1.6.15

MAIS UMA


 
Mais uma participação numa antologia de poesia. Na página 295.
Por favor  cliquem na imagem para ampliar e lerem o poema.


 COM AS MINHAS PALAVRAS


Com as minhas palavras invento o Sonho
terá alma o Sonho?
Saberá dos milhares de crianças chorando
a fome
revoltados
pelo vento que arranca impiedoso
os frutos ainda verdes?

Com as minhas palavras invento a Vida
terá alma a Vida?
Saberá do silêncio dos que nascem
vivem
e morrem
no desespero da solidão?

Com as minhas palavras invento a Liberdade
terá alma a liberdade?
Saberá dos milhares de homens vivendo
dia após dia
hora após hora
a esmagar a raiva que martelam na memória?

Com as minhas palavras invento o Amor
Terá alma o amor?
saberá da indiferença dos que dormem
lado a lado
frustrados
na rotina agonizante do dia-a-dia.

Elvira Carvalho


Porque me dizem que é difícil ler na imagem eis aqui o poema.

19 comentários:

✿ chica disse...

Como sempre, bela poesia! Linda participação! Ótimo JUNHO! bjs, chica

Edumanes disse...

Vejo as letras miudinhas,
o poema, não consigo ler
com estas lunetas minhas
verdades estou a dizer!

Haverá outras oportunidades,
para outros poemas seus ler
enquanto houver amizades
e a gente no mundo permanecer!

Tenha uma boa noite amiga Elvira, um abraço.
Eduardo.

lua singular disse...

Oi Elvira
Desculpa, nem de óculos consigo ler: Deu-me trombose na retina, manda por e-mail pra mim. Tem e-mail no blog.
Beijos

Edumanes disse...

Obrigado amiga Elvira,
já li o seu belo poema
com as suas palavras inventou a vida
acho que bem valeu a pena!

Primeiro inventou sonho,
inventou a solidão,
que o futuro seja risonho
inventou a liberdade, que não seja ilusão,

Também inventou o amor,
e meia dúzia de pontos de interrogação??????

Muita saúde, paz e tudo mais de bom na vida...Boa noite amiga Elvira.

lis disse...

Muito linda a poesia e bem merecida estar figurando entre as páginas da Antologia ,Elvira
parabéns
Pudéssemos inventar e ve-los materializar .
abraços

Mariavaicomasoutras disse...

Elvira,

Apreciei sobremaneira
a tua esclarecida poesia...
Fiquei a pensar
se alguma dúvida em ti existiria!
Da presença de alma
nos componentes da vida!
Queres que te diga
de forma sentida o que me vai na alma?
Tudo tem alma...a nossa!
A alma que lhe quisermos e pudermos colocar!
Por mais que alguns impeçam
é este nosso acreditar...
No SONHO, na VIDA, na LIBERDADE e no AMOR
A nossa alma irá lá estar!
E pelos tempos consolidar!
Porque nessas particularidades
a ALMA
Se irá perpetuar!!!

Abraço

Bell disse...

O amor na sua essência é lindo, mas qdo confunde com paixão que é momentânea e egoísta ele perde o sentido.

bjokas =)

António Querido disse...

O poeta saberá responder a todas as perguntas!
Se no final fizer uma retrospectiva dos seus passos
Cada um encontrará respostas diferentes, mas verdadeiras!
Como o meu fraterno abraço

MARILENE disse...

Com palavras tudo se cria, o sonho, a vida, a liberdade, o amor... mas nada se conserta nos equivocados e tristes caminhos que permeiam cada um.
Muito bela sua poesia! Bjs.

Pedro Coimbra disse...

Parabéns.
Pela participação na colectânea, pelo belíssimo poema.

Ana S. disse...

Muito bom!
Com as palavras dizemos o que vai no coração :)
Abraço

Poções de Arte disse...

Bom dia, Elvira!
Vim deixar meu carinho aqui nessa postagem também.
Já te parabenizei no outro bloguinho, mas tive que passar por aqui.
Abração e ótimo dia.

Mariangela do Lago Vieira disse...

Oi Elvira, bom dia!
Parabéns pela ótima participação.
Teu poema é lindo, e de verdadeiras palavras.
Um grande abraço,
Mariangela

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, seu poema é maravilhoso, nele consegue transmitir o que vai dentro da sua lama.
AG

Andre Mansim disse...

Oi Elvirinha voltei.
Ainda bem que voltei a tempo de ler um poema tão belo e inspirado.
Parabéns minha amiga. VC sabe escrever lindamente.

Andre Mansim disse...

Oi Elvirinha voltei.
Ainda bem que voltei a tempo de ler um poema tão belo e inspirado.
Parabéns minha amiga. VC sabe escrever lindamente.

Andre Mansim disse...

Oi Elvirinha voltei.
Ainda bem que voltei a tempo de ler um poema tão belo e inspirado.
Parabéns minha amiga. VC sabe escrever lindamente.

Luma Rosa disse...

Oi, Elvira!
Parabéns por mais essa antologia!
Terá alma a poesia?
A alma está em quem carrega sua beleza e mais alma tem o poeta que faz da poesia música para a sua alma.
:)
Beijus,

Donetzka Cercck Lavrak Alvarez disse...

Que pérola de poema,querida amiga Elvira.

Magistral,magnífico!

Muito bom retornar a seu espaço e me deliciar aqui.

Obrigada por fazer parte da plêiade de verdadeiras amigas que me acompanham há tantos anos com carinho e abrilhantando meu espaço com suas visitas. Meu blog fez 2 anos porque tenho amigas como você,querida.

Deus a abençoe sempre,pois foi um dos elos da corrente de orações que fizeram meu marido se recuperar das cirurgias,graças a Deus.

Beijos e uma linda semana de paz profunda

Donetzka
Blog Magia de Donetzka