12.10.16

VIDAS CRUZADAS - PARTE XVII

No dia seguinte acordou cedo. Tinha dormido vestido sobre a cama. Despiu-se e tomou um duche retemperador. Depois olhou-se ao espelho demoradamente. Não por vaidade, mas tentando descobrir algum sinal da doença que o minava. Mas não. Tinha um ar saudável de fazer inveja. Fez a barba, e escolheu uma roupa simples e desportiva. Olhou o calendário. Era Sexta-feira. O médico daria consulta às Sextas? Tinha que ir lá rapidamente. Pegou uma maçã e saiu para a rua. A mãe dissera que vinha logo de manhã, de táxi. De Santarém ao Barreiro, não demorava muito. Logo, logo estaria aí, pensava enquanto comprava o jornal. E não se enganou, pois ao voltar encontrou a mãe no momento da chegada. Não se conteve e depois de a abraçar pegou-lhe ao colo e rodopiou com ela como não fazia há muito. Finalmente em casa, a mãe queria saber de tudo. Como estava a tia, se tinha gostado da terra, se tinha encontrado alguma cachopa bonita, um nunca mais acabar de perguntas. E andava à sua volta mirando-o, como se de um monumento se tratasse.
E ele falou. Contou como gostara da terra, e da tia. Falou da D. Célia, do pequeno Pedro e da Rita. E desta, falou com tal entusiasmo que a mãe adivinhou logo a paixão no seu peito. Quando ele se calou a mãe ficou em silêncio olhando-o. Depois levantou-se e dirigiu-se à cozinha, tentando ocultar uma lágrima, que teimosa queria escapar dos seus olhos. Pedro percebeu porque a mãe não queria fazer comentários. Ela julgava que ele se declarara e não era correspondido. O almoço decorreu em silêncio.A mãe entristecida com o suposto desgosto do filho, e este só pensando na visita ao médico. 



21 comentários:

✿ chica disse...

Muito bom teu enredo e trama.Acompanhando! Essa semana saio para uma fugidinha e na volta lerei o resto! bjs, inté! chica

Pedro Coimbra disse...

O amor aparece quando menos se espera.

Isa Sá disse...

Acompanhando a história. aproveito para desejar um ótimo dia!


Isabel Sá
Brilhos da Moda

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Como diz o Pedro e com toda a razão o amor aparece quando menos se espera.
Um abraço e continuação de uma boa semana.
Andarilhar

Prata da casa disse...

Sabe sempre a pouco. Queria saber mais da história.
Bjn
Márcia

Nequéren Reis disse...

Que lindo texto, obrigado pela visita.
Blog:https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

Majo Dutra disse...

Há sinais de que tudo vai dar certo.
Abraço solidário, estimada Elvira.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

O meu pensamento viaja disse...

Continuando mergulhada no enredo!
A ver ...
Beijo

esteban lob disse...

Cruzadas las vidas, Elvira. ¡Y bien cruzadas!

Rui Espírito Santo disse...

Qual será a mãe a que passa despercebida uma paixão, quando um filho fala com entusiasmo acerca de "uma Rita" ? ... Poderá é a conclusão não ser a mais certa ! ... :))

Abraço

Marina Fligueira disse...

¡Hola Elvira!!!

Nos dejas un relato bonito e interesante, lástima que no los pudiera seguirlos todos, pues de esa forma entendería un poco mejor de lo que va, de todas formas entiendo que el hijo, no le cuenta a su madre la verdad de su dolencia para no disgustarla seguramente, y ella piensa que es rechazado por el amor de una mujer.
Bueno, así lo entiendo yo, pero igual estoy equivocada. De todas formas te felicito porque tienes un manantial de intelecto dentro de tu alma.

Ha sido un placer pasar por ésta tu casa.
Te dejo mi inmensa gratitud y estima.

Se muy -muy feliz.

Marina Fligueira disse...

Un abrazo grande, Elvira.

Anete disse...

Elvira, viajei e no retorno me perdi nos seus textos... As muitas atividades não me deixaram ler um a um...
Mas, um abração e o meu carinho...

Edumanes disse...

Mãe pensa duma maneira, o filho pensa doutra. Resta esperar para se saber o resultado de ambas!...

Tenha uma boa noite amiga Elvira, um abraço,
Eduardo.

Gaja Maria disse...

Pensamentos desencontrados. Vamos ver o que se segue :)

Rogerio G. V. Pereira disse...

Rodeamos sempre os filhos como se fossem monumentos!

(te sigo)

Elisa Bernardo disse...

Passando para acompanhar e deixar um beijinho grande

Smareis disse...

Com certeza vai ser final muito feliz. Eu aqui torcendo.
Beijos!

Rosemildo Sales Furtado disse...

Acompanhando, gostando e esperando as novidades.

Abraços,

Furtado

Anete disse...

Voltei por aqui depois de ler outros capítulos... Agora sim, acompanhando novamente...
Um bj e Muita PazzzzZ...

Ailime disse...

Boa tarde Elvira,
Tentando por a leitura em dia!
Beijinhos,
Ailime