20.5.15

SE EU TIVESSE CORAGEM


Re-edição



Se eu tivesse coragem,
havia de cantar
para os homens que vivem algemados
aos dias sem pão, nem futuro.


Se eu tivesse coragem,
havia de cantar
para os operários sem emprego,
engolindo dia a dia
os sonhos afogados no tempo
dum mísero subsídio.


Se eu tivesse coragem,
havia de cantar
para os jovens, sem tempo nem idade
perdidos
nos tortuosos caminhos da droga.


Se eu tivesse coragem,
havia de cantar
as minhas fantasias de criança,
a minha ansiedade de adulto,
a minha angústia de idoso,
a minha dor sem dor tão sentida.


Se eu tivesse coragem,
havia de cantar
a minha fome de justiça
os sonhos que não sonhei
a vida que não vivi
a cruz que sem fé carreguei.


Se eu tivesse coragem,
havia de cantar
contra aqueles que nos dão
falsas ilusões
em forma de 
promessas eleitorais
em vez de pão
habitação
escolas e hospitais.


Ah!... Se eu tivesse coragem...


Maria Elvira Carvalho



Amigos na próxima semana estarei ausente. No dia 22 termino a bateria de exames que ando fazendo.
A consulta de cirurgia, já está marcada para dia 8 de Junho.
Estive bem doente, estou cansada, como diz a canção "sinto-me frágil." Então a próxima semana é para descanso. Sem PC, e  sem TV.  
Ah! Hoje fui com o marido a uma consulta no hospital do Barreiro. E sabem a novidade? O médico veio à sala com o processo na mão, chamou por ele e nós fomos atrás. Pois não é que deu meia dúzia de passos encostou-se à parede e começou a dar a consulta ali mesmo? E depois pediu-nos para aguardar um pouco e quando voltou trazia já o pedido de novos exames a marcação da próxima consulta bem como o encaminhamento para outras duas consultas de especialidade. Fiquei pasmada. Já não há gabinetes para consulta? É que há 5 anos que ele faz estas consultas e nunca tal tinha acontecido.


27 comentários:

✿ chica disse...

Que linda tua poesia!! Adorei! E desejo um bom descanso, bons preparativos por aí e também achei estranha a consulta no corredor. Cada uma!! bjs,chica

Janita disse...

Se todos tivermos coragem e unimos a nossa voz à tua, teremos a força para concretizar todos os teus/nossos desejos de um mundo mais justo e melhor, Elvira!
Desejo que a consulta para dia 8 seja uma consulta feita com profissionalismo e sentido de responsabilidade. Diferente dessa que aconteceu no Hospital do Barreiro!

Boa sorte, muita força, fé e votos de tudo a correr pelo melhor.

Um beijinho.

Rogerio G. V. Pereira disse...

Coragem não te falta
o que te falta é saber aplicá-la

Que a saúde se recomponha, que tudo te corra pelo melhor
é o principal
o resto vai-se amanhando, suponho
e sonho

Graça Sampaio disse...

Coragem falta - e muita - a este povo que não se mexe para nada!

Corra tudo bem, minha querida!

Beijinhos

Luma Rosa disse...

Oi, Elvira!
Somos países irmãos até nas dores... Aqui os pacientes estão pelos corredores até mesmo os que precisam de tratamento intensivo.
É preciso ter coragem para tudo nessa vida! Gostei da poesia protesto!
Bom descanso e dê-nos notícia!
Beijus,

lis disse...

Oi Elvira
Uma poesia corajosa bonita e que nos impulsiona a seguir em busca de mais coragem.Parabéns.
E fico desejando que tudo corra na mais perfeita harmonia nos exames,na cirurgia ,se houver, e que volte poética e feliz.
Fique bem,Elvira
deixo abraços

lua singular disse...

Oi Elvira,
Linda poesia
Mas não há nada que podemos fazer, pois o mundo inteiro está essa vergonha, mas cada um deverá dar contas a Deus dos seus atos.
E se cuide, por favor
Beijos

Pedro Coimbra disse...

Continue com a coragem que tem demonstrado.
vai correr tudo bem.
É assim que tem que se pensar.

Benó disse...

Os meus desejos para tudo correr bem.Pensamentos positivos.Um abraço forte.

Bell disse...

Queremos que tudo mude e para melhor.
Fica em paz, vai dar tudo certo.

bjokas estamos torcendo por vc =)

António Querido disse...

Que a cirurgia corra como deseja e que não lhe falte a coragem para recuperar rapidamente!
Tudo se vai resolver com os votos no Costa, novos hospitais, contratação de médicos de família para toda a gente, subsídios para idosos, novas oportunidades de emprego, etc. Enfim, uma mão cheia de coisas maravilhosas para todos os portugueses, eu sinceramente tenho receio que os portugueses continuem hipnotizados com promessas do outro mundo! Mas já nada me espanta desde que vi levantarem a bandeira Nacional à porta da prisão em apoio a um ladrão que deixou Portugal na banca-rota!
Que tudo corra como deseja são os meus votos!
O meu abraço.

Silenciosamente ouvindo... disse...

Amiga desejo muito que se recupere
o mais rápido possível. O seu poema
é muito bom, mas seria bom que não
existisse as causas que refere no mesmo.
Essa que a amiga conta do Hospital do
Barreiro é un HORROR!!!
O meu marido também tem andado em dois tipos de consultas no Hospital do Barreiro e na Fisioteraapia. A fisioterapeuta ficou de baixa médica
e deram alta ao meu marido porque não
havia ninguém para a substituir...
O Serviço Nacional de Saúde está
horrível...querem mesmo acabar com ele.
Bjs. e quando lhe for possível
diga alguma coisa sobre o seu estado
de saúde.
Bj.

Irene Alves

José Lopes disse...

Coragem! Veio bem a propósito. Desejo que tudo corra bem e que as melhoras se sucedam.
Cumps

paideleo disse...

Pois nada, a descansar.
E a procurar visitar o menos posible os hospitais que non andan ben as cousas da saúde nin en Portugal nin na Galiza.

Olinda Melo disse...


E já faz muito, cara Elvira, escrevendo e expressando aqui as injustiças que grassam pelo mundo.

Desejo que tudo corra bem quanto à sua saúde. Repouse e fique bem. As melhoras.

Beijos

Olinda

Majo disse...

~ ~ ~
~~~ Mas teve coragem, dedicação e talento.~~~

~~ Que sentido e interessante ficou o seu canto!

~~~~~ Saúde e dias agradáveis e felizes.~~~~~

~~~~~~~ Abraço amigo. ~~~~~~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Existe Sempre Um Lugar disse...

Bom dia, tudo se altera na vida, quando menos se espera a coragem aparece, não só para si como para milhões de portugueses.
Desejo-lhe as melhores rapidíssimas.
AG

AC disse...

Coragem é coisa que não lhe falta, Elvira.
Restabeleça-se, recupere, a saúde está primeiro.
Tudo de bom para si, bem merece!

Um beijinho :)

aluap Al disse...

O que se passa com o SNS não é novidade, Elvira! E na justiça/tribunais também se passa o mesmo. Há advogados a fazer requerimentos nos corredores e em cima do joelho!
E coragem a Elvira têm-na, penso eu, pelo menos alguma coragem ao divulgar e informar o que está mal e podia tomar um outro rumo.
Beijinhos e tudo de bom!

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Coragem amiga.
Os médicos agora também são maltratados como os doentes.
Desejo-vos um rápido restabelecimento.

Gostei do poema.
Para que não se sinta sozinha eu cantarei consigo, mesmo desafinando.
É este o mundo que temos...
Não é este o mundo que queremos...

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Elvira! Mais uma vez nos presenteias com mais um dos teus belos poemas. Isso de promessas não cumpridas, aqui no Brasil nós temos para exportar para quem desejar. Descanses o máximo que puderes, pois a saúde deverá estar sempre em primeiro lugar. Quanto à consulta, talvez o médico quisesse inovar e provar a sua capacidade de atender um paciente sem maiores formalidades. Rsrs.

Abraços,

Furtado.

Zé Povinho disse...

Coragem como diz no poema, porque a saúde também depende disso, para ultrapassar as maleitas e os problemas em ser consultado e atendido...
Abraço do Zé

jorge esteves disse...

Sei, tenho a certeza, que o próximo dia 8 irá ser um dia de sol. Desse que vem com a madrugada e do outro que nos nasce cá dentro. Depois, quero agradecer-lhe toda a sua agradabilíssima amizade. E, agora - que aqui não há ordem nem importância - não creio que haja lugar à condicionante: 'se' é coisa que as palavras do seu poema não dá lugar, tão cheias elas estão de CORAGEM!
com amizade,

jorge

Berço do Mundo disse...

Querida Elvira, acabou de cantar, com muita coragem, por tudo o que enumera. E foi uma linda canção.
Desejo que corra tudo bem no dia 8, votos de uma recuperação breve e completa.
Abraço apertado
Ruthia d'O Berço do Mundo

Emília Pinto disse...

Querida amiga, agora tens de ter coragem para enfrentar esses problemas de saúde que com certeza se resolverão completamente, apesar do desanimador estado em que a nossa saúde pública está a ficar. Olhar para isso é preciso uma coragem enorme, amiga! Mas tu és corajosa e vais pensar primeiro em ti tentando não ver a desgraça que vai nos nossos hospitais. Força amiga! estarei por aqui atenta às notícias. Beijinhos
Emília

Fátima Pereira Stocker disse...

Elvira

Estou como disse alguém ali acima: não há "se": a sua coragem existe e em grande dose. Tudo vai correr bem.

Beijos

BlueShell disse...

Poema forte, com uma mensagem importantíssima. Revi a minha revolta nele.

quanto às consultas...devo dizer que há 3 meses o meu marido tinha marcada uma consulta de oncologia no IPO em Coimbra Foi adiada e ainda não aconteceu.
não me admira nada isso das consulta no corredor.
cada vez mais valemos menos para aqueles que nos governam. Não somos pessoas , somos números, estatísticas. Despedem médicos, enfermeiros, pessoal auxiliar, reduzem e deixam degradar instalações...
Quem puder vai ao privado...é o que esse senhores querem.
Uma ofensa a quem está doente e precisa de cuidados.

Linda, que tudo te corra bem, e que Deus te acompanhe, sempre.

Um bejo
BShell