20.12.12

UMA HISTÓRIA DE OUTROS NATAIS


Re-edição
 foto do presépio da Santa Casa da Misericórdia do Barreiro





Aproveito para agradecer ao J. R. Viviani do blogue "Vendedor de Sonhos" que organizou o
 1º  Contos e Prosas
um evento para divulgação de autores no qual tive a honra de participar com um conto sobre violência doméstica que alguns de vós já conheceis. 
A quem quiser e puder passar por lá é só clicar aqui
 

35 comentários:

Felipa M. disse...

Também me lembro de um dia parecido com esse, há muitos anos,e de como me senti muitíssimo triste. Mas na verdade vim a descobrir que o Menino nos dá muitas coisas, só não conseguimos vê-las com os olhos, é preciso usar o coração.

Beijinho e feliz Natal

LUZ disse...

Olá, querida Elvira!

Estive a ler a sua realidade, e agora percebo tanta coisa de e em si, ou melhor, o seu caráter.
Eu sei que estas situações existiram, mas pensei que era talvez exagero de quem mas relatava. Afinal, não era.

Eu acreditei no Menino Jesus até aos 15 anos. O avõ, os pais e a Tita, formavam uma "quadrilha" e pronto. Assim, eu vivi sempre no Paraíso, como o avó dizia, onde só chegavam os anjos, como eu.

DESEJO-VOS UM NATAL VERDADEIRO, COM SAÚDE E PAZ E QUE O PRÓXIMO ANO SEJA BOM PARA TODOS, MAS SOBRETUDO PARA QUEM MENOS TEM.

Beijinhos para todos e um, em especial, para a Nita.

Luis Eme disse...

BOAS FESTAS, Elvira,

grato por mais uma das tuas histórias de vida.

abraço

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Que história deliciosa, tão verdadeira! Era isso mesmo, que acontecia...As crianças espertas, logo descobriam a verdade.

Vim trazer o meu abraço, Elvira, desejando um lindo e Santo Natal!

Mariangela disse...

Oi Elvira que linda sua história, você foi ricamente presenteada pelo Menino Jesus com esses pais maravilhosos e atenciosos.
Um verdadeiro presente do céu!
Eu também agradeço a Deus pelos meus,
pois me presentearam com seus afetos!
Beijos e um Feliz Natal cheio de Paz e Alegrias e um Ano Novo repleto de bençãos!
Mariangela

Paulo Cesar PC disse...

O Natal tem histórias, fatos e situações que muito nos encantam, emocionam e também entristece-nos. Minha querida Elvira; tenha um feliz Natal. Muita paz e muita luz para você e familiares.

Vitor Chuva disse...

Olá, Elvira!

Situação difícil de imaginar para esta criançada de agora - pobres e ricos - nascida neste reino da "abundância", que O Natal fosse então coisa tão singela.Hoje parece que só o muito traz a felicidade; o que está muito longe de ser verdade, para além de ser um enorme desperdício...

E despeço-me com os votos de FELIZ NATAL, com saúde e alegria, na companhia daqueles de quem mais gota.

Com um abraço amigo.
Vitor

rosa-branca disse...

Amiga Elvira, adorei a sua história de vida e tive pena que fosse tão curiosa, pois não ficava decepcionada tão cedo. Acho que deve ser bom viver no paraíso como diz a amiga Luz. Feliz Natal minha amiga, com muita saúde, paz e muito amor. Beijos com carinho

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Era assim também comigo, Elvira...só já criança bem grande comecei a ter uns rebuçadinhos nos tamancos. Outros tempos...Um Feliz Natal, minha amiga e muito obrigada por todo o carinho. Que sejas muito feliz agora e sempre. Um beijinho muito especial.
Emília

Nilson Barcelli disse...

Todos tivemos um choque quando nos apercebemos que o menino Jesus não punha nada no sapatinho...

Elvira, querida amiga, tem um bom fim de semana e um Bom Natal, extensivo aos que te são mais queridos.

Beijo.

vendedor de ilusão disse...

Olá Elvira, bom dia!
Venho, com muita satisfação, lhe comunicar que foi feita hoje a postagem da sua apresentação no 1º Contos e Prosas. Espero que lhe seja do agrado.
Um abraço e até mais!

vendedor de ilusão disse...

Olá Elvira, bom dia!
Venho, com muita satisfação, lhe comunicar que foi feita hoje a postagem da sua apresentação no 1º Contos e Prosas. Espero que lhe seja do agrado.
Um abraço e até mais!

. intemporal . disse...

.

.

. o natal . em toda a sua dimensão . mas também . na posse de uma verdade que vai ficando por se dizer . até um dia . :) .

.

.

. sopro.Lhe votos de festas felizes .

.

. e desejo.Lhe um ano de dois mil e treze repleto de concretizações .

.

. criativas e felizes .

.

. um beijo meu .

.

.

Sofá Amarelo disse...

Desejando muito BOAS FESTAS e deixando um grande obrigado e um grande beijinhoooo :o)

esteban lob disse...

En esta amena conexión inter-idiomática, espero Elvira lo mejor para ti y tu familia por Navidad y Año Nuevo.
Esta amistad cibernètica entre Portugal y Chile, reconforta.

Un abrazo.

Duarte disse...

Sinto-me identificado. Eram os Natais de outrora. Bons tempos aqueles!...

AS CORES DO NATAL

É Natal!
Dita-o a natureza.
O verde converteu-se em ouro.
Folhagem dourada pelo tempo
Enche o caminho de ocres.
São lágrimas caídas do céu
Enchendo-nos de riquezas,
Naturais como elas mesmas.
Provocando emoções
Que o meu coração encolhe...

Bom Natal e um grande abraço

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia minha querida amiga toda iluminada.
Iluminada sempre
nas palavras que leva até meu blog,
com carinho sem igual.
Sempre leio suas mensagens
com muita, muita atenção
pois tudo o que escreve
desperta em mim emoção.
Você é um amiga preciosa
que cuidadosamente vou reter
do lado esquerdo do peito
para jamais o perder.
Neste momento especial
quero também desejar
saúde paz e amor
para sua vida encantar.
Que as festas natalinas tenha te feito mais iluminada ...
bjs com o sabor de restinho de festa !!!!!!!

Socorro Melo disse...

Olá, Elvira!

Penso que quase toda criança pobre já passou por uma experiência semelhante. Mas, como você bem disse no final do seu texto, é um alívio saber que não são tratadas por Deus, pelo Menino Jesus, de forma diferenciada.
Que as luzes do Natal do Senhor, nos guie nesta vida e nos conduza a um novo ano, cheio de paz e de realizações.
Obrigada pela visita lá no Seguindo Minhas Pegadas, e por suas carinhosas felicitações.

Grande abraço
Socorro Melo

Lu Nogfer disse...

Querida

Venho lhe dar os parabens pela belisima participaçao no Contos e Prosas!

Que o seu natal tenha sido lindo.
Feliz ano novo!

Abraços

lis disse...

Oi Elvira
Sempre penso que não cheguei atrasada aos encontros ,porque há sempre o que dizer e o que agradar quando chegamos de coração rs
Sua história é comum a muita gente embora haja tantos outros iguais a dos filhos do 'Capitão',
E soubemos seguir honrando os nossos pais que depositava ali nos 'tamanquitos' todo um coração adocicado,
Elvira, que o Natal se prolongue em nós e que 2013 chegue com esse espírito das coisas simples e verdadeiras,
grande abraço amiga
e obrigada pela companhia e cumplicidade

Lúcia disse...

Vim trazer-lhe o meu desejo de m Ano Novo muito feliz, com muitas realizações, junto à sua família.

Um afetuoso abraço,
da Lúcia

FireHead disse...

As prendas que o Menino Jesus nos traz, em forma de promessas que o adulto Jesus mais tarde e constantemente nos faz, são muito mais do que a nossa compreensão alguma vez conseguirá alcançar. Não se trata de prendas que satisfazem as crianças no tempo de forma efémera, mas sim um presente que será de felicidade eterna.

Hoje em dia substituiu-se o Menino Jesus, cada vez mais, pelo Pai Natal, que ironicamente é uma figura baseada no bispo São Nicolau. Hoje em dia é ao Pai Natal que os putos escrevem as suas cartas, acreditando inocentemente na sua existência, que ele numa única noite e, em espaço de microssegundos, consegue distribuir prendas as todos os meninos enquanto estes dormem. O Natal de hoje tem um conceito desvirtuado, conquistado pelo consumismo selvagem, e já só é apenas um pretexto para a reunião familiar, ou para que as pessoas se lembrem do amor que existe fora delas, como que se noutras alturas do ano não precisássemos de querer saber dos outros para nada.

Depois de ler o que você escreveu, até fiquei com uma pontinha de inveja. Porque, no meio da pobreza e da simplicidade, vivia-se o Natal de verdade, no seio familiar. Hoje em dia com as modernas tecnologias, as pessoas podem estar e não estar ao mesmo tempo num determinado lugar e com outras pessoas. A TV já é vista como um destruidor da harmonia de um lar, substituindo as conversas em família. À mesa já ninguém conversa com ninguém - para quê, se se pode trocar rápidos SMS por telemóvel?

Infelizmente os meus Natais já não são mais os Natais sonhados quando eu era mais novo. Já não é possível reunir os meus familiares por baixo do mesmo tecto. O sentido natalício foi-se, já não volta mais. Mas eu e mais uns poucos membros da minha família ainda resistimos com a tradição. Porque, como disse Jesus, bastam dois ou três reunidos em nome Dele para Ele se fazer presente. E só por Ele e com Ele é que se vive verdadeiramente o Natal tal como se vive verdadeiramente a vida.

Espero que o seu Natal tenha sido maravilhoso.

José Lopes disse...

Passado o Natal que espero tenha sido bom, aqui ficam os desejos de Feliz Ano de 2013.
Cumps

Petrus Monte Real disse...

Elvira,

Espero que tenha passado um Bom Natal.
O realismo da sua descrição
toca-nos fundo!
É muito duro sentir, como sentiu, a discriminação social.
Imagino a revolta...
Só uma grande lutadora consegue!

Faço votos de um ano novo
que nos permita alimentar o Sonho e a Esperança
num futuro melhor!

Um grande abraço de amizade.

BlueShell disse...

Deu-me uma vontade imnesa de chorar, Elvira....

só deixo um beijo hoje....

Francisco Germano Vieira disse...

Um feliz ano de 2013 principalmente com muita saúde para si e família.

Abraço

FireHead disse...

Espero que você e os seus entrem com o pé direito no ano dois mil e "treuze". :)

manuela barroso disse...

Uma história que me emocionou Elvira!
Mas agora quero desejar um NOVO ANO com SAÚDE E PAZ!
E sejamos felizes!
Grande abraço

esteban lob disse...

Impactante historia, Elvira.


Te mando 2013 deseos de felicidades.

Tite disse...

Elvirainha linda,

Já conhecia, mais o menos, o teu Natal da grande deceção. No entanto, fico sempre curiosa por ler os teus contos que me fazem lembrar a minha infância que não foi lá muito abastada mas deu para o suficiente. Dava sempre para umas roupas, essenciais diga-se, e um brinquedo que poupava ao ponto de ser usado mais tarde pela minha Mãe para presentear uma sobrinha lá do Norte. Outros tempos...

Aproveito desde já para te desejar um Novo Ano cheio de realizações em especial para os filhos pois deles é o futuro e quando eles estão bem nós ficamos ainda melhor.

Abraços

MARILENE disse...

O Natal se foi, mas não a nossa oportunidade de alimentar a fraternidade e o amor, doando-nos a quem precisa de afeto, carente de tantas coisas na vida.
Sua participação foi bastante significativa e bela.
Desejo-lhe um 2013 de muitos momentos felizes, de luz para vencer eventuais adversidades, de paz, união e amor. Bjs.

as-nunes disse...

Querida amiga Elvira

Vejo que a atividade intelectual não descansa por aí.

É bom, por si e por todos os que partilham o seu espírito refletido no que aqui nos vai mostrando...

Boas Festas. Um Ano de 2013 tão bom quanto desejar...se possível,

António

Mariazita disse...

Meus votos para 2013:

"Que tenhas felicidade bastante para que possas suportar os momentos tristes; dificuldades para que venças e te fortaleçam a cada luta; sonhos para que busques a cada dia um novo objectivo; amor que te aqueça a alma; e esperança, sempre, para que não te falte o desejo de viver cada dia melhor, todos os dias.
O que a vida quer de nós é simplesmente coragem!"

FELIZ ANO NOVO!!!

Lídia disse...

PARABÉNS ELVIRA!!!

PELO QUE ESCREVE, PELO SEU CONTO!!!

DEIXO 1 BEIJO E DESEJOS DE UM ANO NOVO CHEIO DE LUZ E AMOR!!!

LÍDIA

Kim disse...

A minha infância foi exactamente como esta. Afinal somos do mesmo tempo e das mesmas vicissitudes. Mas nem por isso deixo de ter saudades.
Amiga Elvira, aqui deixo votos dum ano bem melhor que aquele que vem sendo anunciado.