5.9.11

ISABEL - PARTE IX




Continua

DESEJO A TODOS UMA ÓPTIMA SEMANA. E DEIXO UM AGRADECIMENTO ESPECIAL A TODOS OS QUE USARAM ESTE ESPAÇO PARA ME FELICITAR PELO MEU ANIVERSÁRIO.
MUITO OBRIGADA


16 comentários:

Maria disse...

... "algo mais sério Isabel retraía-se e ponto final."...
Às vezes os pontos finais não deviam existir...

Um abraço.

gaivota disse...

estou atrasada na leitura do romance, minha querida elvira, de modo que voltarei um dia destes depois de ler os episódios anteriores...
obrigada por todo o carinho
beijinhos

ETERNA APAIXONADA disse...

Ainda estou lá no início também, Elvira... Mas vim lhe deixar meu carinho e desejar boa semana.
Beijos
Helô

Isamar disse...

A vida profissional da Isabel continua plena de sucesso e estabilidade mas carece de outras facetas a que, como mulher, tem direito. Ser amante, esposa, mãe, avó são prioridades na vida de muitas de nós e penso que também na de Isabel começa a sentir-se esse espaço vazio sem o qual talvez na velhice se culpabilize pela solidão a que ficamos sujeitos se em tempo devido não constituímos família. Claro que cada uma de nós tem o seu temperamento, o seu carácter, a sua personalidade bem distintas e há quem queira ser independente até ao fim dos seus dias.
Continua a desenvolver a história, amiga, segue o caminho que entendeste que o que conta é a satisfação com que lemos os teus relatos.

Beijinhos

Bem-hajas!

São disse...

Continuo afirmando convictamente que é preferível estar só do que em má companhia.

Boa semana

BRANCAMAR disse...

E neste desejo de não estar só, mas com uma brilhante vida profisional, será que Isabel vai ter tempo para se apaixonar?
Eu considero que o amor é um mistério, pode surgir ou não, ainda sou daquelas românticas que não enquadra a afectividade com programação e não me parece que seja apenas por não querer estar só que se deve procurar o amor, não me parece coisa que se procure ou force, porque isso poderá criar dependência, ou apenas uma ligação física. A própria expressão "fazer amor" é pobre, porque o amor não se faz, acontece, é uma química e quando se encontra é com toda a certeza a mais espectacular experiência de vida.

Espero que Isabel a tenha.
Beijos
Branca

Ana Martins disse...

E agora que estava toda entusiasmada, vou ter que esperar. Gostei de ler tudo seguidinho, pois assim não perco o fio à meada!

Beijinho e aguardo ansiosamente novo capitulo.

Ana Martins

BlueShell disse...

Parabéns am atraso..(tipicamente meu).
O texto...há tantas vidas assim. O problema da personagem é tão real...que até dói.
A vida profissional, a vida pessoal reduzida a um lempejo...a solidão...parece-me "reconhecer tudo isso"!
Te abraço.
BShell

BlueShell disse...

A celeridade com que me visitaste e o que revelaste me fez voltar aqui rapidamente antes de ir trabalhar: só quem passa por estes "nmedos" entende realmente a sua "profundidade". Eu agarro-me à minha Fé. Por vaezs vacilo...mas ergo-me acreditando que as "coisas" hão-de melhorar.
DESEJO DO FUNDO DO MEU SER que tudo corra pelo melhor contigo. Um abraço imenso...
(isabel)

Dulce disse...

Preferi deixar para ler todos os capítulos juntos, mas agora estou ansiosa para ler a continuação, e fico aqui imaginando que rumos tomará a vida de Isabel... Parece-me que a esperança de um novo recomeço se anuncia... Estarei errada?

Beijos e tenha um bom dia.

Pena disse...

Genial e Sublime Amiga:
Apesar de triste um texto que dava um delicioso assunto para um livro.
Escreve com perfeição, pureza e beleza notáveis. Dignas de registo.
Foi pena o Pai ter morrido quando a protogonista da narração viajou. Acima de tudo nota-se um talento fantástico e mágico na sua escrita sensível, notável e perfeita.
Parabéns sinceros. Gostei muito.
Abraço amigo de respeito, estima e consideração pelo seu valor literário de sonho.
Sempre a admirá-la

pena

É sensível e gigante do sentir.
É notaável, sublime amiga de encanto.
Bem-Haja!
A vida tem destas atitudes sem contemplações.

Lilá(s) disse...

Seja qual for o rumo da história é com satisfação com que leio estes relatos!
Bjs

Luana Zatta disse...

Parabéns pelo seu aniversário e parabéns pelo blog.
Estava visitando um blog quando vi o seu comentário, decidi então conhecer o seu espaço. Gostei muito do que li. Uma história contada de forma que prende a atenção do leitor, tanto que li toda a narração de Isabel hoje mesmo.

Aguardo ansiosamente a continuação da história.
Abraço.

BlueShell disse...

Voltei...para te desejar um BOM DIA!
BShell

Zé Povinho disse...

Vim colocar a minha leitura em dia, o que me tem sido difícil nestes últimos dias.
Abraço do Zé

Filoxera disse...

Perfeitamente verosímil e envolvente.
Fico a aguardar a continuação.
Beijinhos.