13.11.17

ARMADILHAS DO DESTINO - PARTE XIV







- Queres contar-me o que se passa? Ou preferes ir logo ao consultório?- Perguntou Fátima depois de terem sido atendidas e já prestes a degustar o seu bife. – Se calhar devíamos ter escolhido um local, menos barulhento.
Fátima era pouco mais velha do que Luísa. De estatura média, muito morena, de olhos escuros e cabelos castanhos. Tinha um olhar que inspirava confiança, um sorriso simpático, e uma figura um pouco cheia.
-Tive um pesadelo aterrador esta noite, - disse Luísa sem levantar a voz, mas inclinando-se para a frente
- Com o falecido?
-Sim.
- Há muito que não tinhas esses pesadelos, pensei que era uma fase ultrapassada. Vejamos, terá sido pelo acidente do autocarro? Lembraste-te do teu acidente? Ou aconteceu alguma coisa especial que possa ter despoletado no teu subconsciente uma emoção relacionada com o passado?
- Encontrei o Nuno?
- Nuno? O teu primeiro amor?
Assentiu com a cabeça.
-Bom, o Nuno nunca foi violento contigo, verdade?
- Claro que não. Foi o homem mais amoroso que conheci em toda a minha vida.
- Isso não é difícil pois não? Se bem me lembro, conheceste três. O teu pai, o teu marido, e o Nuno Albuquerque.
Calou-se, enquanto saboreava um naco do bife.
- E então? Encontraste o Nuno. Como e onde?
- No hospital. Pelo que percebi, foi um dos médicos que tratou os miúdos. O que não admira pois pediatria é a sua especialidade. Descemos juntos no elevador. Pensei que não me reconheceria, mas não tive essa sorte. Deverias ver a indiferença com que me tratou. Foi como se nunca me tivesse conhecido antes.
- E isso doeu-te. Estou a ver. Tens noção de que ao vê-lo, o teu subconsciente trouxe à superfície o passado?
- Sim, creio que sim. Até porque no pesadelo eu era perseguida pelo Nuno que à medida que se aproximava se transformava no Álvaro. Penso que o meu subconsciente se sentiu ameaçado. Ele sabe que o Nuno é provavelmente o único homem no mundo capaz de acabar com a minha tranquilidade.
- Tens medo do Nuno, ou dos sentimentos que ele te despertam? 
- Dos sentimentos claro. Julguei que tinha esquecido, e bastou vê-lo para transformar todas as minhas certezas em dúvidas.
- Então amiga, não precisas de psicóloga nenhuma. Tu sabes perfeitamente as causas e a solução.
Tinham acabado a refeição. Descartaram a sobremesa e pediram café para as duas. Depois Fátima retomou a conversa.
- Sabes se casou? – Perguntou Fátima
- Como vou saber? Mal falámos. Mas acredito que sim, talvez com alguma colega. Não faz sentido, que o não tenha feito.
- Há mais coisas que não fazem sentido nesta vida, do que o contrário. Ainda o amas. 
Não era uma pergunta, mas uma afirmação. Luísa desviou o olhar, mas não foi suficientemente rápida, para que conseguisse esconder da amiga, a dor que escureceu os seus belos olhos.
Trouxeram os cafés que elas beberam em silêncio.
Depois Luísa pagou a conta e saíram. Despediram-se junto ao carro de Fátima.
- Não precisas de ir ao consultório logo. Mas podemos sair à noite, ir até um bar, beber um copo, ouvir um pouco de música. Ou ao cinema se preferires. Precisas de te distraíres. Há anos que vais de casa para a escola e da escola para casa.
- Hoje não amiga. Talvez para a próxima. Obrigada por estares sempre pronta para me escutares. Mesmo sem bata.
- Não é para isso que servem as amigas? – disse Fátima abraçando-a e entrando em seguida no carro.
Luísa ficou a vê-la afastar-se até que o automóvel se perdeu na rua. Só então deu a volta e se dirigiu ao seu carro.


Obrigada, pela vosso carinho, e desejos de melhores. Eu penso que estou quase boa, embora ainda tenha que continuar o tratamento até fazer os 5 dias. Graças a Deus o marido também está sem vómitos há  10 horas. 




17 comentários:

Gil António disse...

O conto continua maravilhoso. A verdade é que, muitas vezes, amores que estavam esquecidos - ou pensávamos que estavam - surgem na nossa vida e... o nosso coração salta. Amor que renasce? Pode não ser. Apenas o coração não é de ferro e por vezes, tem recaídas.
.
Deixo cumprimenyos

maria disse...

Muito interessante...!

noname disse...

Primeiros - Boa saúde para ambos :-)

Segundos - Isto promete :-)

Beijinho

✿ chica disse...

Ela está revivendo tudo, todo o amor, porém ainda tem medo...Se arrependimento matasse!!! Adorando te ler! bjs e que bom estão melhores vocês! Ótima semana,chica

Janita disse...

Hoje saio daqui contente!
As coisas estão a melhorar, tanto para a nossa heroína, como para a autora do conto e marido...Devagarinho, tudo vai ao seu lugar.

Um abraço e continuação de melhoras.

Maria Teresa de Brum Fheliz Benedito disse...

Estou gostando do desenrolar da história cara Elvira!
Que bom que vocês dois estão e recuperando.
Beijinhos.

Tintinaine disse...

Então está tudo a correr bem. Tanto na novela como na vida real. Assim até dá gosto!!!

Rosemildo Sales Furtado disse...

Continuo acreditando que uma conversa resolverá o impasse entre ambos. Continuo gostando e aguardando.

Abraços e votos de uma breve recuperação para ti e para o teu esposo.

Furtado

Diana Fonseca disse...

Há sentimentos assim, eternos. Adorei.

Odete Ferreira disse...

Ontem e hoje, li todos os capítulos da nova história.
Parabéns por mais uma narrativa que nos prende.
Tenho andado muito ocupada (e irei continuara), por isso só passarei de vez em quando.
Desejo-te/vos rápidas melhoras.
Bjinho, Elvira

Pedro Coimbra disse...

Eu não disse que era só um susto??

O diagnóstico da protagonista não é nada complicado de fazer.

Roaquim Rosa disse...

Bom dia.
Há casos da nossa vida que nunca mas nunca vamos esquecer !!1
JAFR

Isa Sá disse...

A passar por cá para acompanhar a história!

Isabel Sá
Brilhos da Moda

Os olhares da Gracinha! disse...

Falar do passado com a amiga ... ajuda!
Ainda bem que está melhor!!!bj

Cantinho da Gaiata disse...

Fico feliz com a vossa recuperação, oxalá seja mesmo breve.
Nada melhor que falar com alguém que a possa ajudar, dos seus pesadelos e angustias.
Beijinho

Lucia Silva disse...

Qualquer detalhe traz a tona lembranças ora boas ora não. Belo conto!
Beijos!

Gaja Maria disse...

Que bom que estão melhores Elvira. Vai passar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...