26.5.07

RECORDAÇÕES

Quantas vezes
saltámos á corda
no pátio da escola.
Quantas vezes
bailámos em roda.
Quantas vezes
brincámos
de esconde-esconde
no pátio da escola.

Ah! quem pudesse
nesses tempos
distinguir o sonho
da realidade
do futuro.
Das recordações
quem nos vai livrar?

Não ousem despertar-nos
quando o sonho
nos enche a mente desperta.