8.9.09

CANSAÇO

foto de Arias Rizo



56 comentários:

Maria disse...

Se tantos de nós estamos cansados do que dizes, porque raio não vamos 'mudar a coisa', agora que temos eleições à porta?????

Um abraço, Elvira

Ângela Coelho disse...

Será que este poema foi escrito para o Brasil ou para Portugal? Ou para os dois?
Beijos no teu coração.

Menina do Rio disse...

Elvira, acho que todos nós estamos cansados. Cansados dos descasos, da hipocrisia, dos desmandes e de ver tanta coisa errada. E nada muda!
Fica com um beijo de boa semana, querida

mjf disse...

Olá!
Infelizmente...actual...

Beijocas

Georgia disse...

É Elvira, chega um ponto que vamos nos cansando. O mundo tá cansado de guerra.

Olha, "pernas de saracura" é uma expressao que usamos no Brasil para dizer que as pernas sao fininhas demais, de tao magrinha, rs.

Lindo o fundo musical.

Recebeu meu email?

Bjus

gaivota disse...

também, tão cansada de tudo isso...
vou de férias! preciso de férias...
o resto?!?!?!
é tudo igual, elvira...
beijinhos

PreDatado disse...

Pode não ser de agora mas que é muito actual isso é.

FGV disse...

Completamente actual.

Abraço

elvira carvalho disse...

Maria
Acredita que já me tenho perguntado a mesma coisa?
Eu faço a minha parte.
Um abraço

Ângela
É verdade amiga podia ter sido escrito para o Brasil, mas foi para Portugal. Na verdade as nossas histórias são muito semelhantes. Com a diferença que os nossos políticos se desculpam com o facto de sermos um país pequeno sem riquezas de subsolo.
Os vossos não têm essa desculpa.
Um abraço


Menina do Rio:
Tem razão, andamos tão cansados, que nem temos força para dar um murro na mesa e dizer basta...
Um abraço


mjf:
É não é? E pensar que o publiquei a 1ª vez no "O Despertar de Meirinhas" a 25 de Fevereiro de 1976.
Um abraço

elvira carvalho disse...

Geórgia:
Pensei que era isso mas não tinha certeza. Aqui se chamava no meu tempo "pernas de canivete".
Recebi o seu email e já lhe respondi.
Um abraço


Gaivota:
Andamos todos cansados. Mas será que é culpa dos políticos que temos, ou de nós que os elegemos?
Um abraço e boas férias

PreDatado:
Como disse atrás foi publicado a primeira vez há 33 anos.
Um abraço.

FGV:
Esse é o nosso mal.
Um abraço

Georgia disse...

Elvira, seu avatar no perfil tá muito giro, rs.

Bjus

Zé Povinho disse...

Somos muitos os qque estamos cansados e desiludidos com o rumo deste país nos anos mais recentes. O que vai mudar? Receio que muito pouco ou nada enquanto estes partidos estiverem por cá e os seus membros continuem a perpetuar a sua presença.
O meu voto nãi vai para eles, e espero que muitos outros também lhos neguem, só assim teremos hipóteses de renovação.
Abraço do Zé

Luma disse...

Ah, Elvira! Estamos todos cansados e agora mais ainda, porque antes os políticos não faziam tanto às claras e bem ou mal o povo se iludia. Agora estão com evidente falta de vergonha na cara! Boa semana! Beijus

Pitanga Doce disse...

No ano que vem as Eleições serão aqui! E a situação é igual ou pior. Não há em quem votar!

boa tarde Elvira

Léo Metallica disse...

De quem é a autoria?

Bom... Isso é no mundo todo. Estou tão de saco cheio que atualmente a política me deixa rabujento. Digamos que eu estou atento nos meus candidatos e dou o meu voto correto. Mais desistí de tentar convencer as pessoas de fazer o mesmo.

Direto do Rio.
Beijos.

São disse...

Se me der esse gosto, assino por baixo e consigo este poema estupendo, que já conhecia.

Um abraço bem grande.

lula disse...

Eu tb estou tão cansada que só me apetece ir de férias...
E ainda agora recomecei a trabalhar.Eheheh!

tulipa disse...

Cansaço é o que sinto!
um abraço
tulipa

elvira carvalho disse...

Zé Povinho:
O que me pergunto é se no dia das eleições vai mesmo aparecer nas urnas o nosso descontentamento.
Um abraço

Luma:
Pois é amiga parece que navegamos no mesmo barco de descontentamento.
Um abraço

Pitanga Doce:
E aqui temos, amiga?
Um abraço

Leo Metallica:
A autoria é minha amigo, já lhe respondi no seu blogue.
Tem razão os políticos andam-nos fazendo azia...
Um abraço

elvira carvalho disse...

São:
Claro que o conhece. O trágico é que foi publicado a primeira vez em 76. Há 33 anos. E o que mudou de lá para cá?
Um abraço

Lula:
Isso é que é trabalhar...
amanhã falamos


Tulipa:
Mais uma...
Um abraço

abueloscrisytoño disse...

Un poema precioso. Mucho me temo que como las cosas sigan así tenemos poema para rato.
A.Cris

amigona avó e a neta princesa disse...

Minha querida Elvira se nós quisermos isto muda! Beijos amiga...

esteban lob disse...

Hola Elvira:

Acá también se acercan elecciones. Comprendo plenamente la intensidad de tus sentimientos.

Cariños.

Dulce disse...

Acho que estamos tudos cansados, minha amiga. Acrescente-se "estou cansado da apatia e da indiferença daqueles que nada fazem para mudar, nem mesmo usam seu voto consciente".
Será que não sabem o poder que sustem nas mãos na hora do voto?

beijos

Carlos Albuquerque disse...

Olá, Elvira!
Não conhecia o poema. Fez bem em publicá-lo de novo. E, se permite, acrescento: estamos cansados!
Mas, como diz Maria, lá em cima, porque raio não vamos "mudar a coisa"?
Um abraço

Agulheta disse...

Elvira! Cansados,sim minha amiga,mas pode crer nada muda,as pessoas são como o vento,uns dias vem do sul outras do norte...é o que é.
Abraço amigo.
Lisa

Fernanda disse...

Amiga Elvira,

Cansados, desanimados e frustados, acho que estamos todos um pouco assim.
Se não algo recente parece, mais actual não podia ser.

beijos

LopesCa disse...

Também estou cansada... vou nanar
Fica bem ;)

paideleo disse...

Coincido na túa opinión verquida neste poema-protesta.

A foto gústame ( xa saiu no meu blogo ).

E quero darche uns parabéns muito tardíos que non estiven conectado estes días pasados.

José Pinto disse...

O poema reflecte a "balda" dos dias de hoje. Quando se perdem os valores da família, do espírito comunitário, da honra e do cumprimento da palavra dada, o mundo dá nisto. É um poema assustador, mas realista!

Dualidades disse...

Vem mesmo a propósito e é bem dedicado às eleições que aí vêm.

elvira carvalho disse...

abueloscrisytoño:

E minha amiga, este poema tem 33 anos. E o que me apavora é que por este andar daqui podem passar mais 33 anos, que ele continua actual.
Um abraço


amigona avó e neta princesa:
Eu quero amiga, mas quantos vão aparecer nas urnas a mostrar essa vontade? Temo que a abstenção dispare...
Um abraço

esteban lob:
Pois é amigo. Nós povos latinos afinamos quase todos pelo mesmo diapasão.
Um abraço


Dulce:
Tem razão amiga. Aqui as pessoas protestam todos os dias, mas se preciso for no dia das eleições nem lá põem os pés.
Um abraço

elvira carvalho disse...

Carlos Albuquerque:
Mas porque raio não vamos mudar a coisa.
Porque a maioria dos portugueses, andam no "deixa andar". Clamam, clamam, mas quando chega a hora, vão dar uma volta, vão à praia, ou simplesmente ficam em casa a preguiçar, pensando: "Estou-me a chatear para quê? O que é que o meu voto pode mudar?"
E nesta coisa de eleições a maioria é que ganha. Se a abstenção fosse um partido político, já tínhamos vencedor.
Um abraço

alcinda leal disse...

É isso mesmo: porque raio não vamos mudar a coisa, se estamos todos cansados?
E mesmo indignados!
Era excelente se desta vez não fosse a abstenção a vencedora, mas tenho dúvidas...
Vamos ser optimistas e acreditar que o seu belo poema perde a actualidade que manteve nos últimos 33 anos...
Muitos beijinhos cheios de esperança
Alcinda

elvira carvalho disse...

Agulheta:
Exactamente o que penso.
Um abraço


Fernanda:
Não amiga. Não é recente. Como já disse este poema foi publicado a 1ª vez há 33 anos.
Um abraço


LopesCa:
Bons sonhos.
Um abraço


paideleo:
Pois parece que este cansaço é geral.
Obrigada pelos parabéns.
Um abraço


José Pinto:
Absolutamente de acordo.
Um abraço


Dualidades:
Obrigada.
Um abraço

Susana disse...

Amiga! Nem tud é mau!

Finalmente já sairam os resultados da blogagem de Agosto. Quando puderes passa lá. Tenho lá uma surpresa que gostaria de fazer em conjunto contigo ao nosso amigo João Celorico.
Bjs Susana

Luma disse...

Bom fim de semana!! Beijus

FOTOS-SUSY disse...

OLA ELVIRA, BELISSIMO POEMA... ADOREI !!!
VOTOS DE UM FELIZ FIM DE SEMANA...
BEIJOS DE CARINHO,

SUSY

Claudia Madureira disse...

Olá Elvira,

Li e gostei.

Bom fim de semana.

Beijinhos

citadinokane disse...

Amiga Elvira,
Cansados também estamos com as promessas esquecidas...
Mesmo atrasado fica o abraço fraterno pelo aniversário, ok?!

Pedro

Sofá Amarelo disse...

Este cansaço, infelizmente, nunca desaparecerá...

Muitos beijinhos! Bom Domingo!!!

Nilson Barcelli disse...

Estamos todos cansados.
Entretanto, os que não têm tempo de se cansar, porque trabalham, também estão cansados de pagar impostos para quem se reforma mais cedo indevidamente, para quem gere mal o dinheiro que lhe levam, e também de pagar mais do que deviam porque há quem se canse de pagar impostos e deixa de os pagar na totalidade (profissões liberais, por exemplo).
Portanto, vamos todos continuar cansados pelo menos durante mais uma décadas, a menos que mudemos de atitude. Mas como neste país ninguém gosta de mudar...

Querida amiga, o teu poema é fabuloso. Parabéns.
Um beijo.

Chousa da Alcandra disse...

Pois non te canses nunca de escribir, Elvira!

Beijos dende este lado da raia

elvira carvalho disse...

Alcinda Leal:
Quisera ter o seu optimismo amiga.
Um abraço

Susana:
Já passei. Ali ao lado está o link
para o vencedor. E Parabéns pela surpresa para o João.
Um abraço

Luma:
Agradeço e retribuo.
Um abraço

FOTOS-SUSY:
Seja bem vinda a este espaço.
Bom que gostou.
Bom fim de semana para si também.
Um abraço

elvira carvalho disse...

Cláudia Madureira:
Ainda bem que gostou.
Espero e desejo que a amiga esteja bem.
Um abraço

citadinokane:
É amigo promessas em tempo de eleições, são histórias para bebé dormir.
E obrigada pelos parabéns.
Um abraço

Sofá Amarelo:
Quando eu tinha 20 anos, eu acreditava que podia mudar o mundo. Hoje já desisti de acreditar.
Um abraço

Goldfinger disse...

Olá Elvira

Desejo-lhe um bom domingo. É sempre repousante vir até aqui e ouvir Patxi. Espero que estejam todos bem.

Abraços meus e de minha mulher.

António

De Amor e de Terra disse...

Olá Elvira, boa noite Amiga.
Fantástico Poema este teu!Ainda bem que decidiste voltar a publicá-lo; eu não o conhecia e VALE BEM A PENA dá-lo a conhecer.
Triste realidade, é certo, mas há que continuar a dar a conhecer, a lembrar e relembrar.
Parabéns Amiga!

Um abraço do Azul que nos falta.

Maria Mamede

Celia disse...

Querida, passei pra desejar a vc uma ótima semana. Bj

elvira disse...

Nilson Barcelli:
Engraçado que estava a ler o seu comentário e parecia que me estava a ouvir a mim própria.
Um dia há mais de três décadas um punhado de homens sonhou e tentou mudar. Cabe-nos a nós continuar.
Um abraço


Chousa de Alcandra:
Enquanto houver liberdade de expressão não me cansarei.
Um abraço

elvira disse...

Goldfinger:
Boa noite António. Que bom vê-lo por aqui.
Abraços retribuídos.



De Amor e de Terra:
Obrigada amiga. As suas palavras deixaram-me muito feliz.
Um abraço e obrigada pela visita.


Célia:
Óptima semana para si também amiga.
Um abraço

Linda disse...

Elvira,
Pelo poema que diz ser antigo, dá para ver que isto não andou para frente, estagnou e como tal passa a ser do mais actual que há!
Será que que algum dia o vamos ler e dizer que tudo mudou?
Bjs

Carlos Albuquerque disse...

Olá, Elvira!
Volto para lhe dizer o que penso:
Sou cidadão de liberdade conquistada, voto! Não alinho no abstencionismo, no voto nulo ou em branco. Explico: tenho os abstencionistas como preguiçosos (não chamo outro adjectivo, chega este!), perdoem-me os que o são e possam, eventualmente, estar a ler o que aqui escrevo. O termo não tem qualquer intuito ofensivo, resulta, apenas, do meu modo de ver, muito terra-a-terra, admito; os que anulam o voto rabiscando-o, ou de outra forma qualquer, bom, esses eu julgo que se poderiam oferecer para pica-beatas nos praias do Algarve, ou nas da Costa Vicentina, por exemplo, sempre se tornavam úteis; o voto em branco, bem, tenho lido muitas teorias considerando-o um voto de protesto e etc, etc. Protesto contra quê? Contra todas as forças políticas que concorrem a eleições? Admitamos, por absurdo, que 90% dos eleitores portugueses votava em branco. O que aconteceria? Provavelmente o mundo interrogar-se-ia: que gente é aquela? Deitem-na fora!
Hoje almocei numa roda familiar. A meu lado uma jovem de 21 anos, recém-licenciada. Conversa puxa conversa, falámos de política, perguntei-lhe se ia votar. Vou pois, respondeu-me. E os teus amigos? Todos eles, ai de algum que se dê à preguiça!
"Não há machado que corte a raiz ao pensamento". Não há cansaço que me desanime.
Elvira, uma dia vamos mesmo "mudar a coisa".
Um bj e um abraço

Isamar disse...

O poema não é actual mas o seu conteúdo continua a sê-lo. Infelizmente pouco mudou em trinta e cinco anos de Democracia. Vamos votar, vamos mudar que a nossa arma é o voto. E durante tanto tempo não o pudemos fazer!

Beijinhos

Bem-hajas, Poeta!

Zé do Cão disse...

Elvira. Cansado, que é isso de cansaço. A vida é bela. É o humano que dá cabo dela.
Estamos em época de eleições, vamos ter finalmente o céu e a terra e até os arredores estão embandeirados em arco. Que boa gente, que figurões nos dão todo agora, para que votemos neles, para lhes arranjar a vida até à eternidade. E depois do dia D, continuamos agarrados à bengalita, pedindo na porta da igreja, local que alguns dele frequentam e que fingem não nos ver quando estendemos a mão.
Deixei resposta ao seu comentário no concurso das vindimas e vinho.
bj.

Heloisa disse...

Estou cansada também, amiga... e bastante assustada porque as coisas pioram. As eleições vêm aí e podemos tentar fazer alguma coisa pra mudar isso, mas os políticos parecem tão iguais! Tô pessimista, né? Aqui no Brasil a história é antiga...

Beijos e muita saúde pra você.
Ah, muito fofo de sua parte oferecer-me o livro. Você é muito querida.
Um grande beijo.

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,