6.5.08

DESILUSÃO

Quando eu tinha vinte anos
queria construir,
um mundo melhor
com as minhas próprias mãos.

Queria acabar com a miséria
abraçar a Felicidade.

Queria acabar com a guerra
e abraçar a Paz.

Queria estrangular a hipócrisia
e abraçar a Verdade.

Quando eu tinha vinte anos
tinha o futuro cheio de sonhos
e de projectos.

Agora que tenho sessenta
tenho as mãos estragadas
de tanta luta inglória.
Tenho os ombros curvados
do peso das desilusões.
Os olhos sem brilho
de tanta lágrima derramada.
O futuro cheio de pesadelos
e interrogações.

E o mundo continua a girar
Cheio de fome
guerras
drogas
hipócrisia.
...E infeliz...

elvira carvalho

Amigos, aqui ao lado está o selo do Sexta, para comemorar o 1º aniversário. Ao Oscar, devo esta gentileza - obrigada Oscar -. Quem quiser levá-lo esteja à vontade.

51 comentários:

tulipa disse...

PARABÉNS é a palavra de ordem neste mês de Maio, por aqui.
Aniversário de nascimento chegará dia 12, certo? Aniversário do blog.
Enfim, tantos acontecimentos bons que merecem uma flor.

Não era um ramo de flores
Era um jardim pleno de sabores
Feito de espaços e abraços
De cores e de calores
De vermelhos como os amores....

É isso, estamos na Primavera!!!
Adoro flores e jardins cheios de cores.

Boa semana. Beijo.

Pitanga Doce disse...

ANIVERSÁRIO DO SEXTA-FEIRA?? UM BRINDE A TI E A TODOS OS TEUS AMIGOS. ESTAREMOS SEMPRE JUNTOS!

BEIJOS, ELVIRA.

PITANGA DOCE

Brancamar disse...

Elvira,
Este poema é tristemente lindo amiga.
Na verdade a vida às vezes é assim, mas as flores que tem aqui abaixo e os aniversários que festejou também nos dizem que é feita de esperança.
As notícias nacionais e internacionais também não nos auguram grande coisa, mas mesmo aí há que manter a luta e a esperança. Hoje a Engenharia Alimentar já se atreve a reproduzir muitas vezes o que precisamos, pena é que como se afirmava hoje na televisão mesmo que os preços baixem de novo nunca será tanto como poderiam porque os especuladores sacrificam sempre o zé povinho.
Elvira este poema é um desabafo muito real, mas é preciso encontrar a ponte entre o desespero e a esperança, temos que inventar amiga, sabe bem que sim, a menina que é uma mulher cheia de força, sabe bem que é ao sonho que vamos buscá-la.
Beijinhos

Maria disse...

Querida Elvira

Tive os mesmo sonhos que tu tiveste. Tive o futuro nas minhas mão aos 20 anos.
Hoje, com a mesma idade que tu tens, tenho ainda os mesmos sonhos de transformar o Mundo, de acabar com a fome, de abraçar a Paz.
Abraço a Verdade, não tenho as mãos estragadas, estão prontas para a Luta que é necessária, todos os dias.
Só LUTANDO poderemos alcançar o que desejamos.
Não esmoreças. Não desistas. Saca daí de dentro a tua força e vem LUTAR.

Um abraço, Amiga

Maria Faia disse...

Querida Amiga,

Que a Luz da Esperança no mundo melhor com que sempre sonhamos não se extinga nunca.
Vejamos o lado bom da vida...

Beijo amigo de Parabéns e votos de uma semana feliz,

Maria Faia

tita coelho disse...

Querida Elvira,
Teu post me encheu de emoção! Confesso fiquei com lágrimas nos olhos... É muito difícil, ver as lutas em vão, perdão... Nunca em vão, mas perdidas!
É muito tritste ver o tempo passar e observar que as lutas sociasi são as mesmas de 20 anos há tráz!
Te admiro Elvira! Beijos

São disse...

Minha amiga, o poema é lindo...a mensagem uma dor só.
Mas não podemos perder a esperança.
Grande abraço.


E as suas coisas , melhoraram?

Multiolhares disse...

Cada vez vamos sentindo mais a injustiça e hipocrisia
beijinhos

Jorge P.G disse...

Aos 20 anos a nossa generosidade e esperanças na vida permitem-nos todas essas ilusões.
Aos 50, começamos a perceber que não é bem assim... mas daí a abandonar a luta por um mundo melhor vai uma grande distância.

Nunca baixar a guarda, Elvira!

Um abraço para si, minha amiga, que não teve, ao que sei, vida fácil.
Jorge P.G.

Filoxera disse...

Compreendo perfeitamente. Palavra!
Um beijo abraçado.

Celia disse...

Que poema mais lindo minha amiga. Simplesmente amei. Existem muitas pessoas com o corpo como o dessa pessoa do poema.
Parabens ao Sexta feira, pelo aniversario. Sua musica é muito bonita. Bj

amigona avó e a neta princesa disse...

Faço minhas as palavras da Maria...beijos, amiga...

Belisa disse...

Olá!

Tenho andado ausente e sem dar qualquer sinal escrito, pelo que envio em primeiro lugar o meu pedido de desculpa.
Não é assim que se tratam os amigos e como tal agradeço toda a atenção que me é dada.
Mas confesso, que os meus amigos, estarão sempre no meu coração.
Desejo muita saúde e felicidades sem fim.
Obrigado!
Até breve!
Aqui envio muitos

Beijos estrelados

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá minha querida Amiga Elvira, os anos passam mas, temos que continuar a lutar pelo que é justo... Como disse e muito bem uma nossa amiga estamos num circúlo vicíoso... Cada vez á mais pobres, a classe média desapareceu...
Estamos entre ricos e pobres!...
Beijinhos de carinho,
Fernandinha

Sophiamar disse...

"E o mundo continua a girar
Cheio de fome
guerras
drogas
hipocrisia.
...E infeliz..."

São assim os homens, Elvira! Infelizmente!

No entanto, nunca abandonaremos a luta por um mundo melhor.

Beijinhos e um abraço apertado.

Brancamar disse...

Passei para lhe desejar um bom dia e muita coragem.
Muitos beijinhos.
Branca

Taty Ferreira disse...

Hoje sou eu que com 20 anos luto por um mundo melhor...

Acho que será uma luta eterna de todas gerações minha amiga!!!

B Jinhus

Ótima quinta!

Fabio disse...

Muito, muito bonito
doce como su blog
beijos

Jorge P.G disse...

Passo e deixo o meu abraço.

Jorge P.G.

Dualidades disse...

A idade ensina-nos e dá-nos a experiência necessária para sabermos lidar com o bom, mas principalmente com o mau.

Dualidades JP

Dina disse...

Como estão as coisas?
Espero que os maiores problemas já tenham sido ultrapassados.
Beijinhos

TINTA PERMANENTE disse...

Talvez não seja tão inglório assim. Diz um velho provérbio chinês 'Se foste tão longe que não consegues ir mais além, então acredita que já fizeste metade do caminho que és capaz de fazer'.

Felizes sejam os aniversários!

abraços!

SILÊNCIO CULPADO disse...

Elvira
Ah quanto sonho perdido, quanta voz emudecida, quanta solidão sem abrigo!..
Mas nós estamos aqui, Elvira. E vamos continuar.
Abraço

lua prateada disse...

Querida Elvira, quanta verdade meu Deus e, é isso mesmo nada mais a juntar a tão bem descrita vida ...
Saboreando com meu olhar
Este imenso rio
Sinto seu cheiro,
Sua grandeza, imensidão
Sua pureza...quando enche ...desvastidão
Mas como é bom saborear com o olhar
Toda esta imensa natureza e
Sua grande beleza.
Vamos todos este fim de semana saboreá-lo e que seja óptimo...
Beijinho prateado
SOL

Carminda Pinho disse...

Parabéns Elvira, pelo aniversário do Blog que embora um pouco atrasados não deixam de ser dados com carinho.

Aos 20 anos todos tivemos sonhos,hoje perante o mundo que temos, as mesmas preocupações nos assaltam.
Teremos de continuar a viver na esperança de um mundo melhor.:)

Um abraço

Pena disse...

Estimada Amiga "Elvira":
Creia que sinto o mesmo. Os poderosos não se compadecem com a beleza e a ternura das pessoas de bem que acreditam em homens e mulheres em sociedades de encanto e bem-estar mais justas, sinceras e verdadeiras.
Eles, os que nos governam e governam os povos, estão demasiado ocupados com o seu egoísmo hipócrita que agem somente nas campanhas eleitorais, cujas promessas nunca cumprem, nem nunca cumprirão.
Os pobres serão sempre pobres e os ricos serão sempre ricos.
É a constatação que me suscita afirmar.
A Elvira tem doces sentimentos. Possui um doce pensar.
Escreveu uma linda poesia, mas, acredite, o mundo não mudará nunca.
Eu também o desejava, mas o meu pessimismo é cada vez mais acentuado.
Parabéns sinceros pelo seu lindo versejar.
Abraço de amizade, forte estima e respeito pela sua imensa significação de pessoa de bem.
Sempre a considerá-la muito

pena

O Profeta disse...

Ergo a minha taça num brinde a ti...


Doce beijo

Cöllyßry disse...

Parabens por este ano de partilha, que o seja por muito, muito tempo...E o Mundo assim continua, o meu lamento...belo poetar

Doce meu beijo

amigona avó e a neta princesa disse...

Beijos, amiga Elvira...

Papoila disse...

Querida Elvira:
É porque aos sessenta mantém o brilho e a força de lutar por um mundo melhor que escreve neste magnífico blog.
Parabéns pelo aniversário do mesmo.
Bom fim de semana!
Beijos

lula disse...

Todos nós quando somos jovens pensamos que vamos conseguir mudar o mundo. Infelizmente, os anos vão passando e as coisas vão ficando de mal a pior.
Sempre foi assim e sempre assim será. Os jovens vão eternamente tentar mudar o mundo.
Talvez um dia, num futuro distante, eles o consigam finalmente.

esteban lob disse...

Me adhiero a los parabienes.

Acerca del post mismo, peor desilusión hubiera sido no haberlo intentado.

Un abrazo.

Vieira Calado disse...

Olá, caríssima!
Então o seu esposo conhece-me?
É bem provável que eu também o conheça.
Agora sem saber o nome...
Beijinho

O Guardião disse...

Parabéns.
Nunca desistas, porque se cada um de nós fizer um pouquinho, o mundo acabará por mudar, ainda que leve o seu tempo. A vontade pode fraquejar, mas os ideais, esses fazem parte da matriz de quem resiste.
Cumps

Menina do Rio disse...

Quando somos crianças, sonhamos grande e ao crescer parecem que os sonhos dimunuem...Ou somos nós que crescemos e os sonhos ficaram na infância.

Um beijinho e bom final de semana

Sophiamar disse...

Vim reler este teu poema, um bom momento de reflex�o.
Beijinhossss

Bom fim de semana!

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá minha querida Amiga Elvira, passei para te desejar um bom fim desemana e deixar-te muitos beijinhos de carinho!
Fernandinha

Uma vencedora... disse...

Amiga linda!!!

Mais uma vez, quero parabenizá-la por essa grande vitória... Manter um espaço tão agradavel e muito legal...

Bjs

Janaína

aramis disse...

Minha querida amiga Elvira, mas que poema mais bonito!
O selo do aniversário está muito giro!
Obrigada pelas tuas visitas ao Aramis sempre tão bem vindas...
Um grande beijinho e um excelente fim de semana para ti.

Jorge P.G disse...

Olá, Elvira.

Tive dificuldade em entrar nos comentários, uma coisa de pop-ups que não deixavam que a caixa se abrisse, mas finalmente cá estou.
E deixo o meu abraço e desejos de um bom fim-de-semana, visto que o post já comentei há dias.

Jorge P.G.

Odele Souza disse...

Querida Elvira,
Apesar de todo o mal, apesar das guerras, da fome, da míséria, a vida ainda vale a pena.Apesar de alguns, apesar de tudo.

Querida Elvira, não te desculpes por não passar com tanta frequência no blog de Flavia, sei da tua vida amiga, sei de tuas dores, pois que mesmo que não as veja eu as sinto.

Também não tenho estado por aqui tantas vezes quanto gostaria. Mas te amo amiga, por seres essa pessoa que não só demonstras, como sei, aqui dentro eu sei, que és uma grande mulher e um maravilhoso ser humano.

As amizades querida Elvira, acabam por ser um bálsamo para as horas difíceis. Conte com sempre com meu carinho e amizade.

Um beijo.

PS. O link que tens de Flavia já é para mim uma demonstração de teu afeto por nós. Estou neste momento saindo para visitar teus outros blogs.

José disse...

Que bom seria, que essas ideias dos 20 anos se tivessem concretizado, viveriamos sem dúvida alguma num mundo justo e correcto com todos.Acontece que não nascemos em berço de ouro! Logo esse bem estar só acontece a quem nasce em berço de ouro, embora aos olhos de Deus todos somos iguais! Eu acredito firmemente que sim.
1º porque todos nascemos nus
2º Porque na doença, a dor é igual para todos "o dinheiro não compra saúde".
3º Porque a morte toca a todos por igual"ninguem ocupa o lugar de outro. Assim sendo,porque teima o homem em ser desigual ao seu semelhante, incutindi-lhe sofrimento permaturo. Desafiando assim a Lei da vida. Estou contigo nesta desilusão, cada vez mais acentuada e desastrosa...
um abraço José Cardoso

Chousa da Alcandra disse...

Por máis tristura que tentes amosar no poema, entre liñas percíbese a ledicia do camiño que levas andado e a ilusión polo que queda por andar. De seguro atopaches amizades -e cousas tan profundas- que fixeron que pague a pena tentalo!!!

Parabéns. Unha aperta.

António Inglês disse...

Elvira

Alguém disse que parecíamos irmãos... não seremos?
Um bom domingo
António

mar disse...

Espero que pases un feliz domingo..
Un besito y una estrella.
Mar

Sady Folch disse...

Elvira, quisestes abraçar a felicidade, a paz e a verdade, e tenho certeza que o fizera. Contudo, peço licença para discordar de ti, pois que, após estes abraços todos de outrora, tuas mãos sexagenárias não estão estragadas, mas foram lapidadas nas tuas lutas, e por isto, a beleza delas, assim como de teus ombros, parte se encontra nos veios donde passastes, parte na tua alma dos teus vinte anos.
E quanto a teus olhos, continuam graças às lágrimas que derramastes, podendo se levantar em clamor por um mundo mais justo. Ainda que tenhas de ver cair ao teu lado, mais do que tu possas levantar.
Obrigado por tua poesia.
Sady

Sady Folch disse...

Você me pergunta porque nos interrogamos, quanto a nós e a nossa existência...acho que por haver mais espaço em nós para o amor do que para estas desilusões chamadas fome, guerras, etc...e diante delas, muitas vezes por estarmos inertes sem saber o que fazer.
Creio que ao nos interrogarmos, aumentamos a nossa carga de indignação, e partimos para a luta pela sobrevivência. Nossa e a alheia.
Sady

Manuela disse...

Desejo uma boa semana e Parabéns ao blog.
Manuela

Sonia Regly disse...

Parabéns pelo aniversário do Blog.Uma excelente semana!!!!

Sonia Regly disse...

Querida Amiga,
Estou linkando seus blogs, ok:????

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,