29.12.11

UMA HISTÓRIA DE AMOR

Recebi esta mensagem por email. Não sei quem é o autor, mas achei por bem colocá-la aqui como última mensagem deste ano. Espero que vos agrade.

foto da net



UMA HISTÓRIA DE AMOR

Há muitos anos atrás quando eu trabalhava no hospital de Stanford, conheci uma menina chamada Liz, que sofria de uma estranha enfermidade, cuja única esperança de salvação era uma transfusão de sangue de seu irmão, de cinco anos que idade, que milagrosamente havia sobrevivido à mesma doença e tinha desenvolvido anticorpos necessários para combatê-la.

O doutor explicou a situação ao menino e lhe perguntou se estaria disposto a doar sangue a sua irmã. Eu o vi duvidar apenas por um momento, antes de dizer com um suspiro:

- Sim eu o farei se isso salva a Liz.

Enquanto durava a transfusão, o menino estava recostado numa cama ao lado da de sua irmã, olhando sorridente enquanto nós assistíamos a ele e a sua irmã, enquanto víamos as cores voltarem ás faces da menina. Então o menino empalideceu e perguntou com voz temerosa ao médico:

-Doutor, a que horas vou começar a morrer?

Tendo apenas 5 anos ele não compreendera o médico. Pensava que para salvar a irmã teria que dar todo o seu sangue e morrer. Mesmo assim ele lho dava.



DÁ TUDO POR QUEM AMAS

AMA COMO SE NUNCA TIVESSES AMADO


NÃO MENOSPREZES A AMIZADE DOS TEUS AMIGOS

VIVE TODOS OS DIAS COM AMOR, FÉ, E PAZ

TRABALHA COMO SE NÃO NECESSITASSES DE DINHEIRO

DANÇA COMO SE NINGUÉM TE ESTEJA A VER
E SOBRETUDO RESPEITA OS OUTROS E O PLANETA COMO SE DISSO DEPENDESSE A TUA VIDA.

PARA TODOS OS QUE POR AQUI PASSAM QUE 2012 SEJA PARA CADA UM DE VÓS, APENAS E SÓ COMO O DESEJAM.