fácil afastá-las, mas a fé move montanhas.
O Gerês é das zonas mais lindas que eu já vi.
Beijocas

José disse...

verdade!As rosas nuncam deixaram de ser belas,mas também nunca deixaram os seus espinhos para tráz, ao contrário do rio que move tudo o que se apresente á sua frente, seja fraco ou gigante!A sua força não tem limites, para atingir o seu fim...
Como o texto descreve o rio como resulução de quase todos os problemas, entendi comentar que nem tudo são rosas e, que mesmo estas não venceram os seus espinhos...

elvira disse...

Mary: tem razão, mas pudemos sempre tentar não?
Bjs

josé:Penso que não é bem assim. Na verdade o rio só perde a calma, quando a mãe natureza impõe. Ou demasiada chuva, que o faz transbordar e então sim, leva tudo na frente, ou terreno acidentado que o faz andar aos saltos, Cair de grandes alturas formando as cascatas.
Bjs

Azul disse...

Decididamente,já devia ter vindo aqui há muito mais tempo.
Isto bate qualquer psicólogo,ou psiquiátra.
Muito bom para a alma, no esttado em que me encontro de momento.

Bjinhos gandes

lula disse...

É um belo texto, muito optimista e tentando ver tudo pelo lado positivo.
Infelizmente, nem todos os problemas são tão fáceis de resolver. Por exemplo, no caso da saúde, há algumas coisas que não há tratamento que lhes valha.
Mas em muitas situações, o que nos falta é exactamente esse pensamento positivo para que tudo se resolva.

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,