24.1.15

QUEM SABE FAZ A HORA... PARTE I





Naquela noite João chegou cedo a casa. Estava muito cansado. A tarde no escritório, fora de arrasar. Há dois dias que Helena, a colega, estava doente. Ele tinha agora o dobro do trabalho. Normalmente nem se queixava. Gostava da sua profissão, e não ganhava mal. Mas agora andava muito cansado. Física e espiritualmente. A idade começava a pesar. Não que fora velho, longe disso. Acabara de fazer 40 anos e era um belo homem. Mas um homem chega a determinada altura e começa a não achar graça, às saídas com os amigos, às ressacas do dia seguinte, e principalmente a chegar a casa e sentir sobre si o peso da solidão.
Mergulhado no confortável sofá, João pensava que era chegada a hora de dar um novo rumo na sua vida. Pensou em quantos dos seus amigos de infância estavam solteiros.
O Zé, o Nuno, - não o Nuno casou o mês passado - pois, era ele e o Zé.
Pegou no comando e desligou a TV. Não lhe apetecia ver nada. Mas também não tinha vontade de ir para a cama. Engraçado, começava a achar a cama grande demais. E vazia, como tudo o resto naquela casa. Olhou à volta. O silêncio ensurdecia-o. Lentamente levantou-se e foi até à janela. A noite estava fria, mas o céu estava estrelado. Mergulhou os olhos na escuridão. Nada. Não se via nada nem ninguém. Pudera com o frio que fazia, quem iria para a rua. Voltou para o sofá inquieto.
Voltou para o sofá inquieto.

Acendeu um cigarro, e apagou-o de seguida. Recostou-se no sofá, fechou os olhos e, a pouco e pouco, foi relaxando até acabar por adormecer...




A saúde continua periclitante. Já estou bem dos olhos, da otite, da sinusite, da faringite. Mas a tosse alérgica não me larga. Estive quase 3 dias sem tossir, mas a partir de quarta voltei a piorar.  Mudei o anti alérgico. Vamos a ver se resulta.

23 comentários:

Mar Arável disse...

Tudo pelo melhor

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Desejo que esteja bem e que consiga debelar essa gripe que a deixa sempre mais frágil.

Gostei deste drama.
Parece que escrevia sobre alguém meu conhecido.
É tempo de mudar.
Em vez de adormecer no sofá,deverá adormecer na cama e arrumar de vez o seu cansaço e indecisão.
Com 40 ainda está a tempo de se dar e renovar o seu próprio estilo de vida.

Berço do Mundo disse...

Cara Elvira, desejo-lhe as melhoras. Quando a saúde falha, tudo o resto é remetido para segundo plano.
Beijinhos, um lindo fim-de-semana
Ruthia d'O Berço do Mundo

P.S. Espero que o João encontre um rumo

✿ chica disse...

Muito lindo,Elvira! E que fiques logo bem boa! bjs praianos,chica

Luis Eme disse...

tudo de bom e não perca a vontade escrever, Elvira.

abraço

Luis Eme disse...

tudo de bom e não perca a vontade escrever, Elvira.

abraço

António Querido disse...

Que bom revê-la de volta!
A tosse também vai embora, leva o seu tempo, mas vai!
Com as nossas idades aparece sempre algo para nos chatear, imagine que estava bem com a minha Maria Celeste e agora apareceu-me outra Maria das Dores, que anda sempre agarrada a mim de noite e de dia, não me larga, tenho uma consulta em fevereiro, vou tentar deixá-la no gabinete do médico!
As suas melhoras e o meu abraço.

Pérola disse...

Cada história é irrepetível e única: uma das maravilhas da humanidade.

Quero mais...

Beijinhos

Mariangela disse...

Gostei muito da história Elvira.
Espero que esteja bem e que sare logo!
Um grande abraço, fique com Deus!
Mariangela

vendedor de ilusão disse...

Olá!
Que bom que volto a ler, novamente, os teus brilhantes Contos, e esse, já na primeira parte, me prendeu a atenção o li do início ao fim num só tempo sem interrupções. Aguardo, já com ansiedade, a segunda parte.
Por outro lado, fiquei contente que estás melhor.
Beijo.

Vitor Chuva disse...

Olá, Elvira!

Por vezes as maleitas são mesmo teimosas, por muito que façamos por nos livrarmos delas. Mas como parece estar no bom caminho, oxalá que essa última se vá embora.
E vamos lá ver o que o João vai querer fazer com a vida...

Abraço
Vitor

Edumanes disse...

Está de volta a nossa amiga Elvira,
com as suas histórias de encantar
desta vez ela fala do João
que acredita que sua vida vai mudar!

Quanto à tosse amiga Elvira, há uns anos atrás essa filha duma magana, como se costumava dizer lá no Alentejo, mais de três meses tive que carregar com ela! É preciso não desanimar, se Deus quiser ela há-de e já deveria ter ido embora. O que no incomoda o nosso bem estar, está sempre a mais! Continuação de dias melhores, bom fim de semana, um abraço,
Eduardo.

Lu Nogfer disse...

Oi Elvira!

Tomara que João se reanime, já que decidiu dar novo rumo a vida. Afinal ainda está tão jovem e mudança faz bem a todos as idades, não é mesmo!?
Adoro os teus contos. E quando estão divididos em episódios curtos, a gente grava melhor para a continuação!
Amei!

Beijos e que Deus restaure a tua saúde brevemente.

Fátima Pereira Stocker disse...

Elvira

Ainda bem que está melhor.

Continuarei a vir por aqui, para acompanhar a história do João que se sentiu só.

Desejo a continuação das suas melhoras

Olinda Melo disse...


O peso da solidão.
Veremos mais adiante, certamente, o que ele fará para aliviar esse peso...

Elvira desejo-lhe boas melhoras. Na tosse alérgica, sempre que tossir beba um golinho de água. Comigo funciona. Aos poucos a tosse vai desaparecendo.

Bjs

Olinda

Fernando Santos (Chana) disse...

Bela a história...Espectacular....
Votos de rápidas melhoras....
Cumprimentos

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Que bom que está aqui e com uma ótima história.
Desejo-lhe sempre o melhor.
Beijo*

Donetzka Cercck Lavrak Alvarez disse...

Elvira. Que conto excelente! Já estou curiosa para ler as outras partes.
Avise-me quando publicar nos comentários de meu espaço.

Você é nota mil em contos,querida amiga.

Desejo que melhore bem rapidinho. Deus a abençoe.

Obrigada pela visita,volte sempre!


Beijos e uma semana de alegrias

Donetzka

Face Book:

https://www.facebook.com/donetzka.cercck

Twitter: @donetzka13

Instagram: @donetzka


http://instagram.com/donetzka

Flickr(Minha galeria de imagens):

https://www.flickr.com/photos/123498631@N06/

Youtube (Meu canal):

http://www.youtube.com/channel/UCnVpBs2C-vL6fd1BaRH3lrA/about


Blog Magia de Donetzka










Pedro Coimbra disse...

Renovo os votos de rápido e completo restabelecimento e fico à espera do resto do conto.
Boa semana

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Tenho um amigo viúvo, solitário que sempre diz que está "só com só na solidão". Parece que mulher se acostuma melhor em viver só. Mas, o Pedro ainda é solteiro e com 40 anos, já sente mais a solidão e já se percebe que está à busca de uma companheira...
Vamos lá, à segunda parte!

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Em tempo:
Desejo que logo esteja bem, com a saúde plenamente recuperada, Elvira.
Meu abraço!

Zilani Célia disse...

OI ELVIRA!
ESTOU LENDO A PRIMEIRA PARTE E GOSTANDO.
TOMARA QUE AS "ITES" TE DEIXEM EM PAZ LOGO.
ABRÇS

http://zilanicelia.blogspot.com.br/

© Piedade Araújo Sol disse...

gostei.
fluente e bem escrito.
beijo
:)