21.3.15

ESTOU CANSADA - 21 de MARÇO - DIA MUNDIAL DE POESIA



ESTOU CANSADA

Estou cansada
Das crianças que não sabem rir
Porque a fome  
Qual chibata
Vergasta sem piedade
Os seus frágeis corpos

Em construção


Estou cansada
Dos jovens sem emprego,
Nem esperança
Que partem todos os dias
Procurando o futuro
Num qualquer recanto longínquo.


Estou cansada
De tanta mulher, maltratada
Espancada
Morta,
Rosas arrancadas ao jardim da vida

Por jardineiros cruéis


Que um dia juraram amá-las.




Estou cansada
 Dos homens que não fazem amor
Os corpos demasiado cansados
A alma sepultada no medo
De naufragarem no mar 
Do desemprego.




Estou cansada
De tantos idosos esquecidos
 Abandonados
Aos dias, quase sem comida
Que sobram
Às suas magras pensões.


Estou cansada

De tanta incompetência
De tantos impostos,
De tanta mentira,

De tanta corrupção.
Estou cansada, dos ideais esquecidos
Condenados sem nenhum recurso
Nas mentes abarrotadas de ambição
Dos líderes políticos.

 Elvira Carvalho





20 comentários:

lua singular disse...

Oi Elvira,
O mundo está caminhando para o caus.
Daqui alguns anos tudo se acabará
Beijos
Lua Singular

António Querido disse...

BELO, MAGNÍFICO, BRILHANTE, se não fosse a atualidade negra que nos rodeia!
Concordo consigo 200%, depois ainda se queixam que somos um país de velhos!
Foi a cama que eles prepararam e onde "todos" somos obrigados a sofrer, quando digo todos refiro-me àqueles como eu, que já não podemos correr para as fronteiras e que vamos pagando os luxos que eles ostentam!

O meu abraço.

✿ chica disse...

Que maravilhosa poesia,Elvira! E tudo isso nos cansa mesmo de ver e saber que existe! Linda PRIMAVERA, beijos, chica

Luis Eme disse...

estamos todos cansados, Elvira.

não podemos é silenciar a nossa revolta.

Um poema pode dizer quase tudo.

abraço

Observador disse...

Excelente, Elvira.
Quanto ao cansaço ... parece-me estar a tornar-se viral.
Abraço, bom fim de semana.

Majo disse...

~
~ Grande poetiza!

~ Um brilhante homenagem a este dia!

~ Um «Dia Mundial da Poesia», irrepetível, como todos...

~ Não podemos perder a esperança e deixar-nos soçobrar.

Temos de continuar sendo um exemplo para os mais novos.
~~~~~~~~~~~~~~

~ ~ ~ Abraço amigo. ~ ~ ~
~~~~~~~~~~~~~~

lis disse...

Poema que traduz bem o sentimento do mundo que estamos vivendo.
A Paz é ilusória e a desesperança é que toma conta de nós todos ,seja onde estivermos.
Parabéns Elvira _ transitas pelas palavras,lindamente.
bom fim de semana

Majo disse...

~
~ Peço desculpa pelo lapso.

~ ~ ~ '''Uma brilhante homenagem a este dia!''' ~ ~ ~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Edumanes disse...

Há motivo para estar cansada!
com tanta canseira que há,
no mundo tanta gente explorada
sem fim à vista continuará?

Palavras são palavras,
promessas são promessas
prometem amá-las
com palavras ditas às avessas,

De pôr cobro a tanta violência,
me parece não haver vontade
por parte de sua excelência
quando abre a boca diz disparate.

Concordo sim amiga Elvira,
com tudo o que escreveu no seu poema
apesar de tantas desilusões na vida
mesmo assim, viver vale sempe a pena!

Parabéns amiga poetisa, bom fim de semana, um abraço.
Eduardo.

Laura Santos disse...

Um primoroso poema, a salientar muito bem o estado do país. A violência contra crianças e mulheres, o desemprego, a fome, a corrupção, e a falta de esperança que vemos quanto ao futuro das novas gerações.
É muito triste, mas que puder que se pire!...A minha filha já está, sozinha a tentar a sua sorte na Irlanda...:-(
O poema disse-me muito.
Bom fim de semana, Elvira.
xx

© Piedade Araújo Sol disse...

subscrevo na integra o teu poema.

muito apropriado a celebrar o dia da poesia.

beijo


:)

MARILENE disse...

Ficou muito bom o seu poema. Um desabafo comungado por muitos. É triste. Bjs.

Graça Sampaio disse...

Intenso grito de revolta, Elvira!! Muito bem!!

Subscrevo!!

Pedro Coimbra disse...

Muita gente gostaria de ter escrito este poema, de ter tido este desabafo.
Boa semana

Mariangela do Lago Vieira disse...

Oi Elvira!
Que ótima poesia repleta de verdades.
É uma pena para uma obra tão maravilhosa de Deus.
Um grande abraço Elvira, e um abençoada semana!
Mariangela

Mariangela do Lago Vieira disse...

Oi Elvira!
Que ótima poesia repleta de verdades.
É uma pena para uma obra tão maravilhosa de Deus.
Um grande abraço Elvira, e um abençoada semana!
Mariangela

Mariangela do Lago Vieira disse...

Oi Elvira!
Que ótima poesia repleta de verdades.
É uma pena para uma obra tão maravilhosa de Deus.
Um grande abraço Elvira, e um abençoada semana!
Mariangela

Marina Fligueira disse...

Creo que todos o la mayoría estamos cansado como tú, amiga.
Este mundo en en que nos toca vivir,nos está haciendo mucho daño a jóvenes y a mayores.

Gracias por esa gran protesta a la que yo me uno.

Un abrazo y buenas noces.

Marina Fligueira disse...

Quise decir buenas noches. Estoy dormidaaaa.

lua singular disse...

Oi Elvira,
Aqui estamos escolhendo até o que comer: franco e porco duas carnes mais baratas. Pode?
Você viu as manifestações aqui no Brasil?
Aqui se come para não morrer, pois mesmo a classe média tem que tomar cuidado, pois tudo muda.
Aqui não está melhor do que aí
Beijos