14.2.13

14 DE FEVEREIRO - DIA DOS NAMORADOS



CONVENCIONOU-SE QUE HOJE É DIA DOS NAMORADOS. BOM, DIA DOS NAMORADOS SÃO OU DEVERIAM SER TODOS OS DIAS, MAS A JULGAR PELOS NUMEROS DE VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA ISSO ESTÁ LONGE DE SER VERDADE. 
DEIXO-VOS COM ESTA BONITA IMAGEM E COM UM "ARREMEDO" DE POEMA DEDICADO CLARO AO MARIDÃO.
Vieste de mansinho
 Num final de tarde
E qual habilidoso ladrão
Forçaste a porta da minha alma
E penetraste no meu coração
Virginal de sentimentos.
Como farol em noite escura
Iluminaste a minha vida.


Floresceram em mim
Sonhos e desejos
Até aí desconhecidos.


Como quem não quer nada
Lançaste em mim as tuas raízes
Apoderando-te do meu amor.
Foste meu amante e mestre
Nas longas noites de loucura
Amigo e companheiro
Nas horas de sofrimento.
Raio de sol em dias sombrios.
Porto seguro onde ancorei
A barca da minha vida.


Elvira Carvalho

9.2.13

EM SÁBADO DE CARNAVAL

VASCULHANDO O BAÚ DAS MEMÓRIAS ENCONTREI ESTA FOTO DE FINAIS DOS ANOS 50. COMO EU DISSE NA HISTÓRIA DO MANUEL, QUE MUITOS ACOMPANHARAM, ELE SEMPRE GOSTOU DESTA ÉPOCA.  COSTUMAVA FAZER ELE MESMO UMAS MÁSCARAS, ESQUISITAS MISTO DE "CARETOS" E TRIBAIS. E SAÍA SEMPRE NESTES DIAS. UM ANO RESOLVEU QUE IA COM OS FILHOS  E ENTÃO FOI ASSIM. VESTIDOS COM TRAJES  METADE NOSSOS E METADE EMPRESTADOS. LEMBRO-ME QUE AS CAMISAS ERAM NOSSAS, OS LENÇOS E AS SAIAS NAZARENAS ERAM DE UMA VIZINHA CASADA COM UM PESCADOR DA SECA. OS COLARES FORAM FEITOS POR MEU PAI COM A NOSSA AJUDA. ERAM DE PAPEL COLORIDO.  AQUELAS COISAS QUE SEGURAVAM O LENÇO FORAM FEITAS COM UMA RODELA DE CARTÃO, FORRADO COM UM RETALHO PRETO DE UMA SAIA DA MINHA MÃE, QUE EU E A MINHA IRMÃ, ADORNAMOS COM UM PONTO CADEIA. TAMBÉM OS AVENTAIS FORAM BORDADOS POR NÓS. O MEU PAI E O MEU IRMÃO VESTIAM ROUPA DELES. APENAS AS GRAVATAS O BARRETE E O CHAPÉU ERAM DE UM AMIGO DO MEU PAI. E A FAIXA DA CINTURA QUE AQUI NÃO SE VÊ. PARA MIM E MEUS IRMÃOS FOI O CARNAVAL DA NOSSA VIDA.


BOM FIM DE SEMANA E BOM CARNAVAL